Categoria: Thales Leites


12:27 · 19.07.2015 / atualizado às 12:37 · 19.07.2015 por
O inglês encerrou uma sequencia de 5 vitórias do brasileiro (Foto: Reprodução UFC)
O inglês encerrou uma sequencia de 5 vitórias do brasileiro (Foto: Reprodução UFC)

Primeiro evento do Ultimate na Escócia, o UFC Glasgow, realizado no sábado (18), não foi nada bom para os brasileiros. Nenhum dos três lutadores do país conseguiu vencer seus combates.

No duelo principal do evento, o carioca Thales Leites foi derrotado pelo inglês Michael Bisping, encerrando uma ótima sequencia de cinco vitórias.

Dono de um volume de jogo notável, Bisping anulou a estratégia de Thales durante os cinco rounds, absorvendo golpes, defendendo as quedas e dominando na trocação. Apesar de ter tomado o centro do octógono durante a maior parte do confronto, o brasileiro não fez o suficiente para garantir a vitória e acabou derrotado na decisão dividida dos juízes.

Depois do combate, Bisping pediu para a plateia aplaudir o adversário, dizendo que Thales era um guerreiro e um atleta muito duro. Este foi o 28º triufo do lutador inglês.

Além de Thales Leites, outros dois brasileiro também foram derrotados. Abrindo o card principal, Leonardo Macarrão acabou nocauteado por Steven Ray em 2m30s de luta.

Já Ivan Batman foi vítima da única finalização do evento deste fim de semana. O brasileiro foi pego em um triângulo aplicado por Joseph Duffy, o último homem a vencer Conor McGregor, aos 3m5s de combate.

13:51 · 17.07.2015 / atualizado às 13:52 · 17.07.2015 por
Aos 33 anos, Thales vive seu melhor momento na carreira (Foto: Divulgação)
Aos 33 anos, Thales vive seu melhor momento na carreira (Foto: Divulgação)

Desde de seu retorno ao UFC, em agosto de 2013, o niteroiense Thales Leites vive uma fase espetacular na organização norte-americana. De lá para cá, o atleta da Nova União engatou cinco triunfos consecutivos na franquia e não sabe o que é derrota há oito combates. Para dar continuidade ao ótimo momento, neste sábado, dia 18 de julho, ele tem pela frente o desafio mais complicado desde sua volta ao Ultimate. Trata-se do duelo diante do inglês Michael Bisping, no UFC Fight Night 72, na cidade de Glasgow, na estreia da organização na Escócia, pela divisão dos médios (até 84,3kg).

Se vencer, Thales deve tomar a posição do adversário no ranking da categoria e seguir a caminhada rumo ao topo, já que atualmente o brasileiro ocupa o 10º lugar, um abaixo do inglês. Aos 33 anos, Thales vive seu melhor momento na carreira. Com um progresso significativo na parte psicológica, o atleta vem conseguindo atuações seguras e convincentes no octógono e tem agradado aos fãs e executivos do Ultimate. Mas apesar da boa fase e da confiança obtida com os resultados recentes, ele garante não ter pressa para chegar ao topo da categoria, e ainda vê novos desafios pela frente antes do tão sonhado title shot.

“Eu acho que a categoria está muito embolada. Tem muita gente boa ali em cima e que estão lá por merecimento. Então, não tenho pressa nenhuma de chegar ao topo, quero ir vencendo e ir subindo até ter minha chance. Sou funcionário do UFC e aceito qualquer atleta que eles colocarem para mim. Mas deixo claro, mais uma vez, que não penso em title shot, quero galgar um passo de cada vez”.

O duelo com Bisping já era um desejo antigo do lutador. Contemporâneo do inglês, Thales ingressou no UFC para sua primeira passagem na mesma época do adversário deste sábado. E talvez por isso, Bisping adotou uma postura respeitosa em relação a Thales antes do duelo. Mas na pesagem realizada nesta sexta-feira, dia 17, o inglês fez jus à fama de provocador e trocou farpas com o brasileiro na hora da encarada.

“Eu acho válido esse trash-talk, que é uma característica dele. Hoje em dia todos os lutadores têm procurado fazer isso e serve para vender as lutas. Só acho que tem que ser com respeito. Acho o jeito dele normal, ele pode falar o que for, só não quero que me toque. Se tiver que falar para promover vamos fazer, sem problemas. Minha postura é a mesma de todas as lutas, não sou de falar muito. Meu foco é total dentro do octógono, nada que ele disser vai mudar isso”, garante.

Michael Bisping é um veterano do UFC. Aos 36 anos, o inglês já fez 23 combates e compete desde 2006 na franquia. Com duelos históricos no currículo, Bisping vem de vitória sobre o norte-americano CB Dollaway em abril deste ano. O duelo com Thales será o primeiro evento do Ultimate na Escócia e a expectativa é de torcida em peso para o lutador do país vizinho.

“Eu imagino que a torcida vai estar ao lado dele, mas eu sou um grande fã do filme Coração Valente, que conta a vida do William Wallace, grande guerreiro que marcou a história da Escócia. Vai ser especial para mim fazer essa luta no país e espero ter apoio deles também”, afirma Thales, analisando ainda o estilo de jogo do oponente e garantindo ter a fórmula para vencer o duelo.

“O Bisping é um lutador muito qualificado, todas as lutas que ele perdeu foram para caras duros. Ele já ganhou de grandes nomes também, é um cara aguerrido e não está entre os melhores à toa. Sei o valor dele e respeito meu adversário, mas eu vou para terminar esse combate antes dos cinco rounds. Ele mesmo disse que tem que se preocupar com meu jiu-jitsu e posso dizer que está certo, porque eu vou para finalizá-lo”, confia.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Vai Encarar

Blog da seção Vai Encarar, da editoria Jogada, sobre lutas e artes marciais, especialmente cobertura sobre UFC.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags