Busca

Categoria: Vitor Belfort


12:59 · 18.01.2017 / atualizado às 13:04 · 18.01.2017 por
Belfort nocauteou o atual campeão Michael Bisping em janeiro de 2013 (foto: José Leomar)
Belfort nocauteou o atual campeão Michael Bisping em janeiro de 2013 (foto: José Leomar)

Vitor Belfort está disposto à provar, no dia 11 de março, que pode acabar com os planos do americano Kelvin Gastelum, em chegar chegar a uma disputa de cinturão na categoria dos médios do Ultimate. Os dois fazem a luta principal do UFC Fortaleza.

E durante a entrevista no Centro de Formação Olímpica do Nordeste (CFO), nessa terça-feira (17), o ‘fenômeno’ avaliou a divisão e não deixou barato ao comentar sobre a postura do atual dono do cinturão, o inglês Michael Bisping.

“Nessa categoria, infelizmente, o campeão da categoria está muito frouxo. Não está escolhendo luta, não quer lutar com ninguém. E infelizmente não deu a oportunidade merecida do Jacaré (Ronaldo)”, disse o ex-campeão.

Bisping e Vitor Belfort já mediram forças no octógono mais famoso do mundo em janeiro de 2013, no UFC São Paulo. Na ocasião, o brasileiro não deu chances para o inglês e venceu por nocaute técnico no 2ª round.

09:32 · 15.05.2016 / atualizado às 09:46 · 15.05.2016 por
Stipe Miocic prova que está em grande fase ao se tornar campeão dos pesados do UFC (Foto: Divulgação)
Stipe Miocic prova que está em grande fase ao se tornar campeão dos pesados do UFC (Foto: Divulgação)

O desfecho do UFC 198 não poderia ser pior para os 45 mil torcedores que lotaram a Arena da Baixada,  na noite desse sábado (14), em Curitiba/PR. Ligado apenas nos holofotes, que o cercavam antes do grande combate da noite, Fabrício Werdum foi presa fácil para Stipe Miocic, que o derrotou por nocaute, logo no 1º round e se tornou o novo campeão mundial dos pesados.

Completamente decepcionado, o lutador brasileiro, que simplesmente ‘apagou’ com um soco no queixo, lamentou o resultado. “Hoje o Miocic foi melhor do que eu, mas vou voltar para recuperar o cinturão”. Por outro lado, o gigante americano, que também trabalha como bombeiro, era só felicidade com a conquista. “Devo isso a vocês, que sempre me acompanharam e me ajudaram a chegar até aqui”, falou se referindo aos treinadores e a esposa, que subiu ao octógono logo depois da vitória avassaladora.

Na luta que antecedeu o combate principal do UFC Curitiba, Ronaldo Jacaré massacrou o experiente Vitor Belfort e venceu por nocaute também no 1º round. Com a vitória, Jacaré se credenciou para disputar o cinturão da categoria meio-pesado e será o próximo adversário do vencedor do duelo entre Luke Rockhold e Chris Weidman, que se enfrentam no UFC 199.

Realizada

A noite foi mais do que especial para a curitibana Cris Cyborg, que não deu chances para a americana Leslie Smith, conseguindo uma bela vitória por nocaute, com apenas um minuto e 21 segundos de luta. ‘Em casa’, Cris foi uma das mais ovacionadas pela imensa torcida, que lotou o Estádio do Atlético/PR. A exemplo da campeã do Invicta FC, a lenda vida Maurício Shogun sagrou-se vencedor contra o americano Corey Anderson, por decisão dividida dos juízes.

Os outros destaques da noite que entrou para a história do MMA no Brasil ficaram por conta da bela vitória de Rogério Minotouro em cima de Patrick Cummins, por nocaute, além da grande finalização de Demian Maia sobre Matt Brown (vilão do evento), que levou o público ao delírio.

Confira os outros resultados do UFC 198:

Card principal

Stipe Miocic (novo campeão dos pesados) venceu Fabricio Werdum por nocaute aos 2m47s do 1º round
Ronaldo Jacaré venceu Vitor Belfort por nocaute técnico aos 4m38s do 1º round
Cris Cyborg venceu Leslie Smith por nocaute a 1m21s do 1º round
Mauricio Shogun venceu Corey Anderson por decisão dividida
Bryan Barberena venceu Warlley Alves por decisão unânime

Card preliminar
Demian Maia venceu Matt Brown por finalização aos 4m31s do 3º round
Thiago Marreta venceu Nate Marquardt por nocaute aos 3m39s do 1º round
Francisco Massaranduba venceu Yancy Medeiros por decisão unânime
John Lineker venceu Rob Font por decisão unânime
Rogério Minotouro venceu Patrick Cummins por nocaute técnico aos 4m52s do 1º round
Serginho Moraes e Luan Chagas empataram
Renato Moicano venceu Zubaira Tukhugov por decisão dividida

12:15 · 30.03.2016 / atualizado às 12:36 · 30.03.2016 por
(Divulgação/UFC)
(Divulgação/UFC)

Começou nesta quarta-feira (30) a venda de ingressos para o UFC 198, que será realizado em Curitiba, na Arena da Baixada. O evento do Ultimate, marcado para o dia 14 de maio, reúne nomes de lutadores brasileiros consagrados, como Anderson Silva, Vitor Belfort e RonaldoJacaré“, além da defesa de cinturão dos pesos-pesados, entre Fabrício Werdum e Stipe Miocic.

Será a primeira defesa dos pesados realizada no Brasil. Você pode comprar os ingressos pela internet, pelo site Livepass.

Confira os valores:

Arquibancada R$ 139,00 (INTEIRA) / R$ 69,50 (MEIA)
Cadeira Superior R$ 200,00 (INTEIRA) / R$ 100,00 (MEIA)
Cadeira Lounge R$ 500,00 (INTEIRA) / R$ 250,00 (MEIA)
Cadeira Especial R$ 500,00 (INTEIRA) / R$ 250,00 (MEIA)
Cadeira Premium R$ 750,00 (INTEIRA) / R$ 375,00 (MEIA)
Octógono R$ 750,00 (INTEIRA) / R$ 375,00 (MEIA)
Octógono Especial R$ 1.000,00 (INTEIRA) / R$ 500,00 (MEIA)
Octógono Premium R$ 1500,00 (INTEIRA) / R$ 750,00 (MEIA)
Octógono Exclusivo* R$ 2.000,00 (INTEIRA) (Entrada = R$ 1.500,00) + (Serviço = R$ 500,00) / R$ 1.250,00 (MEIA) (Entrada = R$ 750,00) + (Serviço = R$ 500,00)

Camarotes e Owner Section Favor entrar em contato pelo email: ingressos@ufc.com
O “Octógono Exclusivo” inclui serviços de catering (comida e bebida), com consumo de bebidas restrito à área reservada para “Hospitality Center”. Assentos limitados.

Valores para os pacotes do VIP Experience:

VIP Package
R$ 5.000,00 (INTEIRA) (Entrada = R$ 1.500,00) + (Serviço = R$ 3.500,00)
R$ 4.250,00 (MEIA) (Entrada = R$ 750,00) + (Serviço = R$ 3.500,00)

Ultimate Plus Experience
R$ 4.000,00 (INTEIRA) (Entrada = R$ 1.500,00) + (Serviço = R$ 2.500,00)
R$ 3.250,00 (MEIA) (Entrada = R$ 750,00) + (Serviço = R$ 2.500,00)

Ultimate Experience
R$ 3.500,00 (INTEIRA) (Entrada = R$ 1.500,00) + (Serviço = R$ 2.000,00)
R$ 2.750,00 (MEIA) (Entrada = R$ 750,00) + (Serviço = R$ 2.000,00)

Elite Plus Experience
R$ 4.000,00 (INTEIRA) (Entrada = R$ 1.500,00) + (Serviço = R$ 2.500,00)
R$ 3.250,00 (MEIA) (Entrada = R$ 750,00) + (Serviço = R$ 2.500,00)

Super Fan Experience
R$ 2.400,00 (INTEIRA) (Entrada = R$ 1.500,00) + (Serviço = R$ 900,00)
R$ 1.650,00 (MEIA) (Entrada = R$ 750,00) + (Serviço = R$ 900,00)

UFC 198

14 de maio de 2016, em Curitiba (PR)

Card até o momento:

Peso-pesado: Fabricio Werdum x Stipe Miocic (valendo o cinturão da categoria)
Peso-médio: Ronaldo Jacaré x Vitor Belfort
Peso-meio-pesado: Mauricio Shogun x Corey Anderson
Peso-médio: Anderson Silva x Uriah Hall
Peso-meio-médio: Demian Maia x Matt Brown
Peso-meio-pesado: Patrick Cummins x Rogério Minotouro
Peso-médio: Thiago Marreta x Nate Marquardt
Peso-meio-médio: Warlley Alves x Bryan Barberena
Peso-leve: Francisco Massaranduba x Yancy Medeiros
Peso-meio-médio: Serginho Moraes x Kamaru Usman
Peso-pena: Renato Moicano x Zubaira Tukhugov

16:53 · 16.09.2015 / atualizado às 17:18 · 16.09.2015 por
Belfort encara Henderson se enfrentam pela terceira vez (foto: divulgação)

O UFC anunciou mais um evento no Brasil. Na noite da última terça-feira (15), estrelas do MMA se reuniram em um hotel de São Paulo para assistir a apresentação do UFC Fight Night São Paulo. O encontro também contou com a presença dos lutadores que participarão do card principal, além do anúncio da venda de ingressos.

Victor Belfort enfrentará Dan Henderson pela terceira vez. Ambos acumulam uma vitória cada. O americano não participou da festa por conta de problemas no voo para o Brasil. Glover Teixeira e Patrick Cummins farão a segunda luta principal do evento, que acontece no dia 7 de novembro, no ginásio do Ibirapuera. Os lutadores estiveram presentes na apresentação do UFC Fight Night São Paulo e realizaram uma encarada para promover o combate.

Ingressos

A venda de bilhetes começam a ser vendidos nesta quarta-feira (16) pelo livepass. Os ingressos vão de R$ 150,00 até R$ 1.200,00.

Lutas do UFC Fight Night São Paulo confirmadas

Vitor Belfort x Dan Henderson
Glover Teixeira x Patrick Cummins
Thomas Almeida x Anthony Birchack
Fabio Maldonado x Tom Lawlor
Yan Cabral x Johnny Case
Gilbert “Durinho” Burns x Rashid Magomedov
Gleison Tibau x Abel Trujillo
Viscardi Andrade x Gasan Umalatov
Matheus Nicolau x Bruno “Korea” Rodrigues
Alex “Cowboy” Oliveira x Piotr Hallmann

 

 

08:42 · 04.08.2015 / atualizado às 08:43 · 04.08.2015 por
Os dois ex-campeões se enfrentam no dia 7 de novembro, em São Paulo (Foto: UFC Brasil)
Os dois ex-campeões se enfrentam no dia 7 de novembro, em São Paulo (Foto: UFC Brasil)

Duas lendas do MMA se reencontrarão no Brasil. O brasileiro Vitor Belfort retornará ao octógono do UFC para um tira-teima contra o americano Dan Henderson. O combate será no dia 7 de novembro, na luta principal do UFC Fight Night São Paulo.

Os ex-campeões do Ultimate já lutaram duas vezes, com uma vitória para cada lado. Em sua primeira luta no extinto Pride, em outubro de 2006, Henderson ganhou do brasileiro por decisão unânime dos juízes. Belfort conseguiu igualar o placar com um belo nocaute no UFC Goiânia, no dia 9 de novembro de 2013.

Aos 38 anos, Vitor Belfort vem de derrota para o campeão dos pesos-médios Chris Weidman, em maio deste ano. Já Henderson, se recuperou de duas derrotas seguidas e na última luta, em junho deste ano, nocauteou o americano Tim Boetsch.

05:37 · 24.05.2015 / atualizado às 08:37 · 24.05.2015 por
Esta foi a quinta vitória de Weidman sobre brasileiros (Foto: Reprodução UFC)
Esta foi a quinta vitória de Weidman sobre brasileiros (Foto: Reprodução UFC)

Não foi dessa vez que o Brasil voltou a ter o cinturão dos médios do Ultimate. Após aplicar verdadeira blitz de socos em Chris Weidman, Vitor Belfort foi dominado no solo pelo norte-americano e saiu derrotado do combate por nocaute técnico, na madrugada deste domingo (24), no UFC 187, em Las Vegas (EUA).

Esta é a quinta vitória do invicto campeão sobre um atleta brasileiro na organização, que antes havia derrotado Anderson Silva duas vezes, Lyoto Machida e Demian Maia.

O duelo começou bem estudado, até que o “Fenômeno” acertou uma joelhada em Weidman, que sentiu o golpe. O brasileiro partiu com tudo pra cima e desferiu diversos golpes no adversário, que apenas se defendida.

Mesmo com um corte na sombrancelha, Weidman conseguiu se recuperar e derrubar Belfort. O americano passou a guarda e aplicou um ground and pound agressivo com cotoveladas e socos. Apesar de ter tentado se livrar da posição, Vitor foi completamente dominado e não conseguia se defender dos golpes, o que obrigou o árbitro Herb Dean a interromper o combate.

“Ele me acertou bons golpes, mas nada que eu não tenha levado na academia. Fiquei me defendendo até me recuperar. Coloquei na minha cabeça que se a luta ficasse no grappling, eu sairia vencedor. Mas quero uma salva de palmas para Vitor Belfort, ele é uma lenda do esporte. Eu sou a última pessoa que gosta de falar mal dos outros, só tinha algo de errado com seus testes. Mas não quero xingar ninguém”, falou o campeão ainda no octógono.

Belfort, claramente emocionado, também deu sua palavra. “Ele é um grande atleta e eu sabia que ele iria querer lutar no chão. Tentei evitar, mas foi uma noite melhor para ele. Ele sabe lutar no solo. Tentei trabalhar posições e dar bons golpes, mas ele foi superior. As coisas funcionam assim e quero agradecer a Deus, Jesus e todos os brasileiros e americanos presentes aqui”, declarou o brasileiro, que amargou sua 11ª derrota na carreira.

Confira todos os resultados do UFC 187:

CARD PRINCIPAL

Daniel Cormier venceu Anthony Johnson por finalização aos 2m39s do R3
Chris Weidman venceu Vitor Belfort por nocaute técnico aos 2m53s do R1
Donald Cerrone venceu John Makdessi por nocaute técnico aos 4m44s do R2
Andrei Arlovski venceu Travis Browne por nocaute técnico aos 4m41s do R1
Joseph Benavidez venceu John Moraga por decisão unânime

CARD PRELIMINAR

John Dodson venceu Zach Makovsky por decisão unânime
Dong Hyun Kim venceu Josh Burkman por finalização aos 2m13s do R3
Rafael Sapo venceu Uriah Hall por decisão dividida
Colby Covington venceu Mike Pyle por decisão unânime
Islam Makhachev venceu Leo Kuntz por finalização aos 2m38s do R2
Justin Scoggins venceu Josh Sampo por decisão unânime

Com informações do UFC Brasil

22:13 · 22.05.2015 / atualizado às 22:14 · 22.05.2015 por
Os lutadores farão o co-evento do UFC 187 (Foto: Reprodução UFC)
Os lutadores farão o co-evento do UFC 187 (Foto: Reprodução UFC)

O clima voltou a esquentar na noite desta sexta-feira (22) durante a pesagem oficial para o UFC 187, em Las Vegas (EUA). No momento mais aguardados pelos fãs, Vitor Belfort e Chris Weidman subiram na balança e conseguiram bater o peso. Após o teste, os lutadores realizaram mais uma encarada tensa, precisando, novamente, da intervenção do presidente do UFC, Dana White.

O americano direcionou duras críticas contra Belfort, pelo fato dos níveis de testosterona do brasileiro estarem maiores que os seus. ” Sou mais jovem e mesmo assim ele com níveis de testosteronas mais altos. Ele (Vitor Belfort) está trapaceando, mas eu vou fazer ele pagar”, afirmou o americano, que vai para sua terceira defesa do cinturão.

Já o “Fenômeno” manteve o foco na disputa do cinturão e não entrou na provocação de Weidman. “Para mim é um sonho. Estou abençoado de estar neste esporte e estou pronto para vencer”, ressaltou o brasileiro, que fará sua primeira luta após o banimento da Terapia de Reposição de Testosterona (TRT).

Luta principal

Os americanos Anthony Johnson e Daniel Cormier, que farão a luta principal do UFC 187, realizaram uma encarada tranquila e sem provocações, com ambos os atletas batendo o peso. Os lutadores irão disputar o cinturão dos pesos-meio-pesados do UFC.

Programação

O evento está programado para iniciar às 19h (horário de Brasília) com o primeiro combate do card preliminar, entre os pesos moscas Josh Sampo e Justin Scoggins. O card principal está programado para começar às 23h.

Confira todas as lutas do UFC 187:

CARD PRINCIPAL

Peso-meio-pesado: Daniel Cormier x Anthony Johnson
Peso-médio: Chris Weidman x Vitor Belfort
Peso-leve: Donald Cerrone x John Makdessi
Peso-pesado: Travis Browne x Andrei Arlovski
Peso-mosca: Joseph Benavidez x John Moraga

CARD PRELIMINAR

Peso-mosca: John Dodson x Zach Makovsky
Peso-meio-médio: Josh Burkman x Dong Hyun Kim
Peso-médio: Uriah Hall x Rafael Sapo
Peso-palha: Rose Namajunas x Nina Ansaroff
Peso-meio-médio: Mike Pyle x Colby Covington
Peso-leve: Leo Kuntz x Islam Makhachev
Peso-mosca: Josh Sampo x Justin Scoggins

 

 

 

 

08:36 · 22.05.2015 / atualizado às 14:58 · 23.05.2015 por
O presidente do UFC, Dana White, precisou separar os lutadores (Foto: Reprodução)
O presidente do UFC, Dana White, precisou separar os lutadores (Foto: Reprodução)

Os lutadores do card do UFC 187 realizaram a frente a frente pela última vez antes da pesagem oficial para o evento do próximo sábado (23). Uma das encaradas mais aguardadas foi entre o Vitor Belfort e Chris Weidman, que lutarão pelo cinturão dos pesos-médios.

A encarada foi tensa e arrancou aplausos das centenas de fãs presentes no MGM, em Las Vegas. Com olhar fixo em Weidman, o “Fenômeno” fechou os punhos e chegou bem próximo do rosto do americano. Foi preciso, inclusive, que o presidente do UFC, Dana White, separasse os lutadores.

Já as demais encaradas, foram mais amistosas. Entre elas, a que reuniu Daniel Cormier e Anthony Johnson, que disputarão o cinturão dos pesos-meio-médios, na luta principal do evento.

O UFC 187 será realizado no próximo sábado (23), em Las Vegas (EUA). O primeiro duelo da noite, pelo card preliminar, será entre Josh Sampo e Justim Scoggins, pela divisão dos moscas.

Confira todas as lutas:

CARD PRINCIPAL

Peso-meio-pesado: Daniel Cormier x Anthony Johnson
Peso-médio: Chris Weidman x Vitor Belfort
Peso-leve: Donald Cerrone x John Makdessi
Peso-pesado: Travis Browne x Andrei Arlovski
Peso-mosca: Joseph Benavidez x John Moraga

CARD PRELIMINAR

Peso-mosca: John Dodson x Zach Makovsky
Peso-meio-médio: Josh Burkman x Dong Hyun Kim
Peso-médio: Uriah Hall x Rafael Sapo
Peso-palha: Rose Namajunas x Nina Ansaroff
Peso-meio-médio: Mike Pyle x Colby Covington
Peso-leve: Leo Kuntz x Islam Makhachev
Peso-mosca: Josh Sampo x Justin Scoggins

13:10 · 19.05.2015 / atualizado às 13:12 · 19.05.2015 por

Vitor Belfort, desafiante ao cinturão do americano Chris Weidman, já está em Las Vegas, onde ocorrerá a luta. Depois de quase cinco horas de voo, o brasileiro desembarcou ao lado de sua equipe e disse, em tom bastante tranquilho, que está feliz em poder representar o Brasil no UFC.

“Estou tranquilo, curtindo cada momento. Vou dar o meu máximo e estou bem feliz em poder representar o Brasil. Vou dar meu melhor”, afirmou o lutador em entrevista ao UFC.

Confira a entrevista completa:

O duelo entre Belfort e Weidman, valendo o título dos médios, será realizado neste sábado (23), após ser remarcado por três vezes. Além deste duelo, o UFC 187 ainda terá o combate entre Anthony Johnson e Daniel Cormier, que ganhou a oportunidade de lutar pelo cinturão, após Jon Jones ser suspenso do Ultimate.

Confira o card do UFC 187:

Card principal
Daniel Cormier x Anthony Johnson
Chris Weidman x Vitor Belfort
Donald Cerrone x John Makdessi
Travis Browne x Andrei Arlovski
Joseph Benavidez x John Moraga

Card preliminar
John Dodson x Zach Makovsky
Josh Burkman x Dong Hyun Kim
Uriah Hall x Rafael Sapo
Rose Namajunas x Nina Ansaroff
Mike Pyle x Colby Covington
Leo Kuntz x Islam Makhachev
Josh Sampo x Justin Scoggin

08:49 · 19.02.2015 / atualizado às 09:46 · 19.02.2015 por
A luta entre o americano e o brasileiro vale o cinturão dos pesos-médios (Foto/montagem: Valdir Almeida)
A luta entre o americano e o brasileiro vale o cinturão dos pesos-médios (Foto/montagem: Valdir Almeida)

Após ser remarcado por três vezes, finalmente o duelo entre o brasileiro Vitor Belfort e o americano Chris Weidman, valendo o cinturão dos pesos-médios do UFC, ganhou uma nova data. O Ultimate confirmou oficialmente que o combate será realizado no dia 23 de maio, em Las Vegas, no torneio de número 187.

O UFC 187 tem tudo para ser um dos mais disputados do ano, já que o duelo entre Belfort e Weidman ficou agendado apenas como co-evento da noite. A organização anunciou que a luta principal será entre Jon Jones e Anthony Johnson, que valerá o cinturão dos pesos-meio-pesados.

Jon Jones vem de vitória sobre o rival Daniel Cormier, no UFC 182, em janeiro deste ano. Na ocasião, o campeão venceu por decisão unânime dos juízes. Já Johnson ganhou a chance de disputar o cinturão após atropelar o sueco Alexander Gustafsson no UFC Estocolmo.

Além das duas disputas de cinturão, foi confirmado o confronto entre russo Khabib Nurmagomedov e norte-americano Donald Cerrone pela divisão dos leves.  Nurmagomedov tem um cartel incrível no MMA e no UFC de 22 lutas e 22 vitórias, sendo são seis delas na organização. Já Cerrone vem de sete triunfos seguidos.

Os demais combates já confirmados para o UFC 187 foram entre Travis Browne x Andrei Arlovski, pelos pesos-pesados, e Joseph Benavidez x John Moraga pelos pesos-moscas.