Categoria: UFC 184


09:21 · 01.03.2015 / atualizado às 09:25 · 01.03.2015 por
Foi a finalização mais rápida das disputas de cinturão do UFC (Foto: Reprodução UFC)
Foi a finalização mais rápida das disputas de cinturão do UFC (Foto: Reprodução UFC)

A norte-americana Ronda Rousey precisou de apenas 14 segundo para definir a luta e derrotar Cat Zingano com uma chave de braço, na luta principal do UFC 184, mantendo pela quinta vez consecutiva o cinturão peso-galo feminino. Agora, a campeã passa a ter 11 vitórias na carreira, dez delas no primeiro round e nove por finalização.

De quebra, Ronda ainda tirou a invencibilidade de Zingano, que acumula nove triunfos e uma derrota na carreira, e conseguiu a marca de finalização mais rápida da história das disputas de cinturão do Ultimate.

O duelo começou com Zingano partindo com tudo para cima de Ronda e caindo por cima da campeã, que rapidamente inverteu a posição e chegou às costas da desafiante. Em pouco tempo, a chave de braço já estava encaixada, e só restou a Zingano dar os três tapinhas em sinal de desistência.

“Sei que tenho transições mais rápidas que todos. Eu estava esperando que ela viria com algo assim no início, achei que ia acertar um gancho de resposta, mas deu certo assim mesmo”, comentou a campeã peso-galo ainda no octógono.

Zingano, por sua vez, mostrou-se bastante chateada com seu erro, não conseguindo explicar direito o que aconteceu. “Eu quero lutar de novo. Ela me pegou, mas meu braço não estava ali. Eu quero outra chance”, justificou.

Tibau cai diante de Ferguson

 

Único brasileiro no card principal do evento, Gleison Tibau saiu derrotado no duelo contra Tony Ferguson, pelos leves. O potiguar sentiu um direto no rosto e acabou cedendo as costas ao norte-americano, que finalizou o combate com um mata-leão no primeiro round.

Essa foi a 25ª luta de Tibau no Ultimate, se igualando ao ex-campeão e Hall da Fama Matt Hughes como segundo maior atleta em número de combates pela organização, ficando atrás apenas de Tito Ortiz, com 27.

Pelo card preliminar, os brasileiros Roan Jucão e Valmir Bidu conseguiram vencer suas lutas. Já Dhiego Lima, foi nocauteado por Tim Means.

Confira todos os resultados:

Card Principal

Ronda Rousey venceu Cat Zingano por finalização no R1
Holly Holm venceu Raquel Pennington por decisão dividida (29-28, 28-29 e 30-27)
Jake Ellenberger venceu Josh Koscheck por finalização no R2
Alan Jouban venceu Richard Walsh por nocaute no R1
Tony Ferguson venceu Gleison Tibau por finalização no R1

Card Preliminar

Roan Jucão venceu Mark Muñoz por finalização no R1
Roman Salazar x Kid Yamamoto terminou sem resultado após cuturão acidental de Yamamoto nos olhos de Salazar no R2
Tim Means venceu Dhiego Lima por nocaute técnico no R1
Derrick Lewis venceu Ruan Potts por nocaute técnico no R2
Valmir Bidu venceu James Krause por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Masio Fullen venceu Alex Torres por decisão dividida (29-28;28-29;29-28)

Fonte: UFC Brasil

12:29 · 13.11.2014 / atualizado às 12:55 · 14.11.2014 por
A luta será uma oportunidade de reabilitação de ambos os lutadores após derrotas no UFC (Foto/Montagem: Valdir Almeida)
A luta será uma oportunidade de reabilitação de ambos os lutadores após derrotas no UFC (Foto/Montagem: Valdir Almeida)

O brasileiro Antônio Pezão Silva já tem data para voltar ao octógono do Ultimate. O peso pesado vai enfrentar o norte-americano Frank Mir no UFC 184, no dia 28 de fevereiro, na cidade de Los Angeles.

Pezão vem de derrota por nocaute para o russo Andrei Arlovski ainda no primeiro round da luta principal do UFC Brasília, em setembro deste ano. Aos 35 anos, ele tem um cartel de 18 vitórias e seis derrotas.

Ex-campeão peso-pesado, Frank Mir, não atravessa a melhor fase de sua carreira. O lutador perdeu suas últimas quatro lutas, uma delas para o brasileiro Júnior Cigano. e agora vai em busca de uma reabilitação dentro da organização. Seu cartel é de 16 triunfos e nove derrotas

Card de peso

Além de Pezão x Frank Mir, o evento contará com duas disputas de cinturão. Na luta principal da noite, o brasileiro Vitor Belfort vai desafiar o campeão Chris Weidman, pela categoria dos pesos-médios.

O co-evento trás o duelo entre a campeã Ronda Rousey e Cat Zingano, valendo o título peso-galo feminino.

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Vai Encarar

Blog da seção Vai Encarar, da editoria Jogada, sobre lutas e artes marciais, especialmente cobertura sobre UFC.

VC REPÓRTER

Flagou algo? Envie para nós

(85) 98948-8712

Tags