Categoria: Fabrício Werdum


17:33 · 06.12.2016 / atualizado às 17:33 · 06.12.2016 por
Werdum venceu Minotauro na última vez que o UFC foi realizado em Fortaleza, em junho de 2013 (foto: Natinho Rodrigues)
Werdum venceu Minotauro  em junho de 2013, no Ginásio Paulo Sarasate (foto: Natinho Rodrigues)

O que era apenas especulação está muito perto de se tornar realidade. Fortaleza está bem próxima de ser a primeira cidade brasileira a sediar um evento do UFC em 2017, mais precisamente no dia 11 de março. E o local escolhido para a realização do evento deve ser o Centro de Formação Olímpica (CFO), anexo a Arena Castelão.

O complexo esportivo já recebeu, em setembro deste ano,  o show da banda alemã Scorpions e ainda serviu de concentração para as delegações Cuba, Argentina e México realizaram período de aclimatação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

A cúpula do Ultimate e a Secretaria do Esporte do Ceará, responsável pelo CFO, já iniciaram as conversas sobre o assunto, faltando apenas a análise e assinatura do contrato para realização do evento.

O UFC, inclusive, já teria interesse em realizar uma edição em Fortaleza neste ano, mas preferiu dar vez a Curitiba, onde aconteceu o UFC 198. A última vez em que a principal organização de MMA do planeta desembarcou em Fortaleza foi em junho de 2013, quando Fabrício Werdum venceu Rodrigo Minotauro na luta principal. Na oportunidade, o evento foi realizado no Ginásio Paulo Sarasate.

O próprio Rodrigo Minotauro, hoje embaixador do UFC no Brasil, levantou a possibilidade do Ultimate retornar a Fortaleza, quando esteve aqui em dezembro de 2015, quando cravou os punhos no Espaço Cultural Etevaldo Nogueira, que fica localizado dentro da Arena Castelão.

O ex-lutador visitou as instalações do CFO e ficou bastante empolgado com a possibilidade de um novo evento ser realizado no complexo. “Gostei muito da estrutura e seria ideal para a realização do UFC. Quem sabe a gente consegue trazer de volta o evento para Fortaleza”, disse o ex-lutador na oportunidade.

11:25 · 30.05.2016 / atualizado às 11:26 · 30.05.2016 por
(Foto: Divulgação UFC)
(Foto: Divulgação UFC)

Após ter sido nocauteado e perder o cinturão para Stipe Miocic, no UFC 198, em Curitiba, Fabrício Werdum já sabe quando vai voltar a lutar pelo UFC. O brasileiro aceitou e o Ultimate confirmou o combate contra o americano Ben Rothwell para o card do UFC 203, que acontecerá em Cleveland, Ohio (Estados Unidos), no dia 10 de setembro deste ano.

No mesmo dia, Miocic terá Alistair Overeem pela frente para a primeira defesa de título depois de vencer Werdum. Curiosidade é que esta edição será realizada justamente na cidade natal do atual campeão dos peso-pesados, no ginásio Quicken Loans Arena, do Cleveland Cavaliers, da NBA.

Após a vitória de Miocic, o time de basquete de Cleveland organizou uma homenagem antes de um dos jogos de playoffs para comemorar o título mundial dos peso-pesado.

Adversário

Assim como Werdum, Rothwell, de 34 anos, vem de derrota, mas para outro brasileiro: Junior Cigano. O americano, no entanto, é um dos lutadores mais experientes da organização, com um cartel de 36 vitórias e apenas 10 derrotas.

09:32 · 15.05.2016 / atualizado às 09:46 · 15.05.2016 por
Stipe Miocic prova que está em grande fase ao se tornar campeão dos pesados do UFC (Foto: Divulgação)
Stipe Miocic prova que está em grande fase ao se tornar campeão dos pesados do UFC (Foto: Divulgação)

O desfecho do UFC 198 não poderia ser pior para os 45 mil torcedores que lotaram a Arena da Baixada,  na noite desse sábado (14), em Curitiba/PR. Ligado apenas nos holofotes, que o cercavam antes do grande combate da noite, Fabrício Werdum foi presa fácil para Stipe Miocic, que o derrotou por nocaute, logo no 1º round e se tornou o novo campeão mundial dos pesados.

Completamente decepcionado, o lutador brasileiro, que simplesmente ‘apagou’ com um soco no queixo, lamentou o resultado. “Hoje o Miocic foi melhor do que eu, mas vou voltar para recuperar o cinturão”. Por outro lado, o gigante americano, que também trabalha como bombeiro, era só felicidade com a conquista. “Devo isso a vocês, que sempre me acompanharam e me ajudaram a chegar até aqui”, falou se referindo aos treinadores e a esposa, que subiu ao octógono logo depois da vitória avassaladora.

Na luta que antecedeu o combate principal do UFC Curitiba, Ronaldo Jacaré massacrou o experiente Vitor Belfort e venceu por nocaute também no 1º round. Com a vitória, Jacaré se credenciou para disputar o cinturão da categoria meio-pesado e será o próximo adversário do vencedor do duelo entre Luke Rockhold e Chris Weidman, que se enfrentam no UFC 199.

Realizada

A noite foi mais do que especial para a curitibana Cris Cyborg, que não deu chances para a americana Leslie Smith, conseguindo uma bela vitória por nocaute, com apenas um minuto e 21 segundos de luta. ‘Em casa’, Cris foi uma das mais ovacionadas pela imensa torcida, que lotou o Estádio do Atlético/PR. A exemplo da campeã do Invicta FC, a lenda vida Maurício Shogun sagrou-se vencedor contra o americano Corey Anderson, por decisão dividida dos juízes.

Os outros destaques da noite que entrou para a história do MMA no Brasil ficaram por conta da bela vitória de Rogério Minotouro em cima de Patrick Cummins, por nocaute, além da grande finalização de Demian Maia sobre Matt Brown (vilão do evento), que levou o público ao delírio.

Confira os outros resultados do UFC 198:

Card principal

Stipe Miocic (novo campeão dos pesados) venceu Fabricio Werdum por nocaute aos 2m47s do 1º round
Ronaldo Jacaré venceu Vitor Belfort por nocaute técnico aos 4m38s do 1º round
Cris Cyborg venceu Leslie Smith por nocaute a 1m21s do 1º round
Mauricio Shogun venceu Corey Anderson por decisão dividida
Bryan Barberena venceu Warlley Alves por decisão unânime

Card preliminar
Demian Maia venceu Matt Brown por finalização aos 4m31s do 3º round
Thiago Marreta venceu Nate Marquardt por nocaute aos 3m39s do 1º round
Francisco Massaranduba venceu Yancy Medeiros por decisão unânime
John Lineker venceu Rob Font por decisão unânime
Rogério Minotouro venceu Patrick Cummins por nocaute técnico aos 4m52s do 1º round
Serginho Moraes e Luan Chagas empataram
Renato Moicano venceu Zubaira Tukhugov por decisão dividida

11:53 · 10.05.2016 / atualizado às 11:54 · 10.05.2016 por
Werdum aposta em apoio da torcida para manter o cinturão dos pesados (Foto: Reprodução)
Werdum aposta em apoio da torcida para manter o cinturão dos pesados (Foto: Reprodução)

O campeão dos pesados do Ultimate, Fabrício Werdum promete emocionar os fãs no momento da entrada para defesa do cinturão, no próximo sábado (14), no UFC 198. Ele fará a luta principal do evento contra o croata-americano Stip Miocic. A luta acontece na Arena da Baixada, estádio do Atlético/PR, em Curitiba, e deve contar com a presença de mais de 40 mil torcedores.

O brasileiro anunciou, em sua conta no Twitter, que irá fazer uma homenagem ao ídolo Ayrton Senna, ex-piloto de Fórmula 1, quando irá conduzir uma bandeira do Brasil com a mensagem “Ayrton Senna, imortal”. Além disso, o “Tema da Vitória”, utilizado sempre que o ex-piloto vencia as corridas, será usado no momento da entrada do lutador brasileiro.

Confira a divulgação no Twitter oficial de Fabrício Werdum:

12:15 · 30.03.2016 / atualizado às 12:36 · 30.03.2016 por
(Divulgação/UFC)
(Divulgação/UFC)

Começou nesta quarta-feira (30) a venda de ingressos para o UFC 198, que será realizado em Curitiba, na Arena da Baixada. O evento do Ultimate, marcado para o dia 14 de maio, reúne nomes de lutadores brasileiros consagrados, como Anderson Silva, Vitor Belfort e RonaldoJacaré“, além da defesa de cinturão dos pesos-pesados, entre Fabrício Werdum e Stipe Miocic.

Será a primeira defesa dos pesados realizada no Brasil. Você pode comprar os ingressos pela internet, pelo site Livepass.

Confira os valores:

Arquibancada R$ 139,00 (INTEIRA) / R$ 69,50 (MEIA)
Cadeira Superior R$ 200,00 (INTEIRA) / R$ 100,00 (MEIA)
Cadeira Lounge R$ 500,00 (INTEIRA) / R$ 250,00 (MEIA)
Cadeira Especial R$ 500,00 (INTEIRA) / R$ 250,00 (MEIA)
Cadeira Premium R$ 750,00 (INTEIRA) / R$ 375,00 (MEIA)
Octógono R$ 750,00 (INTEIRA) / R$ 375,00 (MEIA)
Octógono Especial R$ 1.000,00 (INTEIRA) / R$ 500,00 (MEIA)
Octógono Premium R$ 1500,00 (INTEIRA) / R$ 750,00 (MEIA)
Octógono Exclusivo* R$ 2.000,00 (INTEIRA) (Entrada = R$ 1.500,00) + (Serviço = R$ 500,00) / R$ 1.250,00 (MEIA) (Entrada = R$ 750,00) + (Serviço = R$ 500,00)

Camarotes e Owner Section Favor entrar em contato pelo email: ingressos@ufc.com
O “Octógono Exclusivo” inclui serviços de catering (comida e bebida), com consumo de bebidas restrito à área reservada para “Hospitality Center”. Assentos limitados.

Valores para os pacotes do VIP Experience:

VIP Package
R$ 5.000,00 (INTEIRA) (Entrada = R$ 1.500,00) + (Serviço = R$ 3.500,00)
R$ 4.250,00 (MEIA) (Entrada = R$ 750,00) + (Serviço = R$ 3.500,00)

Ultimate Plus Experience
R$ 4.000,00 (INTEIRA) (Entrada = R$ 1.500,00) + (Serviço = R$ 2.500,00)
R$ 3.250,00 (MEIA) (Entrada = R$ 750,00) + (Serviço = R$ 2.500,00)

Ultimate Experience
R$ 3.500,00 (INTEIRA) (Entrada = R$ 1.500,00) + (Serviço = R$ 2.000,00)
R$ 2.750,00 (MEIA) (Entrada = R$ 750,00) + (Serviço = R$ 2.000,00)

Elite Plus Experience
R$ 4.000,00 (INTEIRA) (Entrada = R$ 1.500,00) + (Serviço = R$ 2.500,00)
R$ 3.250,00 (MEIA) (Entrada = R$ 750,00) + (Serviço = R$ 2.500,00)

Super Fan Experience
R$ 2.400,00 (INTEIRA) (Entrada = R$ 1.500,00) + (Serviço = R$ 900,00)
R$ 1.650,00 (MEIA) (Entrada = R$ 750,00) + (Serviço = R$ 900,00)

UFC 198

14 de maio de 2016, em Curitiba (PR)

Card até o momento:

Peso-pesado: Fabricio Werdum x Stipe Miocic (valendo o cinturão da categoria)
Peso-médio: Ronaldo Jacaré x Vitor Belfort
Peso-meio-pesado: Mauricio Shogun x Corey Anderson
Peso-médio: Anderson Silva x Uriah Hall
Peso-meio-médio: Demian Maia x Matt Brown
Peso-meio-pesado: Patrick Cummins x Rogério Minotouro
Peso-médio: Thiago Marreta x Nate Marquardt
Peso-meio-médio: Warlley Alves x Bryan Barberena
Peso-leve: Francisco Massaranduba x Yancy Medeiros
Peso-meio-médio: Serginho Moraes x Kamaru Usman
Peso-pena: Renato Moicano x Zubaira Tukhugov

13:30 · 05.01.2016 / atualizado às 13:30 · 05.01.2016 por
Rafael dos Anjos está na disputa pelo prêmio de melhor lutador do ano (Foto: Divulgação/UFC)
Rafael dos Anjos está na disputa pelo prêmio de melhor lutador do ano (Foto: Divulgação/UFC)

Seis brasileiros concorrem ao prêmio dos melhores de 2015 do MMA da revista “Fighters Only”. Rafael dos Anjos, Thomas Almeida, Fabricio Werdum, Patricio Freire, Jorge Filho e Thiago Alves disputam a premiação, que ainda conta com a luta entre Conor McGregor e José Aldo na briga pelo melhor nocaute.

