Categoria: Super Treino


10:09 · 08.11.2018 / atualizado às 10:10 · 08.11.2018 por
Paulo Borrachinha lesionou o bíceps (foto: AFP)

O tempo parece ser inimigo do brasileiro Paulo Borrachinha e do cubano Yoel Romero. Integrantes do peso-médio e cotados para chegar a uma possível disputa de cinturão do Ultimate, eles iriam se enfrentar em duelo remarcado para o dia 19 de janeiro, em Nova York (EUA), mas a luta foi novamente cancelada.

Desta vez foi Borrachinha, que acabou lesionando o bíceps e está sem condições de atuar. Os dois lutariam, inicialmente, no UFC 230, realizado no último sábado, mas Romero havia sido cortado do card pelo mesmo motivo (lesão).

O cubano, agora, espera um novo adversário para lutar no Brooklyn. De acordo com a ESPN, Romero deixou claro o desejo de encarar o brasileiro Anderson Silva, ex-campeão da categoria. A organização ainda não se pronunciou sobre o futuro adversário do “Soldado de Deus”.

10:25 · 23.10.2018 / atualizado às 10:25 · 23.10.2018 por
Conor McGregor foi finalizado por Khabib Nurmagomedov no 4º round (foto: AFP)

Conor McGregor caiu na real e agora admite enfrentar outro oponente antes de ter uma nova chance pelo título dos leves do UFC, onde faria uma revanche contra o russo Khabib Nurmagomedov. Através de seu Instagram, o lutador irlandês se manifestou sobre os erros que o levaram à derrota no UFC 229 e se mostrou conformado com o fato de sua próxima luta não ser válida pelo cinturão.

“Se não é a revanche de imediato, não há problema”, disse McGregor. “Eu vou enfrentar o próximo na fila. É tudo de mim sempre, de qualquer maneira. Vejo vocês em breve meus fãs de luta, eu amo todos vocês”, afirmou “The Notorious”.

O ex-campeão das categorias pena e leve do UFC concluiu seu ponto de vista reconhecendo a superioridade do russo, mas admitindo que irá retornar ainda mais forte para seu próximo desafio no octógono. “O que eu posso dizer?”, Ele escreveu. “Foi uma grande luta e foi o meu prazer. Eu voltarei com minha confiança alta. Totalmente preparado”, encerrou.

Entenda o cenário:

Com a derrota para Khabib Kumagomedov no UFC 229, Conor McGregor caiu uma posição no ranking dos leves, e ocupa, agora, a 2ª colocação, atrás de Tony Ferguson, que venceu o ex-campeão Anthony Pettis no mesmo evento.

O presidente da organização, Dana White, já disse que Ferguson merece uma chance pelo título e deve ser o próximo a enfrentar Khabib, quem sabe no primeiro semestre de 2019. Restaria para McGregor um embate com Dustin Poirier (3º), Kevin Lee (4º) ou até mesmo o brasileiro Edson Barboza (5º), o que é pouco provável, visto que estes oponentes não geram lucros exorbitantes para a organização.

O mais interessante seria, então, uma luta entre McGregor e Tony Fergunson, que além de dois lutadores talentos, são excelentes produtos da organização para vender pacotes Pay-Per-view. E o vencedor desse possível duelo, claro, seria o candidato a tomar o cinturão do campeão russo.

10:56 · 17.10.2018 / atualizado às 10:56 · 17.10.2018 por
Dana White lamentou a confusão ocorrida no UFC 229, em Las Vegas (EUA) (foto: AFP)

Ainda rende nos bastidores a confusão generalizada no UF 229, onde o russo Khabib Nurmagomedov e sua equipe se envolveram numa pancadaria generalizada logo depois do campeão dos leves ter finalizado Conor McGregor.

Nessa terça-feira (16), o presidente da organização, Dana White, deu entrevista ao site TMZ Sports e tranquilizou os fãs ao afirmar que Kurmagomedov seguirá no plantel do Ultimate. “Estamos bem com o Khabib. Está tudo certo, nós demos um jeito. Obviamente ele estava um pouco estressado, um pouco irritado, mas no final deu tudo certo”, disse o mandatário.

