Categoria: Rafael dos Anjos


08:04 · 08.07.2016 / atualizado às 08:06 · 08.07.2016 por
O americano Eddie Alvarez venceu Rafael dos Anjos por nocaute
O americano Eddie Alvarez venceu Rafael dos Anjos por nocaute

O brasileiro Rafael dos Anjos perdeu na madrugada, desta sexta-feira (8), o cinturão peso leve para o americano Eddie Alvarez em Las Vegas (EUA). O novo campeão conquistou a vitória por nocaute, ainda no 1º round. O embate durou 3m49s do 1º round.

Na coletiva de imprensa realizada após o evento, Alvarez não poupou elogios ao adversário. “O Rafael é de longe o melhor peso-leve. Nessa categoria, a margem para erro é muito pequena. Ele é o melhor peso-leve, e antes dele era o Anthony Pettis, e antes era o Ben Henderson. Poderia ser eu na outra ponta daquele soco”, elogiou o novo campeão.

Rafael dos Anjos foi o grande destaque da temporada de 2015, ao bater Anthony Pettis.  Antes de cair no tatame diante de Alvarez, o carioca estava com apenas uma derrota nas últimas 11 apresentações.

É a primeira vez em 10 anos que o Brasil fica sem título no UFC. O último campeão na organização foi Anderson Silva, quando venceu Rich Franklin no UFC 64 e conquistou o cinturão dos pesos-médios em 2006.

Próximas lutas com brasileiros

A esperança para o Brasil nesse momento de crise é Claudia Gadelha. Nesta sexta-feira (8), a lutadora tentará tomar o título peso palha feminino da polonesa Joanna Jedrzejczyk, no TUF Finale 23, também em Las Vegas.

No sábado (9), para fechar a Semana Internacional da Luta, José Aldo disputará o cinturão interino peso leve contra Frankie Edgar no UFC 200, e Amanda Nunes enfrentará Miesha Tate pelo posto mais alto do peso galo feminino

10:53 · 02.03.2016 / atualizado às 11:02 · 02.03.2016 por
Conor McGregor foi avaliado como o melhor lutador na trocação do UFC, pela EA Games. (Foto: Reprodução/Twitter/EA Sports UFC)
Conor McGregor foi avaliado como o melhor lutador na trocação do UFC, pela EA Games. (Foto: Reprodução/Twitter/EA Sports UFC)

A luta entre Conor McGregor e Rafael dos Anjos pode ter sido cancelada, mas a produtora de jogos eletrônicos EA Games trouxe mais um ponto de discussão para o embate dos dois campeões com o lançamento do novo jogo do Ultimate, o UFC 2. O irlandês, dono do cinturão dos penas, foi avaliado como o melhor lutador no quesito da trocação em pé (stand up fight, tradução em inglês) do game. Nesta categoria, apenas um brasileiro aparece entre os dez melhores, o ex-campeão dos penas José Aldo, derrotado por Conor no UFC 194.

Rafael dos Anjos, no entanto, de acordo com os produtores da EA, levaria vantagem em outro quesito. O atleta do Rio de Janeiro aparece no top 10 dos melhores lutadores no quesito do clinch, aquele tradicional “abraço” do muay thai. Daniel Cormier, atual campeão dos meio-pesados, é quem lidera o ranking desta categoria.

Fica a dúvida agora do que realmente teria acontecido se a luta tivesse acontecido. Será que os produtores do jogo acertariam? Confira um pouco do gameplay do UFC 2:

“Girl power”

Destaque interessante é que as mulheres também receberam o devido reconhecimento durante o desenvolvimento desta edição do jogo da EA. Joanna Jedrzejczyk, campeã do peso-palha do UFC e 15ª melhor lutadora peso-por-peso da organização, ficou atrás apenas de Conor McGregor na trocação, ficando com o segundo lugar do ranking do game.

Holly Holm, campeã do peso-galo feminino, única lutadora a aparecer nos dois top 10, trocação e clinch, aparece em 5ª na luta em pé, e em 8ª na luta agarrada. Ronda Rousey ficou com o bronze na categoria do clinch.