O prêmio, que chega à oitava edição, é decidido pelo voto popular pela internet.

Confira a lista de premiação:

Melhor lutador
Rafael dos Anjos
Conor McGregor
Luke Rockhold
Demetrious Johnson
Max Holloway

Melhor lutadora
Holly Holm
Ronda Rousey
Joanna Jedrzejczyk
Tonya Evinger
Angela Lee

Melhor ‘campanha’ de 2015
Thomas Almeida
Henry Cejudo
Tony Ferguson
Joanna Jedrzejczyk
Holly Holm

Melhor lutador estrangeiro (não-americanos)
Conor McGregor
Joanna Jedrzejczyk
Joseph Duffy
Liam McGeary
Marat Gafurov

Melhor luta
Robbie Lawler vs. Rory MacDonald 2 (UFC 189)
Daniel Cormier vs. Alex Gustafsson (UFC 192)
Andrei Arlovski vs. Travis Browne (UFC 187)
Justin Gaethje vs. Luis Palomino (WSOF 19)
Vitaly Bigdash vs. Igor Svirid (One Champs 32)

Melhor nocaute
Holly Holm (vs. Ronda Rousey, UFC 193)
Conor McGregor (vs. José Aldo, UFC 194)
Thomas Almeida (vs. Brad Pickett, UFC 189)
Jorge Filho (vs. Claudio Cezario, Jungle Fight 83)
Hisaki Kato (vs. Joe Schilling, Bellator 139)

Melhor finalização
Fabricio Werdum (vs. Cain Velasquez, UFC 188)
Ronda Rousey (vs. Cat Zingano, UFC 184)
Marcos Galvao (vs. Joe Warren, Bellator 135)
Tony Ferguson (vs. Edson Barboza (TUF 22 Finale)
Liam McGeary (vs. Tito Ortiz, Bellator: Dynamite)

Maior surpresa de 2015
Rafael dos Anjos (vs. Anthony Pettis, UFC 185)
Fabricio Werdum (vs. Cain Velasquez, UFC 188)
Holly Holm (vs. Ronda Rousey, UFC 193)
Uriah Hall (vs. Gegard Mousasi, UFC FN 75)
Maryna Moroz (vs. Jojo Calderwood, UFC FN 64)

Melhor treinador
Rafael Cordeiro
John Kavanagh
Javier Mendes
Mike Winkeljohn
Firas Zahabi

Melhor centro de treinamento
American Kickboxing Academy
Blackzilians
Jackson-Wink MMA
Kings MMA
SBG Ireland

Ring Girl do ano
Jhenny Andrade
Carly Baker
Arianny Celeste
Brittney Palmer
Mercedes Terrell

10:41 · 15.12.2015 / atualizado às 10:41 · 15.12.2015 por
(Foto: Reprodução Youtube)
(Foto: Reprodução Youtube)

Esperando apenas a data da revanche contra Cain Velasquez, pelo título dos pesos-pesado, no dia 6 de fevereiro, em Las Vegas, na luta principal do UFC 196, Fabrício Werdum foi perguntado sobre um possível luta contra o ex-campeão dos meio-pesados Jon Jones. O brasileiro, apesar de estar focado, não fugiu da possibilidade, já que Jones, após passar por problemas pessoais, estaria cogitando mudar de categoria.

“Acho que o Jon Jones sempre foi um peso-pesado, ele sempre baixava muito de peso para lutar até 93 quilos. Eu gostaria muito de fazer esse desafio, mas não agora, que meu primeiro objetivo é ganhar do Cain Velasquez. Depois, quem sabe uma revanche contra o Arlovski ou o Cigano, que são as pessoas para quem eu perdi. Quero ser o melhor da história”, falou o brasileiro.

Veja o vídeo da entrevista de Werdum:

16:11 · 14.06.2015 / atualizado às 16:14 · 14.06.2015 por
O brasileiro conquistou o cinturão linear da divisão dos pesados (Foto: Reprodução)
O brasileiro conquistou o cinturão linear da divisão dos pesados (Foto: Reprodução)

A surpreendente vitória do brasileiro Fabrício Werdum sobre Cain Velásquez não lhe rendeu só cinturão linear dos pesos-pesados, mas também o prêmio de “Performance da Noite”. O “Vai Cavalo” ganhou um cheque de US$ 50 mil– cerca de R$ 155 mil- como bonificação pela atuação na luta principal do UFC 188, na madrugada deste domingo (14), na Cidade do México.

