Categoria: TJ Dillashaw


14:45 · 19.07.2016 / atualizado às 14:46 · 19.07.2016 por
Amanda Nunes foi a grande estrela da noite ao conquistar o cinturão dos galos (Foto: AFP)
Amanda Nunes foi a grande estrela da noite ao conquistar o cinturão dos galos (Foto: AFP)

É para ficar de ‘queixo caído’! O Ultimate fez uma incrível seleção dos melhores golpes do UFC 200, edição disputada no último dia 9 de julho, em Las Vegas (EUA), que entrou para a história da Organização.

Na exibição, alguns dos principais lutadores do card principal e preliminar dão um show de técnica e performance. É o caso do ex-campeão da categoria peso-galo, TJ Dillashaw, que usou excelente estratégia para vencer o brasileiro Raphael Assunção, por decisão unânime dos juízes.

Outras cenas impressionantes ficam por conta da excelente exibição do ex-campeão dos pesados, Cain Velasquez, contra o americano Travis Browne (namorado de Ronda Rousey), destacando um potente chute rodado aplicado pelo mexicano e, ainda, a luta polêmica entre Brock Lesnar (sob suspeita de doping) e Mark Hunt, que terminou com vitória da ‘lenda viva’ do UFC.

Como não poderia deixar de ser, os brasileiros José Aldo e Amanda Nunes são os destaques principais do clipe. Aldo abusou da técnica contra Frank Edgar e conquistou o cinturão interino da categoria peso-pena, enquanto Amanda ‘Leoa’ Nunes massacrou Miesha Tate, faturando o primeiro tírulo de uma mulher brasileira no UFC (categoria peso-galo).

Confira as imagens em detalhes:

10:39 · 26.07.2015 / atualizado às 10:43 · 26.07.2015 por
CHICAGO, IL - JULY 25:   TJ Dillashaw celebrates after his TKO victory over Renan Barao of Brazil UFC bantamweight championship bout during the UFC event at the United Center on July 25, 2015 in Chicago, Illinois. (Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
CHICAGO, IL – JULY 25: TJ Dillashaw celebrates after his TKO victory over Renan Barao of Brazil UFC bantamweight championship bout during the UFC event at the United Center on July 25, 2015 in Chicago, Illinois. (Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

E deu TJ Dillashaw mais uma vez. Na revanche contra Renan Barão, que aconteceu na luta principal do UFC Chicago, neste sábado (25), o norte-americano mostrou novamente superioridade na luta em pé e nocauteou o brasileiro aos 45 segundos do quarto round, mantendo o cinturão dos pesos-galos.

Desde o início da luta, o integrante da Team Alpha Male foi dominante na trocação, acertando golpes fortes e precisos no desafiante brasileiro. Barão mostrou evolução em seu jogo, mostrando movimentação diferenciada e também atingindo o rival com suas ‘patadas’, mas não foi suficiente para parar o norte-americano.

Após dominar durante 15 minutos, investindo principalmente no jogo de clinche contra a grade, Dillashaw acertou uma boa sequência de socos em Barão, que não resistiu à saraivada e acabou derrotado por nocaute técnico.

“Eu sempre pressiono, e acho que comecei rápido demais. Foi um primeiro round maluco, e eu queria ter liquidado no começo. Comecei a pegar ritmo no segundo e terceiro rounds, e fui capaz de nocautear no quarto. Estou feliz que consegui acabar com a luta mais cedo do que na primeira vez, mas ainda preciso trabalhar em algumas coisas. Eu fui atingido mais vezes do que gostaria, e vamos consertar isso”, disse o campeão.

Ao todo, Dillashaw conectou 115 golpes significativos no duelo, e com isso se tornou o primeiro atleta na história do UFC a acertar mais de 100 strikes significativos em quatro combates seguidos.

Barboza vence Felder e ganha prêmio

O outro brasileiro Edson Barboza fez bonito e conseguiu sair com a vitória sobre Paul Felder por decisão unânime dos juízes. Com o resultado positivo, o brasileiro se recuperou do revés diante de Michael Johnson, em fevereiro deste ano, e chegou à 16ª vitória em 19 confrontos na carreira. De quebra, ainda acabou com a invencibilidade do americano, que ostentava um cartel perfeito de 10 triunfos até a noite deste sábado.

Por travarem um duelo de muita técnica na trocação, os dois lutadores faturaram US$ 50 mil cada (cerca de R$ 166 mil) de bônus pela “Luta da Noite”.

Miesha e pode ser a próxima desafiante do cinturão

CHICAGO, IL - JULY 25:   Miesha Tate (L) reacts after he unanimous-decision victory over Jessica Eye in their women's bantamweight bout during the UFC event at the United Center on July 25, 2015 in Chicago, Illinois. (Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
CHICAGO, IL – JULY 25: Miesha Tate (L) reacts after he unanimous-decision victory over Jessica Eye in their women’s bantamweight bout during the UFC event at the United Center on July 25, 2015 in Chicago, Illinois. (Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

A norte-americana Miesha Tate confirmou a boa fase e conseguiu a quarta vitória consecutiva ao passar por Jessica Eye por decisão dos juízes no UFC Chicago. Após descer no octógono, Miesha recebeu a notícia de Dana White que terá uma nova chance de disputar o cinturão feminino dos galos. Isso é, se Ronda Rousey vencer a brasileira Bethe Correia no próximo sábado, no Rio de Janeiro, na luta principal do UFC 190.

Com informações oficiais do UFC Brasil

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Vai Encarar

Blog da seção Vai Encarar, da editoria Jogada, sobre lutas e artes marciais, especialmente cobertura sobre UFC.

VC REPÓRTER

Flagrou algo? Envie para nós

(85) 98887-5065

Tags