Categoria: Krav Magá


10:47 · 21.08.2014 / atualizado às 10:47 · 21.08.2014 por
Rodrigo Minotauro esteve presente na última graduação da academia (Foto: Holanda Júnior)
Rodrigo Minotauro esteve presente na última graduação da academia (Foto: Holanda Júnior)

A Team Nogueira realiza, no próximo sábado (23), exame de graduação para todas as artes marciais ministradas na academia. Ao todo, mais de 100 alunos farão teste de nível, entre as modalidades Karatê, jiu-jitsu, Krav Magá, Taekwondo, judô, Ladies Camp, boxe e muay thai.

Na oportunidade, a Team Nogueira fará, também, uma homenagem à Cruz Vermelha do Ceará pelo trabalho que vem sendo realizado no Estado. O Fortaleza Esporte Clube, representado pelo diretor de marketing, Fábio Mota, estará representando o clube, devido à parceria que de patrocínio a atletas que foi fechada entre as instituições.

O atleta Danilo Mota, um dos detentores do cinturão do Limo Fight, também estará presente na graduação.

15:51 · 21.03.2013 / atualizado às 18:59 · 21.03.2013 por

Texto de Áquila Leite

Você sabe o que é Krav Magá? Desenvolvida em Israel durante a Segunda Guerra Mundial, para auxiliar o exército no combate corpo a corpo, a arte de defesa pessoal vem ganhando cada vez mais espaço entre os cearenses atuantes na área de segurança, que veem na modalidade uma forma de preparação para momentos hostis. Na Guarda Municipal de Fortaleza (GMF), aliás, o Krav Magá já faz parte dos treinos de diversos profissionais, sejam eles homens ou mulheres.

“Trata-se de uma modalidade que trabalha fortemente o lado psicológico dos guardas, pois visa mantê-los focados e lúcidos em momentos de grande estresse ou tensão. Atualmente, estamos com duas turmas de 20 alunos na GMF e a evolução deles têm sido muito grande”, comenta o instrutor e presidente da Federação Brasileira I.D.S Krav Magá, Roberanes Santos.Durante os treinamentos, os guardas trabalham técnicas de imobilização e reação contra ataques de armas, sejam elas brancas ou de fogo. “Obviamente que usamos um armamento falso, mas procuramos nos aproximar o máximo possível de uma situação real, onde eles precisam tomar decisões rápidas e certeiras”, observa Roberanes.

Há cinco anos na GMF, Michel Araújo explica que o Krav Magá passa mais confiança para os guardas durante as operações. “A modalidade é extremamente útil quando, por exemplo, precisamos imobilizar e algemar um indivíduo. Acaba trazendo mais segurança para a nossa integridade, assim como para a do indigente”, diz Michel.

De acordo com Kléber Silva, da Guarda Municipal de Pacatuba, a arte de defesa pessoal já lhe foi bastante útil durante alguns eventos, tendo em vista que é preciso improvisar. “No Carnaval, por exemplo, uma situação completamente inesperada pode acontecer e precisamos estar preparados. Tem gente que não respeita nem a polícia, imagine a Guarda Municipal. Com o Krav Magá, porém, sabemos exatamente o que fazer, seja qual for a situação”, afirma Silva.

Sem competição

Apesar de toda a atual empolgação com as artes marciais, impulsionada em grande parte pelo sucesso das competições de MMA, o Krav Magá segue outra vertente e não é uma modalidade competitiva, já que sua técnica visa a legítima defesa e simula situações reais de perigo.

O instrutor Roberanes, aliás, faz uma comparação inusitada entre o Krav Magá e o MMA. Conforme diz, “tudo aquilo que é proibido no UFC, por exemplo, acaba sendo mais uma arma para os praticantes da modalidade. Obviamente que apenas simulamos nos treinos, mas há técnicas onde o dedo no olho e o chute ou joelhada na genitália são fundamentais”, comenta.

PASSO A PASSO

1 – A abordagem

Os instrutores de Krav Magá, Francisco José e Denise Braga, simulam uma ameaça com arma de fogo. Com as mãos ao alto, ele passa a incapacidade de defesa

FOTO: NATINHO RODRIGUES

2 – A defesa

Com sua técnica de defesa pessoal , Francisco utiliza um movimento rápido para dominar o braço de Denise e retirar a arma de seu alcance antes que ela reaja

3 – O ataque

Com a arma dominada e dando a volta em Denise, Francisco acerta um chute preciso na articulação, visando ao desequilíbrio da adversária

4 – O domínio

Após desferir o golpe e com a arma de fogo em posse, o instrutor passa a ter a situação completamente sob controle.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Vai Encarar

Tudo sobre o mundo da luta, novidades, entrevistas exclusivas e cobertura dos principais eventos pelo Brasil e pelo mundo. Por Iraílton Menezes.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags