Busca

Categoria: Ronaldo Jacaré


09:32 · 15.05.2016 / atualizado às 09:46 · 15.05.2016 por
Stipe Miocic prova que está em grande fase ao se tornar campeão dos pesados do UFC (Foto: Divulgação)
Stipe Miocic prova que está em grande fase ao se tornar campeão dos pesados do UFC (Foto: Divulgação)

O desfecho do UFC 198 não poderia ser pior para os 45 mil torcedores que lotaram a Arena da Baixada,  na noite desse sábado (14), em Curitiba/PR. Ligado apenas nos holofotes, que o cercavam antes do grande combate da noite, Fabrício Werdum foi presa fácil para Stipe Miocic, que o derrotou por nocaute, logo no 1º round e se tornou o novo campeão mundial dos pesados.

Completamente decepcionado, o lutador brasileiro, que simplesmente ‘apagou’ com um soco no queixo, lamentou o resultado. “Hoje o Miocic foi melhor do que eu, mas vou voltar para recuperar o cinturão”. Por outro lado, o gigante americano, que também trabalha como bombeiro, era só felicidade com a conquista. “Devo isso a vocês, que sempre me acompanharam e me ajudaram a chegar até aqui”, falou se referindo aos treinadores e a esposa, que subiu ao octógono logo depois da vitória avassaladora.

Na luta que antecedeu o combate principal do UFC Curitiba, Ronaldo Jacaré massacrou o experiente Vitor Belfort e venceu por nocaute também no 1º round. Com a vitória, Jacaré se credenciou para disputar o cinturão da categoria meio-pesado e será o próximo adversário do vencedor do duelo entre Luke Rockhold e Chris Weidman, que se enfrentam no UFC 199.

Realizada

A noite foi mais do que especial para a curitibana Cris Cyborg, que não deu chances para a americana Leslie Smith, conseguindo uma bela vitória por nocaute, com apenas um minuto e 21 segundos de luta. ‘Em casa’, Cris foi uma das mais ovacionadas pela imensa torcida, que lotou o Estádio do Atlético/PR. A exemplo da campeã do Invicta FC, a lenda vida Maurício Shogun sagrou-se vencedor contra o americano Corey Anderson, por decisão dividida dos juízes.

Os outros destaques da noite que entrou para a história do MMA no Brasil ficaram por conta da bela vitória de Rogério Minotouro em cima de Patrick Cummins, por nocaute, além da grande finalização de Demian Maia sobre Matt Brown (vilão do evento), que levou o público ao delírio.

Confira os outros resultados do UFC 198:

Card principal

Stipe Miocic (novo campeão dos pesados) venceu Fabricio Werdum por nocaute aos 2m47s do 1º round
Ronaldo Jacaré venceu Vitor Belfort por nocaute técnico aos 4m38s do 1º round
Cris Cyborg venceu Leslie Smith por nocaute a 1m21s do 1º round
Mauricio Shogun venceu Corey Anderson por decisão dividida
Bryan Barberena venceu Warlley Alves por decisão unânime

Card preliminar
Demian Maia venceu Matt Brown por finalização aos 4m31s do 3º round
Thiago Marreta venceu Nate Marquardt por nocaute aos 3m39s do 1º round
Francisco Massaranduba venceu Yancy Medeiros por decisão unânime
John Lineker venceu Rob Font por decisão unânime
Rogério Minotouro venceu Patrick Cummins por nocaute técnico aos 4m52s do 1º round
Serginho Moraes e Luan Chagas empataram
Renato Moicano venceu Zubaira Tukhugov por decisão dividida

10:53 · 25.05.2015 / atualizado às 10:54 · 25.05.2015 por
jacaré
Atual número dois da divisão, o brasileiro vem de oito vitórias consecutivas (Foto: Reprodução Facebook)

O presidente do UFC, Dana White, revelou que Ronaldo “Jacaré” pode ser o próximo desafiante ao cinturão dos pesos-médios. O mandatário afirmou, em entrevista ao Ultimate, que teve um conversa com o empresário do lutador para que o brasileiro fosse o novo adversário do americano Chris Weidman.

“O empresário do Jacaré me ligou e disse que le estava pronto para Weidman. Então, provavelmente, será Ronaldo Jacaré contra Chris Weidman na sequência”, declarou White.

Questionado se o americano Luke Rockhold, atual líder do ranking dos médios, estava fora da disputa pelo cinturão, o chefão do UFC recuou e disse que tudo poderia acontecer. “Não sei. Vamos ver o que acontece. Luke Rockhold é, obviamente, o desafiante número um, então vamos ver”, ressaltou.

Ronaldo Jacaré vive hoje o melhor momento da carreira. Atual número dois da divisão, o brasileiro vem de oito vitórias consecutivas, sendo sete por nocaute ou finalização.

Rockhold também apresenta um excelente cartel, com 14 vitórias, e seu último revés foi para Vitor Belfort. O americano, inclusive, já venceu Jacaré, ainda no extinto Strikeforce, em setembro de 2011.

 

08:15 · 19.04.2015 / atualizado às 11:20 · 19.04.2015 por
Esta foi a 14ª vitória do norte-americano 9Foto: Reprodução UFC)
Esta foi a 14ª vitória do norte-americano 9Foto: Reprodução UFC)

O combate da noite do último sábado (18) prometia ser um dos mais equilibrados do ano, mas ficou na promessa. Luke Rockhold não tomou conhecimento de Lyoto Machida e venceu a luta principal do UFC New Jersey com um mata-leão. O norte-americano dominou todo o combate e aplicou muita pressão no jogo de solo, cansando o brasileiro no primeiro round e dando números finais à luta no segundo assalto.

Rockhold, número 4 do ranking dos médios (até 84 kg), chegou a sua 14ª vitória em 16 lutas. O norte-americano aproveitou o bom resultado para pedir uma oportunidade de lutar pelo cinturão da categoria.

“Vocês ouviram minha música de entrada? Eu sou o melhor aqui. Eu fiz minha parte. Weidman, você fez a sua? Estamos no mesmo caminho. Vamos fazer história no Madson Square Garden”, disse o lutador, provocando seu compatriota Chris Weidman, detentor do cinturão.

Jácaré soberano

Em outro duelo importante nos médios, Ronaldo “Jacaré” teve mais uma performance espetacular contra Chris Camozzi e finalizou o norte-americano novamente no primeiro round, desta vez com um armlock. Esta é a quinta vitória consecutiva do brasileiro no Ultimate, a oitava se contar com o extinto Strikeforce.

Atual número 1 do ranking da categoria, Ronaldo Jacaré afirmou, após a luta, que chegou sua vez de lutar pelo título. “Eu quero uma chance pelo título. Luke já lutou contra o Vitor e perdeu. Nada vai mudar se ele tiver a chance de disputar o cinturão. É a minha hora. Estou vindo de cinco vitórias consecutivas. Jacaré é quem deve lutar pelo título”, afirmou o brasileiro, após a vitória.

Duelo de beldades

No duelo entre musas, Paige VanZant e Felice Herrig fizeram uma luta eletrizante, que terminou com vitória da atleta de 21 anos por decisão unânime. No outro combate do card principal, Max Holloway manteve a boa fase e conseguiu a sexta vitória consecutiva ao finalizar Cub Swanson com um estrangulamento no terceiro round.

Confira os resultados do UFC New Jersey:

Card Principal
Luke Rockhold venceu Lyoto Machida por finalização no R2
Ronaldo Jacaré venceu Chris Camozzi por finalização no R1
Max Holloway venceu Cub Swanson por finalização no R3
Paige VanZant venceu Felice Herrig por decisão unânime (30-27;30-26;30-26)

Card Preliminar
Beneil Dariush venceu Jim Miller por decisão unânime (triplo 29-28)
Ovince St. Preux venceu Patrick Cummins por nocaute no R1
Gian Villante venceu Corey Anderson por nocaute técnico no R3
Aljamain Sterling venceu Takeya Mizugaki por finalização no R3
Tim Means venceu George Sullivan por finalização no R3
Diego Brandão venceu Jimy Hettes por nocaute técnico (interrupção médica) após o final do R1
Chris Dempsey venceu Eddie Gordon por decisão dividida (29-28;28-29;29-28)