Busca

Tag: chael sonnen


16:00 · 22.06.2017 / atualizado às 16:02 · 22.06.2017 por
“Não tenho plano. Minha estratégia é simplesmente dar uma surra dele”, disse Wanderlei

O clima esquentou entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen em encarada dois dias antes do combate pelo Bellator 180. O brasileiro foi pra cima do americano após provocações em entrevista coletiva.
Na tradicional encarada, evento que faz parte da promoção de eventos de MMA, Sonnen tentou se posicionar mais longe do que os lutadores prévios tinham feito. Wanderlei não quis nem saber e foi para cima do americano, chegando a tocá-lo com a mão esquerda. Os dois tiveram de ser separados.

Antes da encarada, os dois lutadores foram perguntados sobre como manter o plano de luta em meio às emoções de lutar contra um rival. Tanto Sonnen quanto Wanderlei aproveitaram a oportunidade para alfinetar o adversário.

“Não tenho estratégia. É uma luta. As pessoas dizem que não são pessoal, mas é pessoal. Não consigo pensar em nada mais pessoal do que lutar com alguém. Geralmente, minha carreira não é sobre estratégia, é sobre lutar com alguém que tem o mesmo objetivo que eu”, afirmou o Sonnen.
“Se fossem as regras do baseball, Vanderlei já teria dois strikes. Não sabia direito para quem estava me preparando, até descer do táxi e ver uma careca. Pensei ‘será que é o Wanderlei?’ Realmente, não faz diferença para mim”, completou o americano, relembrando que os lutadores tiveram dois combates agendados pelo UFC que não foram realizados.

Wanderlei, por sua vez, foi mais direto em sua resposta. “Não tenho plano. Minha estratégia é simplesmente dar uma surra dele“, disparou.
Sonnen, que já foi flagrado em exame antidoping em sua carreira, mostrou seu lado falastrão ao abordar o tema na coletiva. Quando questionado se estava limpo, o americano respondeu de modo enigmático.
“Em um mundo de pecadores, existe alguém limpo?”, questionou.
“Só estou brincando. Fizemos todos os testes. Não suspeito do meu adversário e acredito que ele não suspeita de mim”, completou.
Wanderlei e Sonnen se enfrentam na luta principal do Bellator 180, que acontece neste sábado (24), no Madison Sqaure Garden, em Nova York.

21:04 · 28.05.2014 / atualizado às 21:08 · 28.05.2014 por

JOGADA

Não está fácil para o UFC fazer a luta entre os treinadores da terceira edição do TUF Brasil. Depois de adiar a data do combate entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen, ocorreu mais uma reviravolta na tentativa de colocar os dois lutadores frente a frente dentro do octógono.

O brasileiro foi substituído pelo compatriota Vitor Belfort para encarar o estadunidense dia 5 de julho, no UFC 175, marcado para Las Vegas, Nevada, Estados Unidos.

A informação foi divulgada pelo site Combate.com e confirmada por demais veículos especializados do mundo inteiro com fontes extraoficiais.

WANDERLEISILVA

Sem licença
O motivo da substituição seria a ausência da licença de Wanderlei Silva para lutar em Las Vegas, que é concedida pela Comissão Atlética de Nevada (NSAC, sigla em inglês).

O órgão regulamentador de esportes de combate convocou os dois atletas para realizarem os exames no início desta semana. Chael Sonnen compareceu e realizou todas as baterias obrigatórias, mas Wanderlei não.

Sem os exames médicos e de antidoping, a Comissão Atlética não pode conceder a licença que permite a realização do combate entre os atletas.

Especula-se nos bastidores da maior organização de MMA do mundo que a direção do UFC vai punir o lutador brasileiro. A “pena” pode sair cara para o “Cachorro Louco”, no caso, até a demissão de Wanderlei Silva da organização por falta de profissionalismo está sendo analisada pelo Ultimate, conforme indicam alguns site especializados sobre a modalidade.

SONNEN

Sem TRT
Especulações à parte, será a primeira luta de Sonnen após o abandono do uso da Terapia de Reposição de Testosterona (TRT) da qual Belfort também era adepto. Coincidentemente, será o primeiro combate do “Fenômeno” após a proibição. O Ultimate ainda não  se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

No site oficial da organização, ainda constava a fotografia de Wanderlei Silva ao lado da de Chael Sonnen, como terceiro confronto mais importante da noite, precedendo as defesas de cinturões de Ronda Rousey (campeã dos galos – feminino) contra Alexis Davis; e do americano Chris Weidman (campeão dos médios) contra o brasileiro Lyoto Machida.

Histórico de mudanças
A própria luta principal do evento foi modificada. A princípio, Vitor Belfort iria enfrentar Chris Weidman na decisão do título da categoria. Porém, a proibição do uso do TRT definida pela NSAC, em fevereiro, forçou o brasileiro a desistir da luta, marcada, a priori, para 24 de maio.
Lyoto Machida foi escolhido para substituir Belfort. Contudo, uma lesão do americano adiou a decisão do título para 5 de julho.

Com a substituição de Wanderlei Silva, Vitor Belfort vai lutar no mesmo card no qual “em tese” estaria disputando o cinturão contra Chris Weidman.

22:46 · 07.04.2014 / atualizado às 22:46 · 07.04.2014 por
Combate entre treinadores do TUF Brasil 3 será substituído por Cigano x Miocic (Foto: Reprodução Sportv)
Combate entre treinadores do TUF Brasil 3 será substituído por Cigano x Miocic (Foto: Reprodução Sportv)

Uma decepção para os fãs brasileiros de MMA. Assim foi recebida a notícia do adiamento do confronto dos técnicos do reality show TUF Brasil 3, Wanderlei Silva e o estadunidense Chael Sonnen.  De acordo com o site Yahoo Sports, o combate foi adiado em acordo com os próprios lutadores.

A nova data da luta será dia 5 de julho, no UFC 175, em Las Vegas, EUA, como o coevento da disputa do cinturão dos médios entre  Chris Weidman e Lyoto Machida. Para São Paulo, foi confirmado confronto entre Júnior Cigano e Stipe Miocic , pelos pesados.

10:41 · 28.02.2014 / atualizado às 14:46 · 28.02.2014 por

Wanderlei Silva e Chael Sonnen começaram a brigar muito antes do octógono ser fechado. Os dois treinadores do TUF Brasil 3 chegaram às vias de fato ainda dentro do reality show e a primeira prévia da nova temporada divulgada pelo UFC mostra exatamente isso. O programa vai ao ar no dia 9 de março, na TV Verdes Mares/Globo.

Os dois lutadores são os técnicos do TUF Brasil 3 |Foto: Reprodução/Sportv

O vídeo de apenas trinta segundos mostra os dois lutadores discutindo na frente do octógono do programa. Silva tenta intimidar o norte-americano com dedo indicador apontado e repetindo “eu não gosto de você” em inglês.

O brasileiro chega a dizer: “você não vai esquecer o que eu vou fazer com você”. Chael pergunta “Quando?” e o Wanderlei rebate com um “agora”. Antes da ação, Sonnen ainda tenta conter os ânimos do inimigo: “por favor, pare”. A cena seguinte faz jus ao slogan do comercial – “uma temporada que é preciso ser vista para se acreditar”. Os dois começam a se empurrar e depois Wanderlei tenta dar um soco em Chael, que esquiva e parte para as pernas do oponente. Para saber o resto… só no próprio reality, em março.

Confira:

(mais…)

13:26 · 13.02.2014 / atualizado às 13:37 · 13.02.2014 por
A luta entre Silva e Sonnen será dia 31 de maio. Foto: Reprodução/Sportv
A luta entre Silva e Sonnen será dia 31 de maio. Foto: Reprodução/Sportv

O presidente do Ultimate Fighting Championship (UFC) , Dana White, anunciou nesta quinta-feira (13), em entrevista ao Globo Esporte que a luta entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen será realizada no Brasil, no dia 31 de maio. A cidade ainda não foi confirmada.

Técnicos do  TUF 3, reality show transmitido pela Rede Globo, os desafetos se enfrentarão uma semana depois da luta entre Vitor Belfort e Chris Weidman. Diferente do que o próprio Dana White havia anunciado anteriormente que casaria as lutas para o mesmo dia, em evento nos Estados Unidos. A luta entre Sonnen versus Wand estava programada para acontecer em Las Vegas, como luta co-principal do UFC 173.

O combate entre Silva e Sonnen deve ser a principal a luta do evento TUF Brasil 3 Finale. Na mesma noite ainda será realizada as finais do peso-pesado e o peso-médio. A previsão de estreia para a terceira temporada do TUF Brasil é para o dia 9 de março.

 

08:46 · 22.10.2013 / atualizado às 18:08 · 22.10.2013 por

Finalmente uma das lutas mais esperadas pelos fãs brasileiros de MMA vai acontecer. Wanderlei Silva entrará no octógono com Chael Sonnen. Antes disso, no entanto, os dois serão os técnicos do reality show TUF Brasil 3.  A notícia foi dada por Dana White no programa “Fox Sports Live” na frente de Sonnen, que é um dos apresentadores. “Isso é o que todos me pedem, Wanderlei e Sonnen no TUF”, disse White.

Os dois já discutiram durante um evento nos EUA |Foto: Reprodução

Os dois inclusive já têm experiência como técnicos do programa. Ao lado de Vitor Belfort, Wanderlei foi o técnico da primeira edição do TUF Brasil. Já Sonnen foi um dos treinadores da 17ª edição do TUF nos EUA, ao lado de Jon Jones. Coincidentemente, os dois perderam na luta após o reality – Wanderlei enfrentou Rich Franklin, já que o Vitor se machucou.

(mais…)

10:32 · 29.09.2013 / atualizado às 11:01 · 29.09.2013 por

Texto opinativo

Wanderlei Silva divulgou novo vídeo no qual volta a provocar o falastrão Chael Sonnen após ter encontrado e quase brigado com o americano em um evento na cidade de Las Vegas, nos Estados Unidos. A rivalidade entre o brasileiro e alguns lutadores como Quinton Jackson, Chuck Liddell e, mais recentemente, o outro americano Chael Sonnen é verdadeira. Mas é perceptível um certo exagero no afã de se “vender” o combate.

Fora de pretensões de disputar cinturão e cada vez mais perto da aposentadoria, Wand e Sonnen têm de buscar outras motivações para promover suas lutas. O americano aprendeu isso há alguns anos. E aprendeu bem. O Brasil é um de seus alvos preferidos no famoso “trash talking“, método no qual literalmente ‘fala lixo’ sobre o país e acaba, dessa forma, sendo até desrespeitoso e preconceituoso com os brasileiros.

Veja vídeo anterior que Wanderlei já havia postado sobre Chael Sonnen

Wanderlei está aproveitando esse mote para  servir de espécie de herói da nação e limpar a honra dos lutadores e da população brasileira. A promessa é de meter ‘a porrada’  no gringo que ainda fala mal do nosso País.

Forçando a barra

Pode até haver um certo teatro, ‘forçação’ de barra e até exagero por parte de Wanderlei e Chael Sonnen, mas está ficando divertido e o UFC terá muito o que utilizar para promover o encontro dos dois no octógono. Acho válido. É mais interessante para o business criar essa atmosfera do que por dois lutadores muito melhores do Sonnen e Wand, mas mudos e sem experiência em saber apimentar a luta.

Vamos aguardar quando será o próximo capítulo dessa novela ou melhor, a novidade que está por vir entre esse duelo prenunciado entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen.

No vídeo abaixo, feito anos atrás, quando Sonnen começou a ver os lutadores brasileiros como alvo, a realidade (ou melhor, a ausência de algo previamente ensaiado),  é em mais evidente do que nos vídeos mais recentes e a reação do americano ao ouvir de Wand a ameaça de ‘perder os dentes’ também.

17:55 · 23.08.2013 / atualizado às 18:25 · 23.08.2013 por

O “cachorro louco” Wanderlei Silva finalmente saiu do silêncio sobre a possível luta contra Chael Sonnen, e o curitibano fez isso em grande estilo.  Em um vídeo de cinco minutos, o lutador chama o americano para lutar e promete “quebrar”, ”bater” e “meter a porrada”.

“Quando o Wanderlei Silva entra, você sabe que vai ter ação. Eu vou dar na cara do Sonnen. Eu vou fazer ele engolir os seus dentes”, disse.

Silva pediu para enfrentar o desafeto na luta principal de um evento para ter “meia hora para bater na sua cara”. O curitibano também falou das derrotas de Sonnen para Jon Jones e Anderson Silva. “Não vou ali para me entregar, como você fez para o Jon Jones, no primeiro round. Que vergonha! Tomou uma joelhada no plexo contra o Anderson e ficou deitado que nem uma menina”, disse.

Começo

Chael Sonnen e Wanderlei Silva se estranham há anos, mas a rivalidade ganhou novo ar quando o norte-americano desafiou o brasileiro após sua último vitória, contra Maurício “Shogun”, amigo pessoal de Silva.

O presidente do UFC, Dana White, na noite de quinta-feira, havia quase que descartado a luta, dizendo que o brasileiro queria parte do PPV para aceitar o combate. “Acho que ele vai se aposentar”, ironizou o presidente do UFC. No entanto, com a aceitação da luta em público com o vídeo, Wanderlei muda o panorama.

Veja o vídeo:

08:04 · 19.08.2013 / atualizado às 12:21 · 19.08.2013 por

Um vídeo amador postado na internet flagrou a reação de Wanderlei Silva após a vitória do desafeto Chael Sonnen sobre o amigo desde os tempos de Chute Boxe, Maurício Shogun Rua. A partir do minuto 5 do vídeo é possível assistir ao sentimento de incredulidade do brasileiro em relação ao que estava acontecendo no UFC Boston, no último sábado, 17, nos Estados Unidos.

