Categoria: Vai Encarar


09:02 · 09.10.2018 / atualizado às 09:05 · 09.10.2018 por
Khabib Nurmagomedov tem um cartel invicto no MMA com 27 vitórias (foto: AFP)

Passados os transtornos e emoções do UFC 229, realizado no último sábado (6) em Las Vegas (EUA), a Comissão Atlética de Nevada divulgou a lista de suspensão médica dos atletas que participaram do evento. A surpresa ficou por conta do russo Khabib Nurmagomedov, que mesmo lutando quatro rounds com o irlandês Conor McGregor, na luta principal, sequer apareceu na relação.

A explicação para isso é simples. O combate entre o campeão dos leves e o falastrão irlandês foi um dos melhores do ano, pelo menos dentro do octógono. Khabib foi superior tanto na luta em pé como na agarrada, que é sua especialidade, e não demonstrou nenhum abatimento ao ser atingido pela mão pesada de McGregor.

McGregor foi à exaustão, após derrota para Khabib (foto: AFP)

O russo fez a estratégia planejada e dita dias antes de entrar no cage. Não deu espaço para o adversário, controlou bem a distância, acertou a maioria dos golpes e levou Conor várias vezes para grade, levando-o à exaustão. O estrago poderia ter sido bem pior, mas o “Notório”, que nitidamente levou uma surra de Khabib e acabou vencido por finalização, só pegou um gancho médico de 30 dias.

Entre os demais atletas que receberam o gancho médico, o ex-campeão dos leves Anthony Pettis é um dos que ficará o maior tempo de molho. O americano, que sentiu a mão pesada de seu compatriota Tony Ferguson, ficará seis meses fora de atividade, assim como o brasileiro Alan Nuguette, que foi nocauteado pelo também americano Scott Holtzman.

Anthony Pettis foi duramente castigado por Tony Ferguson (foto: AFP)

Veja a lista das suspensões médicas do UFC 229:

Conor McGregor: suspenso até 06/11, e sem contato até 28/10;
Anthony Pettis: nenhuma luta até 05/04/19;
Dominick Reyes: nenhuma luta até 05/04/19;
Jalin Turner: nenhuma luta até 05/04/19; suspensão mínima até 06/12, e nenhum contato até 21/11;
Scott Holtzman: nenhuma luta até 05/04/19; suspensão mínima até 21/11, e nenhum contato até 06/11
Alan Nuguette: nenhuma luta até 05/04/19; suspensão mínima até 06/12, e nenhum contato até 21/11;

Ovince Saint Preux: suspenso até 06/12, e sem contato até 21/11;

Alexander Volkov: suspenso até 06/12, e nenhum contato até 21/11;
Tonya Evinger: suspensa até 21/11, e sem contato até 06/11;
Gray Maynard: suspenso até 21/11, e sem contato até 06/11 devido a corte na sobrancelha;
Ryan LaFlare: suspenso até 21/11, e sem contato até 06/11 devido a corte na testa;
Derrick Lewis: suspenso até 06/11, e sem contato até 28/10 devido a luta dura;
Vicente Luque: suspenso até 06/11, e nenhum contato até 28/10.

  • Todos os lutadores deverão passar por nova avaliação médica para serem liberados e voltar a lutar no evento.
13:14 · 30.05.2017 / atualizado às 14:02 · 30.05.2017 por
Aguinaldo ‘Pitbull’, Viviane Sucuri e Marcos Batista no Aeroporto Pinto Martins (foto: Irailton Menezes)

Confiante em mais uma vitória no Ultimate, a cearense Viviane Pereira ‘Sucuri’ embarcou para o Rio de Janeiro no final da manhã desta terça-feira (30). A ‘filha de Tauá’ encara a americana Jamie Moyle no card preliminar do UFC 212, que será realizado no próximo sábado (3).

A reportagem do blog esteve no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, e conversou com a lutadora e sua equipe, antes do embarque. “Já estou quase no meu peso e creio que não será problema até sexta-feira que será a hora de subir na balança”, disse a lutadora da equipe Dragon Kombat, que seguiu viagem ao lado do técnico Marcos Batista e do personal coach Aguinaldo Pitbull.

“Os treinamentos foram intensos e agora é focar na concentração e no psicológico. Iremos fazer todos os procedimentos que o UFC pede e vamos aproveitar também para fazer alguns ajustes nos últimos treinos. Depois é só esperar o dia da missão que nos foi dada”, pontuou o líder da Dragon Kombat, Marcos Batista.

Além de Marcos Batista e Aguinaldo Pitbull, Sucuri irá contar no Rio com a presença do parceiro de treinos Iamik Furtado, que ajudará no seu corner. “O ‘Mik’ já foi na frente e iremos nos encontrar no aeroporto do Rio. De lá vamos nos concentrar para fazer um bom trabalho”, reforçou o técnico.

Para o personal coach Aguinaldo Pitbull, o planejamento é a chave para mais um triunfo da cearense no evento. “Nossa meta de chegar lá com a Viviane estando em um nível bem alto foi conquistada. Ela está preparada e vamos representar bem o Brasil. Ela vai detonar!”, cravou.

Viviane Sucuri e Jamie Moyle lutarão pela categoria peso-palha do UFC, que tem como campeã a polonesa Joanna Jedrzejczyk. Também lutarão no UFC 212 pela mesma categoria a brasileira Cláudia Gadelha e a polonesa Karolina Kowalkiewicz.

Confira o card compelo do UFC Rio:

Principal (a partir de 23h, horário de Brasília):
Peso-pena: José Aldo x Max Holloway
Peso-palha: Cláudia Gadelha x Karolina Kowalkiewicz
Peso-médio: Vitor Belfort x Nate Marquardt
Peso-médio: Paulo Borrachinha x Oluwale Bamgbose
Peso-meio-médio: Erick Silva x Yancy Medeiros

Preliminar (a partir de 19h30, horário de Brasília):
Peso-galo: Raphael Assunção x Marlon Moraes
Peso-médio: Antônio Cara de Sapato x Eric Spicely
Peso-galo: Johnny Eduardo x Mathew Lopez
Peso-galo: Iuri Marajó x Brian Kelleher
Peso-palha: Viviane Sucuri x Jamie Moyle
Peso-meio-médio: Luan Chagas x Jim Wallhead
Peso-galo: Marco Beltrán x Deiveson Alcântara

10:50 · 11.05.2017 / atualizado às 11:47 · 11.05.2017 por
Demian Maia é considerado um dos melhores lutadores do UFC (foto: AFP)

Demian Maia encara Jorge Masvidal neste sábado (13), em Dallas (EUA), para confirmar o que tanto espera como lutador do UFC: a oportunidade de ser o próximo desafiante ao cinturão da categoria peso-meio-médio do Ultimate.

O jiu-jítsu é a principal arma do brasileiro para alcançar mais uma vitória e emplacar sete triunfos seguidos. Confira no vídeo a seguir as melhores finalizações de Demian Maia no UFC:

18:38 · 01.05.2017 / atualizado às 18:39 · 01.05.2017 por
Anderson Silva aguarda definição de adversário para lutar no UFC Rio (foto: arquivo)

Anderson Silva não economizou nas palavras e não escondeu a insatisfação com o Ultimate pela não definição de seu oponente no UFC Rio, depois que o americano Kelvin Gastelum foi retirado do card por ser flagrado no exame antidoping.

O Spider concedeu entrevista nesta segunda-feira (1º) ao programa The MMA Hour, onde criticou a postura do presidente do Ultimate, Dana White, e disse estar disposto a lutar contra Yoel Romero no dia 3 de junho, desde que seja pelo cinturão interino dos médios.

“Estou muito decepcionado com o Dana. Eu estou cansado, eu não preciso mais disso. Não acredito em nada que o Dana fala, porque nada acontece”, disse o brasileiro se referindo à escalação de Georges St-Pierre para disputar o cinturão da categoria com Michael Bisping. É uma palhaçada. “É um desrespeito com os outros atletas”, ressaltou.

Enquanto o UFC não define a sua situação, Anderson Silva segue treinando forte e espera que a organização escale o cubano para ser o seu futuro oponente no UFC 212. “Eu disse que luto contra o Romero, mas pelo cinturão interino. É um grande negócio para o UFC. Por que não essa luta no Brasil? Eu não sei o que está acontecendo, mas estou muito desapontado”. Se nada acontecer, se essa luta não acontecer no Brasil, eu não luto mais. Estou cansado”, concluiu.

Romero também entrou na conversa e disse que topa enfrentar a lenda no dia 3 de junho, na Cidade Maravilhosa. “Eu tenho muito respeito pelo Anderson. Seria muito bom para a minha carreira lutar contra ele, mas só se for pelo cinturão interino. É uma boa opção, uma luta boa para as pessoas do Rio. Seria ótimo”, reforçou o cubano que é o número 1 da categoria dos médios.

07:26 · 07.05.2015 / atualizado às 07:42 · 07.05.2015 por

 

Caio Monstro luta  no dia 12 de julho, na Flórida (EUA), contra o americano Josh Samman (Foto: Reprodução)
Caio Monstro luta no dia 12 de julho, na Flórida (EUA), contra o americano Josh Samman (Foto: Reprodução)

A edição impressa do Vai Encarar desta quinta-feira (7), na editoria Jogada do Diário do Nordeste, traz como principal destaque a ‘força cearense no UFC. Após as empolgantes vitórias de Thiago Alves “Pitbull”, Godofredo Pepey e Diego Brandão, mais três combates envolvendo lutadores alencarinos foram programados no evento para os próximos meses.

As oportunidade foram dadas ao peso-pena Rony ‘Jason’, ao peso-médio Caio “Monstro” e novamente a Thiago Pitbull, que lutará pela segunda vez do ano na divisão dos médios.

Confira a matéria completa: http://svmar.es/1c9FIy4

> Fortaleza recebe Simpósio Volta ao Mundo de Capoeira: http://svmar.es/1Ij2nWC

> Lutadores problema do UFC: http://svmar.es/1IQVxGX

08:36 · 29.01.2015 / atualizado às 08:46 · 29.01.2015 por

A edição impressa do Vai Encarar, no Diário do Nordeste, desta quinta-feira (29), traz como principal destaque o retorno de Anderson Silva ao octógono. O brasileiro, ex-campeão dos médios do UFC, encara o americano Nick Diaz, no próximo sábado (29), em Las Vegas. Outro destaque desta edição é o cearense Diego Brandão que também vai lutar em Vegas, no mesmo card do “Spider”. Confira os destaques desta edição:

Como se fosse a 1ª

"Para mim, será como se fosse minha primeira luta", disse o lutador (Foto: Arquivo)
“Para mim, será como se fosse minha primeira luta”, disse o lutador (Foto: Arquivo)

Quando um atleta brasileiro torna-se campeão e vira o melhor do mundo no esporte, logo ganha status de ídolo nacional, e até de herói. Foi assim com Anderson Silva, considerado por especialistas como o maior lutador de MMA peso-por-peso de todos os tempos. Mas a já consolidada carreira do “Spider” acabou sofrendo uma reviravolta e, agora, o ex-campeão peso-médio (até 84 kg) do UFC retorna às competições para tentar reassumir o posto que um dia foi seu.

O brasileiro volta ao octógono no próximo sábado, 31, em Las Vegas, Nevada (EUA), pelo UFC 183, após 13 meses de afastamento devido a uma grave lesão. O adversário será o americano Nick Diaz, em uma luta que, para o brasileiro, significa um recomeço na carreira.

“Tem alguns momentos na sua vida que você tem que se refazer. Entendi muita coisa que antes não entendia. A vida é assim mesmo, cheia de mudanças e temos que nos adaptar o tempo todo. Estou tendo a chance de voltar e, desta vez, será um Anderson bem mais maduro, cauteloso e bem mais sábio. Para mim, essa é minha primeira luta no UFC”, declarou o lutador, em entrevista ao Ultimate. Veja a matéria completa em: http://bit.ly/1K9XjjK

Exército brasileiro em Vegas

O cearense Diego Brandão será um dos lutadores brasileiros em Vegas (Foto: UFC)
O cearense Diego Brandão será um dos lutadores brasileiros em Vegas (Foto: UFC)

Anderson Silva vai comandar um “exército” de lutadores brasileiros no UFC 183. Incluindo o Spider, o evento vai contar com nove ‘brazucas’, divididos em lutas dos cards preliminar e principal. O destaque fica por conta do cearense Diego Brandão, que vai fazer a sétima luta na organização desde que foi campeão do The Ultimate Fighter 14. Veja a matéria completa em: http://bit.ly/1K9XjjK

Coluna OSS!

Típico de um brasileiro

Anderson Silva voltará a lutar após uma grave lesão na perna esquerda, que o deixou afastado do octógono por quase 13 meses. Uma determinação semelhante à que o Spider vem demonstrando pode ser notada em outros grandes atletas brasileiros, que também conseguiram dar a volta por cima no esporte e na vida. Como exemplo pode ser citada a jogadora de vôlei Natália, que venceu um tumor na canela e voltou às quadras após um ano e três meses. No MMA, Rodrigo Minotauro quebrou o braço durante uma luta, mas conseguiu retornar após quase uma ano de recuperação. E o que falar de Ronaldo Fenômeno? Quando todos diziam que a carreira do jogador estava acabada, após uma série de graves lesões no joelho, o craque novamente deu a volta por cima e foi campeão mundial com o Brasil em 2002. Quem, portanto, pode duvidar ainda de um grande retorno de Anderson Silva? Leia os demais destaques da coluna OSS!: http://bit.ly/1y91y9k

 

 

 

11:46 · 15.01.2015 / atualizado às 11:50 · 15.01.2015 por
Goiabinha, que está escalado para a luta principal do evento (Foto: Kléber A. Gonçalves)
Goiabinha, que está escalado para a luta principal do evento (Foto: Kléber A. Gonçalves)

O Vai Encarar retornou hoje ao caderno impresso do Jogada,  no jornal Diário do Nordeste. Esta é a primeira publicação da página em 2015, após um movimentado ano de 2014 e um breve período de recesso. Confira os destaques:

‘De olho neles’

Um dos maiores campeonatos de Muay Thai do Ceará, o Coronel Combate, já tem dia e local definidos para acontecer. Lutadores amadores e profissionais irão medir forças no próximo dia 24 de janeiro, no Ginásio Aécio de Borba, no bairro do Benfica, em Fortaleza.

O evento, que tem a chancela da Federação Cearense de Muay Thai, chega este ano a sua terceira edição com o dobro de lutas da anterior. Ao todo, serão 66 combates, sendo 54 amadores e 12 profissionais.  Veja a matéria na íntegra: http://bit.ly/1Cb9KbU

‘Coluna Oss!’

jogadaTeia da esperança
Quando subir no octógono próximo dia 31, em Las Vegas, Anderson Silva não estará apenas tentando voltar a contar a sua história dentro do MMA. O próprio UFC depende disso para retomar seu rumo e soerguer-se da notícia do envolvimento de sua maior estrela, Jon Jones, com as drogas.

A direção do Ultimate aposta tudo no retorno do Spider. Somente ele, com seu carisma, história e reconhecida capacidade técnica, pode reparar os estragos desse golpe.

Conor
No domingo, 18, o novo falastrão do UFC, o irlandês Conor McGregor poderá dar um passo importante no caminho do cinturão dos penas. Ele vai encarar Dennis Siver. A vitória deve ser do irlandês, contudo ainda é muito cedo para McGregor merecer enfrentar José Aldo.
Confira a Coluna Oss! completa: http://bit.ly/1E3sXxT

Pesquisar

Faça uma busca em nosso blog:

Vai Encarar

Blog da seção Vai Encarar, da editoria Jogada, sobre lutas e artes marciais, especialmente cobertura sobre UFC.

VC REPÓRTER

Flagou algo? Envie para nós

(85) 98948-8712

Tags