Khabib ameaçou deixar a franquia ao ficar sabendo que o UFC iria demitir seu companheiro de equipe Zubaira Tukhugov, que invadiu o octógono para agredir Conor.

Questionado sobre a possibilidade, Dana White preferiu desconversar. “Estamos bem, resolvemos isso. Vamos solucionar. Obviamente, ele estava um pouco chateado, mas vai dar tudo certo. As pessoas ficam muito emotivas, foi uma luta que mexeu com as emoções. No fim das contas, Khabib é um ótimo cara, sempre tivemos um ótimo relacionamento com ele”, acrescentou.

10:34 · 15.10.2018 / atualizado às 10:36 · 15.10.2018 por
Nurmagomedov exibe seu cinturão dos leves o UFC (foto: AFP)

Pelo visto não demorou muito para o russo Khabib Nurmagomedov começar a trabalhar seu marketing após vencer o irlandês Conor McGregor no UFC 229. E o alvo da vez é ninguém menos que o astro do boxe, Floyd Mayweather. Em vídeo publicado nas redes sociais, o campeão dos leves do Ultimate aparece ao lado do empresário do pugilista, Leonard Ellerbe, desafiando o americano para uma “luta de invictos”.

Khabib se refere ao fato dos dois defenderem suas invencibilidades, já que ele tem um cartel com 27-0 e Mayweather 50-0. Na gravação, o russo aproveitou para ressaltar o fato dele ter aplicado um knockdown em McGregor, coisa que Floyd não fez em 10 assaltos, quando o enfrentou, em agosto de 2017.

“Vamos lá, Floyd! Nós temos que lutar agora. 50-0 contra 27-0. Dois caras que nunca perderam. Por que não? Na selva só pode haver um rei. Somente um. E é claro que esse rei sou eu. Você não conseguiu derrubar McGregor, mas eu o derrubei facilmente. Vamos lá!”, disse Khabib Murmagomedov.

Confira a postagem:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Ohhh💩💩💩💩!!!! @khabib_nurmagomedov said he want all the 💨💨💨💨…. f….k @ufc & @bellatormma sign with @mayweatherpromotions and get what you deserve !!!! Matter fact @affiliationmanagement is the PLUG.

Uma publicação compartilhada por DeJuan Blake (@dejuanblake) em

09:51 · 11.10.2018 / atualizado às 09:51 · 11.10.2018 por
Jones lutou pela última vez em julho de 2017, quando venceu Daniel Cormier (foto: AFP)

Jon “Bones” Jones já tem data marcada par voltar ao octógono do Ultimate. Livre do gancho por doping, que durou 15 meses, o peso-meio-pesado fará uma revanche contra o sueco Alexander Gustafsson, valendo o cinturão vago da categoria (de acordo com informações da ESPN), no UFC 232, dia 29 de dezembro. O novo duelo entre o americano e o sueco acontecerá no mesmo evento da superluta entre as brasileiras Cris Cyborg e Amanda Nunes, onde a curitibana (Cyborg) defende o cinturão peso-pena feminino da organização.

Na primeira vez que se enfrentaram, no UFC 165, em setembro de 2013, Jones e Gustafsson fizeram uma das lutas mais equilibradas lutas do evento, onde o americano venceu por decisão unânime dos juízes. No entanto, Gustafsson não concordou com o resultado e sempre clamou pela revanche, tendo agora o seu pedido atendido pela organização.

Jon Jones vem de luta contra seu principal desafeto Daniel Cormier em julho de 2017, onde venceu por nocaute técnico, mas o resultado foi transformado em “No Contest”, já que o ex-campeão foi flagrado no exame antidoping. Já Alexander Gustafsson lutou em maio do ano passado, onde nocauteou o brasileiro Glover Teixeira.

Confira o card do UFC 232 (até o momento):

Peso-pena: Cris Cyborg x Amanda Nunes
Peso-meio-pesado: Jon Jones x Alexander Gustafsson
Peso-meio-pesado: Corey Anderson x Ilir Latifi
Peso-leve: B.J. Penn x Ryan Hall
Peso-meio-médio: Michael Chiesa x Carlos Condit
Peso-mosca: Jessica Eye x Sijara Eubanks
Peso-pena: Arnold Allen x Gilbert Melendez
Peso-médio: Uriah Hall x Bevon Lewis
Peso-pena: Gilbert Melendez x Arnold Allen

10:56 · 08.10.2018 / atualizado às 12:35 · 08.10.2018 por
McGregor foi finalizado por Khabib no 4º round da luta principal do UFC 229(foto: AFP)

Nenhum assunto rendeu tanto no último fim de semana entre os fãs do MMA quanto o polêmico UFC 229, que acabou numa pancadaria generalizada na T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA). E mesmo com a derrota avassaladora na luta principal do evento, o irlandês Conor McGregor já se manifestou nas redes sociais pedindo uma revanche contra o russo campeão dos leves Khabib Nurmagomedov.

Claro que um novo duelo entre esta que pode ser considerada uma das maiores rivalidades do evento faz sentido, tanto pelo ponto de vista econômico, quanto pela qualidade dos dois lutadores. Só que o oponente da vez deve ser o americano Tony Ferguson, que bateu Anthony Pettis na co-luta principal do mesmo evento.

Khabib e Ferguson são inimigos declarados e até já poderiam ter disputado uma luta, mas o duelo entre os dois foi cancelado em quatro oportunidades, devido a lesões e problemas com corte de peso. Resta saber qual será a decisão do presidente do Ultimate, Dana White, que cogitou retirar o cinturão do russo, depois do episódio em Las Vegas.

Brasileiros

Problemas a parte, pode-se considerar que o Brasil teve uma boa participação no UFC 229, a começar pelo peso-mosca Jussier Formiga, que encaminhou o “Title Shot” ao vencer Sergio Pettis por decisão dos juízes. Outro que brilhou foi o peso-meio-médio Vicente Luque, com uma grande vitória por nocaute, logo aos 3 minutos do 1º round. Já o peso-leve Alan Nugette foi derrotado pelo americano Scott Holtzman por nocaute aos 3m42s do 3º round.

Confira todos os resultados do UFC 229:

Card principal
Khabib Nurmagomedov venceu Conor McGregor por finalização
Tony Ferguson venceu Anthony Pettis por nocaute técnico
Dominick Reyes venceu Ovince St-Preux por decisão unânime
Derrick Lewis venceu Alexander Volkov por nocaute
Michelle Waterson venceu Felice Herrig por decisão unânime

Card preliminar
Jussier Formiga venceu Sergio Pettis por decisão unânime
Vicente Luque venceu Jalin Turner por nocaute
Aspen Ladd venceu Tonya Evinger por nocaute técnico
Scott Holtzman venceu Alan Nuguette por nocaute
Yana Kunitskaya venceu Lina Lansberg por decisão unânime
Nik Lentz venceu Gray Maynard por nocaute
Tony Martin venceu Ryan LaFlare por nocaute

09:13 · 04.10.2018 / atualizado às 09:27 · 04.10.2018 por
Conor McGregor chega para o treino aberto com a ‘marra’ de sempre (foto: AFP)

Não é à toa que Conor McGregor chama a atenção por onde passa, e não foi diferente no treino aberto do UFC 229, realizado nessa quarta-feira (3), em Las Vegas (EUA), onde o evento será realizado no próximo sábado (6).

O irlandês foi o último a se apresentar no evento e ainda assim foi ovacionado pelo público presento ao Park Theater. Como de costume, depois de uma rápida exibição, o falastrão aproveitou para mandar um recado nada amistoso para seu adversário, Khabib Nurmagomedov.

“Prevejo um nocaute devastador. Vai ser fácil. É muito bom estar de volta. Eu não ligo pra p* nenhuma. Não ligo para wrestling, para técnica, para nada disso. Eu vou estar no octógono dia 6 de outubro e vou vencer por nocaute” disse McGregor.

Khabib focou nas quedas durante o treino aberto (foto: AFP)

O russo, campeão dos leves da organização, foi o primeiro a se exibir e teve que aguentar as vaias da torcida, que contava com a maioria irlandesa. Khabib, no entanto, ironizou a rejeição dos quase 300 fãs presentes ao treino.

“Vocês vão me amar em três dias. Eu tenho uma pergunta. Onde está a língua irlandesa? Vocês mudaram? Sim, vocês mudaram. Vocês são ingleses agora. Vocês mudaram. Falem a sua língua”, disse o integrante da American Kickboxing Academy (AKA).

Os pesos-leves Tony Ferguson e Anthony Pettis, que fazem o co-main event do UFC 229, também se apresentaram nessa quarta-feira.

Confira o card do UFC 229:

Principal (23h, horário de Brasília):
Peso-leve: Khabib Nurmagomedov x Conor McGregor
Peso-leve: Tony Ferguson x Anthony Pettis
Peso-meio-pesado: Ovince St-Preux x Dominick Reyes
Peso-pesado: Derrick Lewis x Alexander Volkov
Peso-palha: Michelle Waterson x Felice Herrig

Preliminar (19h15, horário de Brasília):
Peso-pena: José Quiñonez x adversário a ser definido
Peso-mosca: Sergio Pettis x Jussier Formiga
Peso-meio-médio: Vicente Luque x Jalin Turner
Peso-galo: Tonya Evinger x Aspen Ladd
Peso-pena: Lina Lansberg x Yana Kunitskaya
Peso-leve: Scott Holtzman x Alan Nuguette
Peso-leve: Gray Maynard x Nik Lentz
Peso-meio-médio: Ryan LaFlare x Tony Martin

12:43 · 03.10.2018 / atualizado às 13:02 · 03.10.2018 por
Viviane Sucuri comemora vitória no UFC Rio, em junho de 2017 (foto: divulgação)

A cearense Viviane Sucuri já tem data marcada para voltar ao octógono, onde fará sua estreia no Invicta FC. Será no dia 16 de novembro, em Oklahoma, nos Estados Unidos, onde irá enfrentar a japonesa Mizuki Inoue. A informação foi confirmada ao blog pelo técnico da lutadora e líder da equipe Dragon Kombat, Marcos Batista.

Logo depois anunciar sua saída do UFC, em agosto deste ano, a tauaense assinou contrato de seis lutas com o outro evento internacional, que promove exclusivamente lutas do MMa feminino e já teve a brasileira Cris Cyborg como campeã na categoria peso-pena.

No MMA, Viviane Sucuri possui um cartel de 15 lutas, com 13 vitórias e duas derrotas. No Ultimate, ela fez quatro duelos, onde venceu duas vezes, sobre Valerie Letourneau e Jamie Moyle, e perdeu os dois últimos duelos para Tatiana Suarez e Xiaonan Yan. Por outro lado, a japonesa Mizuki Inoue tem um cartel de 17 lutas, com 12 vitórias e cinco derrotas.

12:44 · 02.10.2018 / atualizado às 12:46 · 02.10.2018 por

A vitória de Thiago Marreta na luta principal do UFC São Paulo, sobre Eryk Anders, deixou o brasileiro com moral na organização. E nessa segunda-feira (1º), o Ultimate anunciou um novo duelo para a nova sensação do peso-meio-pesado.

Ele encara Jimi Manuwa no próximo dia 8 de dezembro, no UFC 231, que será realizado em Toronto, no Canadá. O combate seria realizado no último evento no Brasil, mas uma lesão na perna fez com que Manuwa deixasse o card.

No entanto, Thiago Marreta afirmou, logo depois da vitória no UFC São Paulo, que gostaria de lutar contra um top 5 da categoria, no caso o lutador britânico.

