Categoria: OX MMA


18:12 · 29.08.2013 / atualizado às 19:32 · 29.08.2013 por
O OX MMA Event 1 ocorreu no Ginásio Paulo Sarasate, no mês de agosto e atraiu o público cearense com boas lutas no cage Foto: KLEBER A. GONÇALVES

Se o OX MMA Event 1 trouxe o ex-campeão do Pride e (interino) do UFC, Rodrigo Minotauro, para a promoção da noite de lutas, a segunda edição do evento pode trazer outra grande lenda das artes marciais mistas para a cidade de Fortaleza.

De acordo com o organizador Olivier Franceschi, a franquia tem interesse em dois nomes como convidado especial para o OX MMA Event 2: Anderson Silva ou Fedor Emelianenko.

Os dois lutadores não precisam de apresentação. Ambos estão na discussão sobre quem é o maior lutador de MMA da história. Enquanto Anderson foi campeão do UFC por sete anos, Fedor fez fama no Pride, tendo ficado quase dez anos invicto em sua carreira nos ringues. “Estamos negociando. Entramos em contato com o Fedor, através de sua empresária, e em novembro vamos fazer um segundo contato. Com o Anderson estamos tentando com um patrocinador dele”, explicou Olivier.

A segunda edição, inclusive, deve acontecer no fim de março de 2014. “Queremos abrir espaço para as revelações cearenses no MMA também. Vários lutadores podem ganhar a oportunidade de lutar no OX”, revelou o organizador.

Sapp não agrada

Principal atração do OX MMA 1, o lutador norte-americano não agradou nada. Nem o público, nem os organizadores. “Acho que ele podia ter feito mais na luta. Não gostei nada da luta que ele fez”, disparou Franceschi.

Na ocasião, Sapp desistiu da luta sem motivo aparente com apenas 35 segundos de combate, contra Edson Conterrâneo, que tentava encaixar um golpe de jiu-jítsu.

“Não será um Sapp, mas vamos trazer um lutador ex-UFC para o próximo”, completou.

11:15 · 12.08.2013 / atualizado às 11:33 · 12.08.2013 por

Veja aqui detalhes do que rolou no OX MMA segundo a óptica de Kleber A. Gonçalves,  um dos melhores fotógrafos do Nordeste, faixa preta de karatê, fã de esportes apaixonado por MMA.

18:09 · 09.08.2013 / atualizado às 18:11 · 09.08.2013 por

O cearense Willamy Chiquerim levou a pior na terceira luta contra o conterrâneo Andrezinho Nogueira, no OX MMA, realizado em Fortaleza, dia 8.

Muito desapontado com o seu desempenho, o ex-atleta parabenizou o adversário que desempatou o duelo entre os dois e pediu desculpas. Ele também falou dos projetos futuros e de uma possibilidade de lutar no Jungle Fight. Confira:

10:19 · 09.08.2013 / atualizado às 14:43 · 09.08.2013 por

Fortaleza tem um novo rei. Após bater o gigante norte-americano, Bob Sapp, Edson Conterrâneo caiu nas graças do público no Ginásio Paulo Sarasate, nesta quinta-feira, no evento Ox MMA Event. “Acho que agora sou cearense, né”, brincou, tirando centenas de fotos com os novos fãs. Para os presentes, uma história de Davi x Golias. Para quem entende um pouco mais de MMA, mais uma derrota humilhante de Sapp.

Edson com a mão levantada no fim | Foto: Janes P. Souza/Zona de Luta

 

“Foi a vitória mais fácil da minha vida”, chegou a confessar Edson.

Como um bebê indefeso, Sapp não conseguiu se defender no chão do pernambucano, que em apenas 35 segundos conseguiu derrubar, ir para as costas e finalizar.

Grande luta

Se a luta principal mais parecia uma piada pronta, com Sapp alcançando a incrível marca de 12 derrotas seguidas, o segundo confronto mais importante do evento foi tensa e com o resultado surpreendente. O chamado “Clássico do MMA Cearense” reuniu Andrezinho Nogueira e Chiquerim pela terceira vez. No desempate do confronto, o primeiro levou a melhor.

“Acharam que eu ia levar para o chão. Mas eu treinei muito boxe nesse meu camp”, confessou Nogueira.

A surpresa foi justamente isso. Andrezinho, que é ótimo finalizador, não hesitou ao trocar com experiente Chiquerim, que sempre busca a luta em pé. Com Minotauro no córner, Andrezinho mostrou muita desenvoltura nos golpes e já no primeiro round conseguiu um knock down.

Chiquerim, que luta mais esporadicamente, parecia estar sentindo o tempo fora dos ringues. Enquanto isso, Nogueira voava. No segundo round, o nocaute. Andrezinho com uma sequência de socos levou se adversário ao chão, e depois terminou o serviço golpeando o adversário caído.

Fotos: Janes P. Souza/Zona de Luta

08:22 · 08.08.2013 / atualizado às 11:27 · 08.08.2013 por

OX MMA EVENT

Conterrâneo vai pegar ´a besta´

Luta principal de hoje à noite no Paulo Sarasate será entre o gigante Bob Sapp e lutador que já chegou a pedir esmolas

O pernambucano Edson “Conterrâneo” França vai fazer a principal luta de sua carreira hoje, ao entrar no ringue montado no Ginásio Paulo Sarasate contra o gigante Bob Sapp, no OX MMA Event.
O evento, que conta com o apoio do Sistema Verdes Mares, começa às 20h.O peso-pesado Edson “Conterrâneo” já foi morador de rua, pedreiro e hoje trabalha na construção civil. O lutador vem de uma derrota para “Caião”, no Jungle Fight, há 19 dias. O pernambucano mora em São Paulo desde os 10 anos Foto: JL Rosa“Vou jogar tudo o que passei para trás lá em cima (do ringue), e não vou perder. Estou treinado e focado. Essa luta é muito importante para mim. Ainda bem que veio o Bob Sapp. Acho que não tinha cara melhor para eu fazer essa luta”, comentou França.
A volta ao Nordeste faz Conterrâneo se lembrar de tudo o que passou em sua infância. Cansado dos abusos do pai alcoólatra e violento, o peso pesado deixou o estado de Pernambuco com apenas dez anos de idade. Ele relata que teve de vender um jumento da família para conseguir dinheiro e pedir carona até chegar em Itu, São Paulo. “Fiquei na rua mesmo. Dos 10 aos 17, passei pedindo esmola e juntando latinha”, confessou.
Minotauro (foto) e Sapp travaram um dos principais combates do MMA, no extinto Pride, em 2002. O brasileiro venceu por finalização Foto: Lucas de Menezes
O caminho para sair das ruas veio nas obras do interior paulista. “Comecei a trabalhar de ajudante de pedreiro. Foquei na construção civil, virei pedreiro, empreiteiro, construtor. Hoje, com 37 anos de idade, tenho 40 funcionários, várias obras”, contabiliza o lutador.Por ter passado por tantas dificuldades na vida, Conterrâneo não teme mais nada dentro do ringue.
“Um cara de dois metros, 160kg, não é nada perto do que já passei”, emociona-se o lutador, que possui 17 vitórias e sete derrotas na carreira.Edson conta que começou na luta após sofrer com o preconceito no Sudeste do País. “Resolvi ir para academia para treinar e extravasar todo os problemas. Comecei a tomar gosto pela luta porque é um espaço onde posso liberar o que eu sinto. Descarrego lá dentro toda a energia negativa”, completa.Confira o vídeo onde Conterrâneo se emociona ao falar de trajetória

BOB SAPP

Para enfrentar Conterrâneo, o OX MMA Event trouxe o gigante norte-americano Bob Sapp. Com 1,95m e 150 kg, o lutador viveu sua melhor fase entre 2002 e 2008, época em que conquistou 10 vitórias e sofreu apenas três derrotas. Um desses reveses, em 2002, foi para Rodrigo Minotauro. Os dois travaram uma das lutas mais emocionantes do MMA. Sapp dominou durante quase toda o combate, mas o brasileiro achou uma chave de braço e finalizou.

Para comemorar a vinda do norte-americano ao Brasil, o OX resolveu promover o reencontro com Minotauro. A luta entre os dois será passada no telão para os presentes no evento.

De 2009 para cá, o grandão decaiu e acumulou 14 derrotas e apenas uma vitória. Já são 11 reveses seguidos.

A outra grande luta do OX será o terceiro encontro entre os cearenses Andrezinho e Chiquerim. Cada um venceu um dos dois confrontos anteriores.

20:53 · 07.08.2013 / atualizado às 20:53 · 07.08.2013 por

Edson Conterrâneo possui uma história cheia de altos e baixos. O pedreiro e lutador de MMA saiu de Pernambuco com apenas 10 anos e foi para Itu, em São Paulo, pedindo caronas. O peso pesado chegou a morar na rua por sete anos e pedir esmolas para sobreviver antes de achar seu rumo na construção civil e nos tatames.

Conterrâneo faz a luta principal do OX MMA Event, nesta quinta-feira, contra o norte-americano Bob Sapp. O pernambucano possui 17 vitórias sete derrotas na carreira.

Ao contar os detalhes dessa trajetória vencedora ao Blog Vai Encarar, Edson Conterrâneo foi às lágrimas. Confira a entrevista:

15:06 · 07.08.2013 / atualizado às 15:06 · 07.08.2013 por

Andrezinho Nogueira luta, nesta quinta-feira, no OX MMA Event. No entanto, no último sábado, o atleta cearense esteve no UFC Rio 4 e acompanhou todas as lutas pertinho do octógono. Na ocasião, Nogueira falou sobre sua luta contra Chiquerim.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Vai Encarar

Blog da seção Vai Encarar, da editoria Jogada, sobre lutas e artes marciais, especialmente cobertura sobre UFC.

VC REPÓRTER

Flagou algo? Envie para nós

(85) 98948-8712

Tags