A gravação, contudo, termina antes do desafio feito pelo falastrão Sonnen ainda no octógono a Wanderlei. Pelo twitter, o brasileiro postou uma resposta clara e direta ao norte-americano. “O UFC não me ligou ainda”.

09:19 · 18.08.2013 / atualizado às 09:39 · 18.08.2013 por

Dois dos lutadores mais famosos da história do MMA desapontaram seus fãs mais uma vez, no último sábado, 17, durante mais uma edição do UFC realizada em Boston, EUA. O brasileiro Maurício Shogun Rua e o holandês Alistair Overeem não foram páreos para os norte-americanos Chael Sonnen e Travis Browne, respectivamente.

Mauricio Shogun não conseguiu a incomodar o adversário em momento algum no combate (UFC Divulgação)
Mauricio Shogun não conseguiu a incomodar o adversário em momento algum no combate (UFC Divulgação)

O semblante de Maurício Shogun logo após a derrota explicitava toda a sua decepção com ele mesmo. O brasileiro não conseguiu lutar, praticamente. No primeiro movimento do combate, o falastrão Chael Sonnen, que adora provocar os brasileiros com seu tradicional trash talk (estilo ofensivo de promover as lutas), conseguiu impor seu jogo de wrestling e ground and pound.

UFC Divulgação
UFC Divulgação

Quando o primeiro round se encaminhava para o fim, Sonnen surpreendeu o curitibano com uma guilhotina muito bem encaixada, que fez Shogun bater três vezes. O resultado ajudou o americano a continuar o falatório de sempre contra os atletas do Brasil. O alvo mais uma vez é o veterano Wanderley Silva, companheiro de Shogun desde os tempos de Chute Boxe e Pride.

Chael Sonnen surpreendeu ao finalizar o brasileiro com uma guilhotina (UFC Divulgação)
Chael Sonnen surpreendeu ao finalizar o brasileiro com uma guilhotina (UFC Divulgação)

Pesados

Em luta válida pelos Pesados, os gigantes Browne e Overeem protagonizaram uma das viradas mais sensacionais dos últimos anos no Ultimate. A luta realizada em Boston, EUA, começou com pressão do holandês. Com golpes duros (socos e joelhadas), ele chegou a derrubar Travis Browne e a quase nocauteá-lo, mas o árbitro brasileiro Mário Yamasaki não interrompeu o combate, que para muitos já estava perdido ainda no primeiro assalto.

UFC Divulgação
UFC Divulgação

No mesmo assalto, o estadunidense acertou um chute frontal no queixo de Overeem. Ao cair, o holandês, que vinha de nocaute contra o brasileiro Antonio Pezão, ainda levou mais dois socos antes de apagar. Browne comemorou bastante a vitória e se credenciou para lutar pelo cinturão da categoria. “Cain, você é o melhor do momento. Vamos lutar”, falou, em entrevista logo após o triunfo, desafiando o atual campeão mundial Cain Velasquez, que tem luta marcada contra Júnior Cigano, no terceiro confronto entre os atletas.

Derrota de Marajó 

O brasileiro Yuri Marajó até começou bem, mas Urijah Faber mostrou porque é um dos tops da categoria Galo do UFC.  Na luta mais importante do brasileiro no octógono mais famoso do mundo, Marajó começou bem, montando e indo para as costas do americano. O Califórnia Kid, porém, não se intimidou com o início ruim e ainda no primeiro round inverteu a situação. Ele passou a trabalhar no ground and pound com fortes cotoveladas;

Seguindo a mesma estratégia nos rounds seguintes, Faber anulou o jogo do brasileiro e venceu por pontos por decisão unânime.

CARD PRINCIPAL
Chael Sonnen venceu Maurício Shogun (finalização)
Travis Browne venceu Alistair Overeem (nocaute)
Urijah Faber venceu Iuri Marajó (decisão unânime)
Matt Brown venceu Mike Pyle (nocaute)
John Howard venceu Uriah Hall (decisão dividida)
Michael Johnson venceu Joe Lauzon (decisão unânime)

CARD PRELIMINAR
Michael McDonald venceu Brad Pickett (finalização)
Conor McGregor venceu Max Holloway (decisão unânime)
Steven Siler venceu Mike Brown (nocaute)
Diego Brandão venceu Daniel Pineda (decisão unânime)
Manny Gamburyan venceu Cole Miller (decisão unânime)
Ovince St. Preux venceu Cody Donovan (nocaute técnico)
James Vick venceu Ramsey Nijem (finalização)