Além do brasileiro, o lutador Patrick Williams, que finalizou o mexicano Alejandro Pérez em apenas 23 segundos de luta, também faturou o mesmo prêmio. A “Luta da Noite” do UFC 188 foi entre Yair Rodrígues e Charles Rosa.

Fabrício Werdum derrotou Cain Velásquez aos 2 minutos do terceiro round, após encaixar uma bela guilhotina, se tornando assim o campeão linear da divisão dos pesados. Esta foi a primeira derrota por finalização na carreira do ex-detentor do cinturão.

Confira todos os resultados do UFC 188:

CARD PRINCIPAL

Fabricio Werdum venceu Cain Velásquez por finalização aos 2m13s do R3
Eddie Alvarez venceu Gilbert Melendez por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Kelvin Gastelum venceu Nate Marquardt por nocaute técnico (interrupção médica) aos 5m do R2
Yair Rodríguez venceu Charles Rosa por decisão dividida (28-29. 29-28 e 29-28)
Tecia Torres venceu Angela Hill por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)

CARD PRELIMINAR

Henry Cejudo venceu Chico Camus por decisão unânime (29-28, 30-27 e 30-27)
Efrain Escudero venceu Drew Dober por finalização aos 54s do R1
Patrick Williams venceu Alejandro Pérez por finalização aos 23s do R1
Johnny Case venceu Francisco Treviño por decisão unânime (triplo 30-27)
Cathal Pendred venceu Augusto Montaño por decisão unânime (triplo 29-28)
Gabriel Benítez venceu Clay Collard por decisão unânime (triplo 30-27)

08:27 · 14.06.2015 / atualizado às 08:27 · 14.06.2015 por
Werdum foi o segundo brasileiro a vencer o ex-campeão (Foto: Reprodução UFC)

O brasileiro Fabrício Werdum fez uma luta surpreendente contra o mexicano Cain Velásquez, na madrugada deste domingo (14), no UFC 188, na Cidade do México. Após conseguir suportar a pressão inicial e perder o primeiro round, o “Vai Cavalo” voltou para o combate mostrando uma trocação afiada e um melhor condicionamento físico. Com socos e joelhadas certeiras, o brasileiro abriu a guarda do rival e aos 2 minutos do terceiro round encaixou uma bela finalização, conquistando assim o cinturão unificado da categoria dos pesos-pesados (até 120 kg).

Werdum entrou sorrindo na arena, indicando que estava bem à vontade. Depois de suportar um início de combate com Velasquez aplicando bons golpes e impondo seu jogo, o brasileiro conseguiu aos poucos se soltar na parte em pé, usando especialmente fortes joelhadas no clinch.

Com o passar do duelo, Werdum mostrou maior resistência que o norte-americano, claramente cansado por conta da falta de ritmo de luta e da altitude de 2500 metros acima do mar que a Cidade do México possui. Após dois rounds de muita emoção, o Vai Cavalo conseguiu encaixar uma guilhotina em Velasquez no terceiro assalto, que não resistiu e bateu em desistência, selando a vitória do brasileiro, que sorria enquanto aplicava o golpe, antes mesmo do rival dar os três tapinhas.

“Vamos todos respeitar o Velásquez. Quero agradecer o Brasil, minha família, meus companheiros. Foi uma luta duríssima e, com certeza, teremos uma revanche. Treinei muito a guilhotina para defender essa queda. Eu represento o Brasil esse cinturão é para todos vocês”, comemorou o novo campeão.

Velasquez, por sua vez, lamentou a derrota na frente da torcida mexicana. “Perdão a todos vocês, que se esforçaram para estar aqui. Infelizmente não tem o que fazer: só treinar, seguir o caminho e voltar. Treinei durante duas semanas aqui e acho que não foi o suficiente”, disse após a luta.

Com a vitória, o Vai Cavalo se tornou o 10º brasileiro a conquistar o título linear da organização. Além da conquista do título, o gaúcho também se tornou o primeiro lutador a vencer o ex-campeão por finalização.
O Brasil agora possui três cinturões no Ultimate: Fabrício Werdum (pesados), Rafael dos Anjos (leves) e José Aldo (penas).

Confira todos os resultados do UFC 188:

CARD PRINCIPAL

Fabricio Werdum venceu Cain Velásquez por finalização aos 2m13s do R3
Eddie Alvarez venceu Gilbert Melendez por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Kelvin Gastelum venceu Nate Marquardt por nocaute técnico (interrupção médica) aos 5m do R2
Yair Rodríguez venceu Charles Rosa por decisão dividida (28-29. 29-28 e 29-28)
Tecia Torres venceu Angela Hill por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)

CARD PRELIMINAR

Henry Cejudo venceu Chico Camus por decisão unânime (29-28, 30-27 e 30-27)
Efrain Escudero venceu Drew Dober por finalização aos 54s do R1
Patrick Williams venceu Alejandro Pérez por finalização aos 23s do R1
Johnny Case venceu Francisco Treviño por decisão unânime (triplo 30-27)
Cathal Pendred venceu Augusto Montaño por decisão unânime (triplo 29-28)
Gabriel Benítez venceu Clay Collard por decisão unânime (triplo 30-27)

22:51 · 12.06.2015 / atualizado às 16:03 · 14.06.2015 por
Os lutadores fazem o combate principal da noite, valendo o cinturão unificado dos pesados (Foto: UFC)
Os lutadores fazem o combate principal da noite, valendo o cinturão unificado dos pesados (Foto: UFC)

Fabrício Werdum e Cain Velásquez ficaram frente a frente pela última vez antes do UFC 188, na Cidade do México. Os lutadores passaram pela pesagem oficial do evento e, em seguida, realizaram uma encarada séria e sem nenhuma provocação. Os lutadores fazem o combate principal da noite, valendo o cinturão unificado da categoria dos pesos-pesados.

O combate entre eles já deveria ter acontecido em novembro de 2014, no UFC 180, mas o mexicano, radicado nos EUA, sofreu uma lesão no joelho durante os treinamentos e acabou precisando ser retirado do card. Na época, o presidente do UFC, Dana White, resolveu escalar o neozelandês Mark Hunt para lutar contra Werdum, que se manteve card. O “Vai Cavalo” nocauteou o adversário no segundo round e se sagrou campeão interino da divisão.

Agora, o “Vai Cavalo” terá a oportunidade de conquistar o cinturão unificado dos pesos-pesados. No entanto, o duelo contra Velásquez já pode ser considerada a mais difícil da carreira do brasileiro.

Aos 32 anos, o campeão linear possui um cartel incontestável de 13 vitórias e apenas uma derrota, quando perdeu para Junior Cigano, em novembro de 2011. A única incerteza é de como o mexicano estará fisicamente no combate, já que ele não luta desde outubro de 2013.

Já Werdum, que também vive um excelente momento na carreira, vindo de cinco triunfos seguidos. Seu cartel é de 19 vitórias, 5 reveses e um no-contest (luta sem resultado).

Confira os comentários dos repórteres  Valdir Almeida e Levi de Freitas sobre  o UFC 188:

O UFC 188 será realizado na noite do próximo sábado. A primeira luta do card preliminar será entre o mexicano Gabriel Benitez e o americano Clay Collard, que está programada para ser realizada às 19h.

Confira o card completo:

CARD PRINCIPAL – 23h (de Brasília)
Peso-pesado: Cain Velásquez x Fabricio Werdum
Peso-leve: Gilbert Melendez x Eddie Alvarez
Peso-médio: Kelvin Gastelum x Nate Marquardt
Peso-pena: Charles Rosa x Yair Rodríguez
Peso-palha: Tecia Torres x Angela Hill

CARD PRELIMINAR – 19h (de Brasília)
Peso-mosca: Henry Cejudo x Chico Camus
Peso-leve: Drew Dober x Efrain Escudero
Peso-galo: Alejandro Pérez x Patrick Williams
Peso-leve: Johnny Case x Francisco Treviño
Peso-meio-médio: Augusto Montaño x Cathal Pendred
Peso-pena: Gabriel Benítez x Clay Collard

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Vai Encarar

Blog da seção Vai Encarar, da editoria Jogada, sobre lutas e artes marciais, especialmente cobertura sobre UFC.

VC REPÓRTER

Flagou algo? Envie para nós

(85) 98948-8712

Tags