Confira o card do UFc 231 até o momento:

Peso-pena: Max Holloway x Brian Ortega
Peso-mosca: Valentina Shevchenko x Joanna Jedrzejczyk
Peso-meio-pesado: Jimi Manuwa x Thiago Marreta
Peso-leve: Olivier Aubin-Mercier x Gilbert Durinho
Peso-meio-médio: Chad Laprise x Dhiego Lima
Peso-médio: Elias Theodorou x Adversário a ser anunciado
Peso-palha: Cláudia Gadelha x Nina Ansaroff
Peso-pena: Kyle Bochniak x Hakeem Dawodu
Peso-meio-pesado: Devin Clark x Aleksandar Rakic

15:37 · 01.10.2018 / atualizado às 15:38 · 01.10.2018 por
Conor McGregor exibe dois cinturões do UFC durante coletiva de imprensa (foto: AFP)

Conor McGregor nunca foi de segurar a língua, principalmente às vésperas de um grande evento em que ele se torna o foco das atenções, como será o UFC 229, neste sábado (6), em Las Vegas (EUA). O ex-campeão das divisões pena e leve do UFC utilizou seu canal “The Mac Life” para criticar a organização e falar dos motivos que o levaram a aceitar o duelo contra o russo Khabib Nurmagomedov. Sobrou até para o brasileiro José Aldo, que não escapou da língua afiada do irlandês.

“Passei a minha vida inteira trabalhando para conquistar estes dois títulos mundiais. Os dois no UFC. Eu estabeleci uma meta. Coloquei tudo, absolutamente tudo, sacrifiquei muito para ganhar estes dois títulos. E, então, quando ganhei o segundo título, não me foi oferecida uma luta como pena, e o título foi tirado de mim e devolvido a um cara com quem eu tinha uma história louca. Viajei o mundo, dois anos de promoção, ele acabou saindo da luta e, quando lutamos, eu o nocauteei em 13 segundos. Então, eles deram a ele o cinturão logo depois de eu deixar o octógono no Madison Square Garden”, disse o falastrão.

Em tom ríspido, o “Notório” finalizou seu discurso afirmando que a organização pretendia fazer algo semelhante à promoção de sua luta de boxe contra Floyd Mayweather, ocorrida em agosto de 2017. Eles queriam as turnês mundiais, queriam isso e aquilo, e eu fiquei um pouco confuso com o que estavam me pedindo. Em um minuto, há muita falação e pouca ação, pouca luta. Então, quando você vai lutar, não há falação o suficiente. Com todo o respeito a todos, f****-se todos. Estou aqui só por mim. Há algo em mim que está coçando para entrar lá, competir e fazer o que faço de melhor”, finalizou.

Confira o card do UFC 229:

Principal (23h, horário de Brasília):

Peso-leve: Khabib Nurmagomedov x Conor McGregor
Peso-leve: Tony Ferguson x Anthony Pettis
Peso-meio-pesado: Ovince St-Preux x Dominick Reyes
Peso-pesado: Derrick Lewis x Alexander Volkov
Peso-palha: Michelle Waterson x Felice Herrig

Preliminar (19h15, horário de Brasília):

Peso-pena: José Quiñonez x adversário a ser definido
Peso-mosca: Sergio Pettis x Jussier Formiga
Peso-meio-médio: Vicente Luque x Jalin Turner
Peso-galo: Tonya Evinger x Aspen Ladd
Peso-pena: Lina Lansberg x Yana Kunitskaya
Peso-leve: Scott Holtzman x Alan Nuguette
Peso-leve: Gray Maynard x Nik Lentz
Peso-meio-médio: Ryan LaFlare x Tony Martin

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Vai Encarar

Blog da seção Vai Encarar, da editoria Jogada, sobre lutas e artes marciais, especialmente cobertura sobre UFC.

VC REPÓRTER

Flagou algo? Envie para nós

(85) 98948-8712

Tags