Rafael dos Anjos é 7º melhor lutador no clinch, segundo o UFC 2. (Foto: Reprodução/Twitter/ EA Sports UFC)
Rafael dos Anjos é 7º melhor lutador no clinch, segundo o UFC 2. (Foto: Reprodução/Twitter/ EA Sports UFC)

Evento no sábado

Conor McGregor voltará ao octógono neste sábado (5) para enfrentar Nate Diaz, pelo UFC 196, em Las Vegas. O evento marcaria a disputa pela cinturão dos pesos-leve entre o irlandês e Rafael dos Anjos.

12:19 · 25.02.2016 / atualizado às 12:19 · 25.02.2016 por
Dos Anjos teve de cancelar sua participação no UFC devido a uma fratura no pé esquerdo.
Campeão dos pesos-leve, dos Anjos teve de cancelar sua participação no UFC devido a uma fratura no pé esquerdo. (Foto: Divulgação/UFC)

Fora do UFC 196 por conta de uma fratura no pé, o campeão dos pesos-leve do UFC Rafael dos Anjos rebateu as críticas feitas pelo irlandês Conor McGregor durante a coletiva de imprensa para o evento que, agora, tem Nate Diaz completando o espaço deixado pelo brasileiro.

“Eles sempre desistem. Eles sempre correm”, disse, aproveitando para também alfinetar José Aldo. “Eles sempre fazem parecer que querem lutar, mas na verdade não querem. Eu vi a foto que o Dos Anjos postou, e é um hematoma. Ouvi dizer que compressa de gelo funciona maravilhas nesses casos”, disse McGregor sobre a lesão de dos Anjos.

O lutador niteroense não demorou muito e respondeu a provocação, através de sua conta no twitter.

(Foto: Reprodução/Twitter)
(Foto: Reprodução/Twitter)

“Por que o McGregor não escolheu o Cerrone que estava em forma? Preferiu pegar um desavisado com 10 dias como fez com o Mendez (sic)”.

09:21 · 08.01.2016 / atualizado às 09:32 · 08.01.2016 por
Dos Anjos já teria luta marcada com Conor McGregor para o UFC 197.
Dos Anjos já teria luta marcada com Conor McGregor para o UFC 197.

A luta que muitos esperavam, depois que José Aldo perdeu o cinturão dos pesos-pena, pode já ter data para acontecer. De acordo com o site Bleacher Report, Rafael dos Anjos irá enfrentar Conor McGregor no UFC 197, que estaria marcado para o dia 5 de março, em Las Vegas. Os dois lutadores disputariam o título do peso leve da organização.

O evento ainda contaria com outra disputa de cinturão. Holly Holm enfrentaria Miesha Tate pelo peso galo feminino. Esta seria a primeira defesa da americana que nocauteou Ronda Rousey no UFC 193.

O UFC, no entanto, ainda não confirmou o card do evento. Ainda faltariam alguns detalhes serem fechados com os lutadores que o anunciou oficial seja realizado.

Recordes

Mesmo que nos bastidores muitos tenham pedido uma revanche para José Aldo, alguns especialistas de sites estrangeiros especulam que a luta com Rafael dos Anjos seria a melhor opção financeira para Conor McGregor. Se vencer, o irlandês seria apenas o terceiro lutador na história a “segurar” dois títulos de categorias diferentes (B.J. Pen e Randy Couture são os outros dois).

13:30 · 05.01.2016 / atualizado às 13:30 · 05.01.2016 por
Rafael dos Anjos está na disputa pelo prêmio de melhor lutador do ano (Foto: Divulgação/UFC)
Rafael dos Anjos está na disputa pelo prêmio de melhor lutador do ano (Foto: Divulgação/UFC)

Seis brasileiros concorrem ao prêmio dos melhores de 2015 do MMA da revista “Fighters Only”. Rafael dos Anjos, Thomas Almeida, Fabricio Werdum, Patricio Freire, Jorge Filho e Thiago Alves disputam a premiação, que ainda conta com a luta entre Conor McGregor e José Aldo na briga pelo melhor nocaute.

O prêmio, que chega à oitava edição, é decidido pelo voto popular pela internet.

Confira a lista de premiação:

Melhor lutador
Rafael dos Anjos
Conor McGregor
Luke Rockhold
Demetrious Johnson
Max Holloway

Melhor lutadora
Holly Holm
Ronda Rousey
Joanna Jedrzejczyk
Tonya Evinger
Angela Lee

Melhor ‘campanha’ de 2015
Thomas Almeida
Henry Cejudo
Tony Ferguson
Joanna Jedrzejczyk
Holly Holm

Melhor lutador estrangeiro (não-americanos)
Conor McGregor
Joanna Jedrzejczyk
Joseph Duffy
Liam McGeary
Marat Gafurov

Melhor luta
Robbie Lawler vs. Rory MacDonald 2 (UFC 189)
Daniel Cormier vs. Alex Gustafsson (UFC 192)
Andrei Arlovski vs. Travis Browne (UFC 187)
Justin Gaethje vs. Luis Palomino (WSOF 19)
Vitaly Bigdash vs. Igor Svirid (One Champs 32)

Melhor nocaute
Holly Holm (vs. Ronda Rousey, UFC 193)
Conor McGregor (vs. José Aldo, UFC 194)
Thomas Almeida (vs. Brad Pickett, UFC 189)
Jorge Filho (vs. Claudio Cezario, Jungle Fight 83)
Hisaki Kato (vs. Joe Schilling, Bellator 139)

Melhor finalização
Fabricio Werdum (vs. Cain Velasquez, UFC 188)
Ronda Rousey (vs. Cat Zingano, UFC 184)
Marcos Galvao (vs. Joe Warren, Bellator 135)
Tony Ferguson (vs. Edson Barboza (TUF 22 Finale)
Liam McGeary (vs. Tito Ortiz, Bellator: Dynamite)

Maior surpresa de 2015
Rafael dos Anjos (vs. Anthony Pettis, UFC 185)
Fabricio Werdum (vs. Cain Velasquez, UFC 188)
Holly Holm (vs. Ronda Rousey, UFC 193)
Uriah Hall (vs. Gegard Mousasi, UFC FN 75)
Maryna Moroz (vs. Jojo Calderwood, UFC FN 64)

Melhor treinador
Rafael Cordeiro
John Kavanagh
Javier Mendes
Mike Winkeljohn
Firas Zahabi

Melhor centro de treinamento
American Kickboxing Academy
Blackzilians
Jackson-Wink MMA
Kings MMA
SBG Ireland

Ring Girl do ano
Jhenny Andrade
Carly Baker
Arianny Celeste
Brittney Palmer
Mercedes Terrell

08:25 · 15.03.2015 / atualizado às 08:32 · 15.03.2015 por
Esta foi a nona vitória de Rafael dos Anjos, nos últimos 10 combates (Foto: Reprodução UFC)
Esta foi a nona vitória de Rafael dos Anjos, nos últimos 10 combates (Foto: Reprodução UFC)

O show de Anthony Pettis acabou no UFC 185. Confirmando sua evolução como lutador, o brasileiro Rafael dos Anjos derrotou o norte-americano por decisão unânime dos juízes (triplo 50-45), na madrugada deste domingo (15), em Dallas (EUA), e escreveu seu nome na história do maior evento de MMA do mundo. Dos Anjos se tornou o primeiro brasileiro a conquistar o cinturão peso-leve (até 70 kg) do Ultimate.

Sempre um passo a frente, pressionando na parte em pé e derrubando o adversário na grade, Rafael lutou como um verdadeiro campeão contra um oponente guerreiro, que não desistiu em nenhum momento e apenas valorizou a conquista do carioca no octógono. Esta foi a 24ª vitória da carreira de Rafael dos Anjos e a nona nas últimas 10 lutas.

“É uma bênção tão incrível chegar à luta pelo cinturão e vencer! Meu salvador, Jesus, é incrível, e eu sabia que venceria a luta, ele me disse isso. Agora sou o melhor do mundo. Vim lá de baixo e esperei minha vida inteira para isso”, disse o novo campeão ao comentarista logo após o combate.

Já o ex-campeão, parecia conformado com o resultado, reconhecendo a superioridade do brasileiro durante os 25 minutos. “Naquele primeiro round, depois que ele acertou meu olho, não consegui ver mais nada. Sem desculpas, tenho que melhorar muito e treinar muito. Não tenho desculpas para dar hoje”, afirmou o norte-americano, que agora tem um cartel de 18 triunfos e 3 derrotas.

Outros resultados

No combate valendo o cinturão peso-palha, Joanna Jedrzejczyk massacrou Carla Esparza e se sagrou como a nova campeã da categoria. A polonesa anulou o jogo de wrestling da norte-americana e usou toda sua envergadura e experiência no muay thay para castigar a adversária com diversos socos, obrigando o árbitro Don Turnage a encerrar o combate no final do segundo round.

Os meio-médios Johny Hendricks e Matt Brown fizeram aquilo que se esperava deles: uma luta emocionante. O ex-campeão dos meio-médios não deu espaço para Brown durante os três rounds e levou o combate por decisão unânime (triplo 30-27).

Pelos pesados, Alistair Overeem controlou bem a distância e utilizou chutes e joelhadas para derrotar Roy Nelson por descisâo unâmime (triplo 30-27). O holandês chegou a tomar um knockdown no final do terceiro round, mas se recuperou e conseguiu segurar o norte-americano até o final da luta.

Confira os resultados do UFC 185:

Card Principal
Rafael dos Anjos venceu Anthony Pettis por decisão unânime (triplo 50-45)
Joanna Jedrzejczyk venceu Carla Espaza por nocaute técnico no R2
Johny Hendricks venceu Matt Brown por decisão unânime (triplo 30-27)
Alistair Overeem venceu Roy Nelson por decisão unânime (triplo 30-27)
Henry Cejudo venceu Chris Cariaso por decisão unânime (triplo 30-27)

Card Preliminar
Ross Pearson venceu Sam Stout por nocaute no R2
Elias Theodorou venceu Roger Narvaes por nocaute técnico no R2
Beneil Dariush venceu Daron Cruickshank por finalização no R2
Jared Rosholt venceu Josh Copeland por nocaute técnico no R3
Ryan Benoit venceu Sergio Pettis por nocaute técnico no R2
Joseph Duffy venceu Jake Lindsey por nocaute técnico no R1
Germaine de Randamie venceu Larissa Pacheco por nocaute técnico no R2

Fonte: UFC Brasil

10:32 · 05.01.2015 / atualizado às 10:33 · 05.01.2015 por
Os lutadores vão se enfrentar no UFC 185, que acontece em 14 de março, em Boston (Fotyo: Divulgação UFC)
Os lutadores vão se enfrentar no UFC 185, que acontece em 14 de março, em Boston (Fotyo: Divulgação UFC)

Mais um brasileiro terá a chance de lutar pelo cinturão neste ano de 2015. Depois de apresentações convincentes dentro do octógono, o carioca Rafael dos Anjos enfrenta o americano Anthony Pettis, campeão dos leves, no UFC 185, que acontece em 14 de março, em Boston.

Rafael dos Anjos vem de uma excelente sequência de oito vitórias nas últimas nove lutas. A duas últimas vitórias do brasileiro foram empolgantes, com um nocaute no ex-campeão Ben Henderson e um passeio de três rounds contra Nate Diaz. Sua única derrota foi para Khabib Nurmagomedov, em agosto de 2014.

Já o americano vai defender o cinturão da categoria pela 2ª vez, desde que conquistou o título em agosto de 2013, ao finalizar Ben Henderson com uma chave de braço no primeiro round. A última vitória do Showtime, como é conhecido, foi contra Gilbert Melendez, quando finalizou o rival com uma guilhotina no segundo rounds.

O confronto entre Pettis e dos Anjos tem tudo para ser um dos mais emocionantes de 2015. Os dois lutadores têm uma excelente trocação, mas já mostraram que conseguem usar o jiu-jitsu quando precisam.

Caso conquiste o cinturão, o brasileiro será o primeiro lutador do país a ficar no topo desta categoria. Até o momento, apenas lutadores americanos foram campeões no peso-leve.

Assista ao nocaute de Rafael dos Anjos sobre Ben Henderson:

15:57 · 15.12.2014 / atualizado às 16:09 · 15.12.2014 por
O carioca de 30 anos venceu 8 das últimas 9 lutas (Foto: reprodução Facebook)
O carioca de 30 anos venceu 8 das últimas 9 lutas (Foto: reprodução Facebook)

Após uma bela atuação no UFC Phoenix, na madrugada do último domingo (14), o brasileiro Rafael dos Anjos ganhou a chance de disputar o cinturão dos leves, contra o atual campeão Anthony Pettis. O anúncio veio do próprio presidente do Ultimate, Dana White, em entrevista após o evento.

“Se o Khabib Nurmagomedov estivesse saudável para lutar neste momento, ele enfrentaria o Pettis. Como ainda não está, a luta é do Rafael”, afirmou o presidente.

Dana informou também que Pettis o enviou uma mensagem de texto elogiando o brasileiro e dizendo que está pronto para enfrentá-lo.

Em Phoenix, Rafael dos Anjos venceu o norte-americano Nate Diaz, por decisão unânime dos juízes. Em franca ascensão no UFC, o carioca de 30 anos venceu 8 das últimas 9 lutas, incluindo um belo nocaute contra o ex-campeão Ben Henderson.

08:07 · 14.12.2014 / atualizado às 09:18 · 14.12.2014 por
Cigano vendeu por decisão unânime dos juízes (Foto: Reprodução Facebook)
Cigano vendeu por decisão unânime dos juízes (Foto: Reprodução Facebook)

O UFC Phoenix começou ruim, mas terminou bem para os brasileiros. Claudia Gadelha e Gabriel Napão perderam seus confrontos, mas, na sequência, Rafael dos Anjos e Junior Cigano tiveram seus braços erguidos, na madrugada deste domingo (14).

De volta ao octógono depois de quase um ano, Cigano parecia nervoso nas imagens de bastidores. Já dentro do octógono, o ex-campeão peso-pesado demorou dois rounds para esquentar os motores, mas depois mostrou que ainda está com os punhos afiados.

O croata-americano Stipe Miocic aproveitou o começo fraco do rival e levou perigo várias vezes. No córner, os treinadores Andre Pederneiras e Luiz Dorea gritavam para Cigano sair da grade e continuar apostando no boxe.

No fim dos cinco rounds, o resultado estava indefinido. O brasileiro não conseguiu matar a saudades de nocautear, como havia dito dias antes da luta, mas mostrou que tem um incrível poder de recuperação e venceu por decisão unânime dos juízes.

Esta foi a 17ª vitória de Junior Cigano no MMA. Já Miocic, que vinha de três triunfos consecutivos, conheceu sua segundo derrota.

Dos Anjos vende Diaz e pede disputa pelo cinturão

Esta foi a 23ª vitória do carioca em 30 lutas, e a oitava nas últimas nove lutas (Foto: Reprodução Twitter)
Esta foi a 23ª vitória do carioca em 30 lutas, e a oitava nas últimas nove lutas (Foto: Reprodução Twitter)

Cotado para disputar o cinturão dos leves, Rafael dos Anjos deu uma aula de MMA dentro do octógono e mostrou que os treinos com o mestre de muay-thai Rafael Cordeiro estão no caminho certo.

O brasileiro passou três rounds batendo em Nate Diaz. Os chutes de dos Anjos na coxa começaram a incomodar o rival logo no primeiro período, e no último a perna já estava roxa.

No fim de três rounds, os juízes deram a vitória para o Rafael dos Anjos, que aproveitou par desafiar o campeão Anthony Pettis. “Por favor, preciso de uma chance para lutar pelo cinturão. Estou pronto”, disse o lutador.

Esta foi a 23ª vitória do carioca em 30 lutas, e a oitava nas últimas nove lutas. Já Diaz, que estava sem lutar há mais de um ano e excedeu o limite da categoria em mais de 2kg, sofreu a décima derrota em 27 lutas como profissional.

Confira todos os resultados da noite:

CARD PRINCIPAL
Junior Cigano venceu Stipe Miocic por decisão unânime (48-47, 49-46 e 49-46)
Rafael dos Anjos venceu Nate Diaz por decisão unânime (30-26, 30-26 e 30-27)
Alistair Overeem venceu Stefan Struve por nocaute aos 4m13s do R1
Matt Mitrione venceu Gabriel Napão por nocaute técnico com 1m59s do R1

CARD PRELIMINAR
Joanna Jedrzejczyk venceu Claudia Gadelha por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
John Moraga venceu Willie Gates por finalização aos 4m06s do R3.
Ben Saunders venceu Joe Riggs por finalização aos 57s do R1
Drew Dober venceu Jamie Varner por finalização com 1m53s do R1
Bryan Barberena venceu Joe Ellenberger por nocaute técnico aos 3m24s do R3
David Michaud venceu Garett Whiteley por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)
Henry Cejudo venceu Dustin Kimura por decisão unânime (triplo 30-27)
Ian Entwistle venceu Anthony Birchak por finalização com 1m04s do R1

*Com informações do site oficial do UFC

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Vai Encarar

Blog da seção Vai Encarar, da editoria Jogada, sobre lutas e artes marciais, especialmente cobertura sobre UFC.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags