Busca

Tag: Cain Velasquez


10:41 · 15.12.2015 / atualizado às 10:41 · 15.12.2015 por
(Foto: Reprodução Youtube)
(Foto: Reprodução Youtube)

Esperando apenas a data da revanche contra Cain Velasquez, pelo título dos pesos-pesado, no dia 6 de fevereiro, em Las Vegas, na luta principal do UFC 196, Fabrício Werdum foi perguntado sobre um possível luta contra o ex-campeão dos meio-pesados Jon Jones. O brasileiro, apesar de estar focado, não fugiu da possibilidade, já que Jones, após passar por problemas pessoais, estaria cogitando mudar de categoria.

“Acho que o Jon Jones sempre foi um peso-pesado, ele sempre baixava muito de peso para lutar até 93 quilos. Eu gostaria muito de fazer esse desafio, mas não agora, que meu primeiro objetivo é ganhar do Cain Velasquez. Depois, quem sabe uma revanche contra o Arlovski ou o Cigano, que são as pessoas para quem eu perdi. Quero ser o melhor da história”, falou o brasileiro.

Veja o vídeo da entrevista de Werdum:

16:11 · 14.06.2015 / atualizado às 16:14 · 14.06.2015 por
O brasileiro conquistou o cinturão linear da divisão dos pesados (Foto: Reprodução)
O brasileiro conquistou o cinturão linear da divisão dos pesados (Foto: Reprodução)

A surpreendente vitória do brasileiro Fabrício Werdum sobre Cain Velásquez não lhe rendeu só cinturão linear dos pesos-pesados, mas também o prêmio de “Performance da Noite”. O “Vai Cavalo” ganhou um cheque de US$ 50 mil– cerca de R$ 155 mil- como bonificação pela atuação na luta principal do UFC 188, na madrugada deste domingo (14), na Cidade do México.

Além do brasileiro, o lutador Patrick Williams, que finalizou o mexicano Alejandro Pérez em apenas 23 segundos de luta, também faturou o mesmo prêmio. A “Luta da Noite” do UFC 188 foi entre Yair Rodrígues e Charles Rosa.

Fabrício Werdum derrotou Cain Velásquez aos 2 minutos do terceiro round, após encaixar uma bela guilhotina, se tornando assim o campeão linear da divisão dos pesados. Esta foi a primeira derrota por finalização na carreira do ex-detentor do cinturão.

Confira todos os resultados do UFC 188:

CARD PRINCIPAL

Fabricio Werdum venceu Cain Velásquez por finalização aos 2m13s do R3
Eddie Alvarez venceu Gilbert Melendez por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Kelvin Gastelum venceu Nate Marquardt por nocaute técnico (interrupção médica) aos 5m do R2
Yair Rodríguez venceu Charles Rosa por decisão dividida (28-29. 29-28 e 29-28)
Tecia Torres venceu Angela Hill por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)

CARD PRELIMINAR

Henry Cejudo venceu Chico Camus por decisão unânime (29-28, 30-27 e 30-27)
Efrain Escudero venceu Drew Dober por finalização aos 54s do R1
Patrick Williams venceu Alejandro Pérez por finalização aos 23s do R1
Johnny Case venceu Francisco Treviño por decisão unânime (triplo 30-27)
Cathal Pendred venceu Augusto Montaño por decisão unânime (triplo 29-28)
Gabriel Benítez venceu Clay Collard por decisão unânime (triplo 30-27)

22:51 · 12.06.2015 / atualizado às 16:03 · 14.06.2015 por
Os lutadores fazem o combate principal da noite, valendo o cinturão unificado dos pesados (Foto: UFC)
Os lutadores fazem o combate principal da noite, valendo o cinturão unificado dos pesados (Foto: UFC)

Fabrício Werdum e Cain Velásquez ficaram frente a frente pela última vez antes do UFC 188, na Cidade do México. Os lutadores passaram pela pesagem oficial do evento e, em seguida, realizaram uma encarada séria e sem nenhuma provocação. Os lutadores fazem o combate principal da noite, valendo o cinturão unificado da categoria dos pesos-pesados.

O combate entre eles já deveria ter acontecido em novembro de 2014, no UFC 180, mas o mexicano, radicado nos EUA, sofreu uma lesão no joelho durante os treinamentos e acabou precisando ser retirado do card. Na época, o presidente do UFC, Dana White, resolveu escalar o neozelandês Mark Hunt para lutar contra Werdum, que se manteve card. O “Vai Cavalo” nocauteou o adversário no segundo round e se sagrou campeão interino da divisão.

Agora, o “Vai Cavalo” terá a oportunidade de conquistar o cinturão unificado dos pesos-pesados. No entanto, o duelo contra Velásquez já pode ser considerada a mais difícil da carreira do brasileiro.

Aos 32 anos, o campeão linear possui um cartel incontestável de 13 vitórias e apenas uma derrota, quando perdeu para Junior Cigano, em novembro de 2011. A única incerteza é de como o mexicano estará fisicamente no combate, já que ele não luta desde outubro de 2013.

Já Werdum, que também vive um excelente momento na carreira, vindo de cinco triunfos seguidos. Seu cartel é de 19 vitórias, 5 reveses e um no-contest (luta sem resultado).

Confira os comentários dos repórteres  Valdir Almeida e Levi de Freitas sobre  o UFC 188:

O UFC 188 será realizado na noite do próximo sábado. A primeira luta do card preliminar será entre o mexicano Gabriel Benitez e o americano Clay Collard, que está programada para ser realizada às 19h.

Confira o card completo:

CARD PRINCIPAL – 23h (de Brasília)
Peso-pesado: Cain Velásquez x Fabricio Werdum
Peso-leve: Gilbert Melendez x Eddie Alvarez
Peso-médio: Kelvin Gastelum x Nate Marquardt
Peso-pena: Charles Rosa x Yair Rodríguez
Peso-palha: Tecia Torres x Angela Hill

CARD PRELIMINAR – 19h (de Brasília)
Peso-mosca: Henry Cejudo x Chico Camus
Peso-leve: Drew Dober x Efrain Escudero
Peso-galo: Alejandro Pérez x Patrick Williams
Peso-leve: Johnny Case x Francisco Treviño
Peso-meio-médio: Augusto Montaño x Cathal Pendred
Peso-pena: Gabriel Benítez x Clay Collard

12:10 · 23.02.2015 / atualizado às 12:15 · 23.02.2015 por
O combate vale o cinturão unificado dos pesos-pesados (Foto: Reprodução UFC)
O combate vale o cinturão unificado dos pesos-pesados (Foto: Reprodução UFC)

O UFC anunciou oficialmente a data e local da luta entre o campeão interino dos pesos-pesados, Fabrício Werdum, e o campeão linear, Cain Velásquez. O combate, válido para ver quem fica com o cinturão unificado da categoria, será realizado no dia 13 de junho, na Cidade do México, na luta principal do UFC 188.

Werdum já havia antecipado através das redes sociais que a luta poderia acontecer neste dia. Nesta segunda-feira (23) o UFC espanhol divulgou o pôster oficial do evento, como o slogan: “Campeão x Campeão, só pode haver um”. Esta será a segunda defesa de cinturão de Velásquez, desde que faturou o título na luta contra o brasileiro Junior Cigano, em dezembro de 2012.

A luta entre o brasileiro e o americano de ascendência mexicana deveria ter acontecido em novembro do ano passado, no UFC 180. No entanto, Velásquez sofreu uma lesão no joelho e precisou ser retirado do card.

Na ocasião, a organização criou um cinturão interino da divisão e substituiu o campeão por Mark Hunt na luta contra Werdum. O “Vai Cavalo” nocauteou o neozelandês e tornou-se campeão interino da categoria.

 

09:53 · 16.01.2015 / atualizado às 09:57 · 16.01.2015 por
O brasileiro vem de cinco vitórias e vai lutar pelo cinturão unificado da categoria (Foto: Reprodução UFC)
O brasileiro vem de cinco vitórias e vai lutar pelo cinturão unificado da categoria (Foto: Reprodução UFC)

A divisão dos pesados do UFC finalmente deve conhecer quem ficará com o cinturão unificado. O campeão interino, Fabrício Werdum, e o campeão linear, Cain Velásquez, irão se enfrentar no próximo dia 13 de junho, na Cidade do México, na luta principal do UFC 188.

O combate ainda não foi divulgado oficialmente pela organização, mas o brasileiro publicou, em sua página pessoal no facebook, um banner com a data da luta. “Vamos com tudo. Ali estaremos mais uma vez”, escreveu o lutador na legenda.

O duelo entre Werdum e Velásquez estava marcado para o UFC 180, em novembro do ano passado, também na Cidade do México. No entanto, o americano de ascendência mexicana se lesionou durante os treinamentos e acabou sendo retirado do card.

Na ocasião,  o Vai Cavalo acabou ganhando um novo oponente, o neozelandês Mark Hunt. Werdum nocauteou Hunt e conquistou o título interino dos pesos-pesados.

O resultado manteve o brasileiro em uma boa sequencia de cinco vitórias. A última derrota foi em 18 de junho de 2011, ainda no evento Strikeforce, para Alistair Overeem. O cartel de Werdum soma é de 19 triunfos, 5 reveses e um empate.

Já Velásquez, não sobe no octógono desde outubro de 2013, quando venceu a revanche contra o brasileiro Junior Cigano e manteve o cinturão dos pesados. Seu cartel é de 13 vitórias e apenas uma derrota.

20:43 · 29.04.2014 / atualizado às 21:00 · 29.04.2014 por
Cain Velasquez vai defender o cinturão em evento inédito no México (Foto: Divulgação UFC)
Cain Velasquez vai defender o cinturão em evento inédito no México (Foto: Divulgação UFC)

O primeiro e tão falado UFC México foi anunciado, nesta terça-feira, (29), pelo presidente da franquia, Dana White, durante coletiva de imprensa. Será na primeira edição do TUF América Latina, que terá como treinadores o campeão dos pesos-pesados do Ultimate, Cain Velasquez, e o desafiante número ao cinturão, o brasileiro Fabrício Werdum.

O reality show inédito no país começará a ser gravado no dia 12 de maio. Porém, o combate entre os técnicos está marcado para o dia dia 15 de novembro, no UFC 180, na Cidade do México. Também ocorrerão as finais do reality show Team Velasquez x Team Werdum.

Fabrício Werdum será mais um brasileiro a tentar tirar o cinturão de Cain (Foto: UFC Divulgação)
Fabrício Werdum será mais um brasileiro a tentar tirar o cinturão de Cain (Foto: UFC Divulgação)

“Estou muito animado com as possibilidades. Existem inúmeros talentos no México e na América Latina”, disse White. “Esta é uma região em que temos trabalhado pesado para desenvolver nosso esporte. Sei que os fãs mexicanos e latino-americano vão apoiar com todas as forças essa iniciativa, que tem apelo e potencial tão grandes quanto no Brasil”.

A primeira temporada do TUF América Latina começa a ser gravado dia 12 de maio. O programa será transmitido pela Televisa e vai ao ar a partir de 18 de agosto, no México. As categorias em disputa serão penas e galos.

08:56 · 20.10.2013 / atualizado às 10:29 · 20.10.2013 por

O brasileiro Junior Cigano foi massacrado pelo norte-americano de ascendência mexicana, Cain Velásquez na luta principal do UFC 166, na noite deste sábado, em Houston (EUA). O campeão dos pesos pesados não deixou nenhuma dúvida sobre quem é o melhor lutador da categoria e, diferente do segundo encontro entre os dois, conseguiu nocautear. A trilogia foi completa com duas vitórias dominantes de Velásquez, e um nocaute surpresa de Cigano na primeira luta.

Cigano foi massacrado mais uma vez |Foto: Reprodução/Facebook

Com mais esse passeio sobre Cigano, Velásquez prova cada vez mais que a derrota na primeira luta entre os dois foi um golpe de sorte que ele não permitirá que se repita. Se a principal da estratégia do catarinense era procurar achar um soco que definisse a luta, a do campeão era ir castigando aos poucos.

Dessa vez, é bem verdade, que Cain não teve tanta facilidade para quedar, mas ainda sim o fez. A maioria dos quase cinco round foi passada no clitch. O norte-americano levava Cigano para grade e ia batendo nele como podia. O castigo piorou no terceiro round, quando Velásquez acertou uma boa sequência que levou o brasileiro ao chão.

Junior provou mais uma vez que é capaz de aguentar muitos golpes. O nocaute aconteceu apenas no quinto round, quando caiu de joelhos após uma tentativa de estrangulamento, já sem forças para se defender, sofreu golpes de Cain até que a luta fosse interrompida.

Velásquez chegou ao 13 º triunfo na carreira, contra apenas uma derrota. Cigano, por sua vez, foi derrotado pela terceira vez, sendo a segunda para o campeão, além de ter vencido em 16 oportunidades.

Outras lutas

O UFC 166 teve também uma das melhores lutas da história do evento. Gilbert Melendez conseguiu uma grande vitória sobre Diego Sanchez por decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27 e 29-28). Em uma batalha épica, El Niño mostrou que tem coração e sobreviveu à pressão do seu adversário no terceiro round. Melendez foi superior nos dois primeiros rounds, mas quase foi nocauteado no último.

Na segunda luta mais importante da noite, Daniel Cormier superou Roy Nelson na decisão dos jurados. Cormier, que é colega de treino de Velásquez, dominou completamente a luta e foi escolhido como vencedor por  30 a 27, 30 a 27 e 30 a 27.

Confira alguns dos melhores momentos do UFC 166

19:17 · 19.10.2013 / atualizado às 19:25 · 19.10.2013 por

Mentor de Junior Cigano, Rodrigo Minotauro não hesitou em dar o seu palpite para a luta entre o catarinense e Cain Velásquez, no UFC 166, em Houston, neste sábado. “Acreditamos aí em um nocaute para o Cigano. Está um a um, vamos aí para a ´negra´, a definitiva. E esperamos que esse cinturão volte para o Brasil”, afirmou o ex-campeão do Pride à reportagem.

Cain já nocauteou Minotauro |Foto: Divulgação/UFC

O ex-campeão interino do UFC também contou que Cigano se preparou bastante no wrestling para surpreender o Velásquez. “Trouxemos um wrestler russo melhor que o Cain, então acredito que ele está bem preparado”, disse Rodrigo, que lamentou não poder estar ao lado do Cigano nos Estados Unidos.

Rodrigo Minotauro veio ao Ceará para visitar a Team Nogueira Fortaleza, que está às vias de ser lançada na Capital. Além disso, veio participar da Semana Saudável do Via Sul Shopping, e, de quebra, praticar kitesurfe.

20:10 · 18.10.2013 / atualizado às 18:23 · 18.10.2013 por

A aguardada trilogia entre Cain Velásquez e Júnior Cigano será realizada neste sábado, no UFC 166, em Houston, Estados Unidos. A Equipe BVE analisou o confronto e deu seu palpite. E você que resultado acha que a luta terá?

17:55 · 18.10.2013 / atualizado às 18:03 · 18.10.2013 por

Assista ao vivo no Blog Vai Encarar, às 18h, a pesagem oficial de Velásquez e Cigano e todos os outros lutadores do UFC 166: