Busca

Tag: Wanderlei Silva


16:00 · 22.06.2017 / atualizado às 16:02 · 22.06.2017 por
“Não tenho plano. Minha estratégia é simplesmente dar uma surra dele”, disse Wanderlei

O clima esquentou entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen em encarada dois dias antes do combate pelo Bellator 180. O brasileiro foi pra cima do americano após provocações em entrevista coletiva.
Na tradicional encarada, evento que faz parte da promoção de eventos de MMA, Sonnen tentou se posicionar mais longe do que os lutadores prévios tinham feito. Wanderlei não quis nem saber e foi para cima do americano, chegando a tocá-lo com a mão esquerda. Os dois tiveram de ser separados.

Antes da encarada, os dois lutadores foram perguntados sobre como manter o plano de luta em meio às emoções de lutar contra um rival. Tanto Sonnen quanto Wanderlei aproveitaram a oportunidade para alfinetar o adversário.

“Não tenho estratégia. É uma luta. As pessoas dizem que não são pessoal, mas é pessoal. Não consigo pensar em nada mais pessoal do que lutar com alguém. Geralmente, minha carreira não é sobre estratégia, é sobre lutar com alguém que tem o mesmo objetivo que eu”, afirmou o Sonnen.
“Se fossem as regras do baseball, Vanderlei já teria dois strikes. Não sabia direito para quem estava me preparando, até descer do táxi e ver uma careca. Pensei ‘será que é o Wanderlei?’ Realmente, não faz diferença para mim”, completou o americano, relembrando que os lutadores tiveram dois combates agendados pelo UFC que não foram realizados.

Wanderlei, por sua vez, foi mais direto em sua resposta. “Não tenho plano. Minha estratégia é simplesmente dar uma surra dele“, disparou.
Sonnen, que já foi flagrado em exame antidoping em sua carreira, mostrou seu lado falastrão ao abordar o tema na coletiva. Quando questionado se estava limpo, o americano respondeu de modo enigmático.
“Em um mundo de pecadores, existe alguém limpo?”, questionou.
“Só estou brincando. Fizemos todos os testes. Não suspeito do meu adversário e acredito que ele não suspeita de mim”, completou.
Wanderlei e Sonnen se enfrentam na luta principal do Bellator 180, que acontece neste sábado (24), no Madison Sqaure Garden, em Nova York.

15:43 · 02.03.2016 / atualizado às 15:43 · 02.03.2016 por
(Foto: Divulgação/Bellator)
(Foto: Divulgação/Bellator)

Lenda do MMA mundial, tendo lutado por várias organizações, como Pride e o UFC, o brasileiro e experiente lutador Wanderlei “Cachorro louco” Silva, que agora mudou de apelido para “The Axe Murderer“, assinou com o Bellator. O contrato, segundo a organização, garante um período de mais de um ano e algumas lutas. “Wandy”, ao que parece, aidna tem muita lenha para queimar.

O Bellator, no entanto, ainda não deu muitos detalhes sobre o contrato de Wanderlei.

Durante a carreira, Wanderlei enfrentou nomes renomados do mundo das lutas, tendo participado de lutas memoráveis contra quase todos deles. O brasileiro acumulou combates contra Quinton “Rampage” Jackson, Tito Ortiz, Mirko Cro Cop, Vitor Belfort, Dan Henderson, Kazushi Sakuraba, Chuck Liddell, e Michael Bisping, este último que venceu Anderson Silva por pontos, pelo evento principal do UFC Londres.

Wanderlei acumulou também várias premiações no mundo lutas, como prêmios de “Fight of the Year” (2003, 2004, 2007), “KO of the Year” (2008), e múltiplos “Fight of the Night”, um para cada uma de suas três últimas lutas, contra Brian Stann, Rich Franklin e Cung Le.

Silva acumulou 35 vitórias, 12 derrotas e 1 empate durante a carreira no MMA.

14:41 · 16.10.2015 / atualizado às 14:43 · 16.10.2015 por
O "Cachorro Louco"  é um dos grandes ídolos do MMA nacional e internacional (Foto: Getty Imagens)
O “Cachorro Louco” é um dos grandes ídolos do MMA nacional e internacional (Foto: Getty Imagens)

 

Os lutadores cearenses terão a oportunidade de trocar experiências com uma das maiores lendas do MMA nacional e internacional. O ex-lutador do UFC Wanderlei Silva ministra dois seminários sobre técnicas do Muay Thai e de outras modalidades de artes marciais.

A primeira palestra acontece hoje, a partir das 19h30, na academia Maju Making Champions, do lutador Marcos Júnior, ex-participante do TUF Brasil. O investimento para os participantes é de R$ 70, que deve ser pago na própria academia, que fica localizada na Rua 505, número 41, no bairro Conjunto Ceará, em Fortaleza.

Já segunda-feira (19), o “Cachorro Louco” viaja para o município de Limoeiro do Norte, onde irá ministrar um seminário no ginásio coberto José Nilson Osterno. O valor da participação é R$ 100.

O evento, que está programado para ter início às 19h, contará com aulas práticas, palestras e seção de fotos com o lutador. No fim, os participantes ainda receberão certificados pela participação.

Biografia

Wanderlei Silva marcou época no Pride, extinto evento de artes marciais mistas que era disputado no Japão e que durante muito tempo foi o maior torneio da modalidade. O Cachorro Louco permaneceu como campeão dos médios entre 2001 a 2007, tendo vencido também, em 2003, o Grand Prix (GP) da divisão.

Wand também lutou no UFC e venceu outros grandes nomes do esporte, como Keith Jardine, Michael Bisping, Cung Le e Brian Stann. O Ele também foi um dos técnicos da primeira edição do TUF Brasil e treinou o cearense Rony Jason, que se tornou um dos campeões.

Apesar das vitórias, Wanderlei não conseguiu repetir o que fez no extinto Pride e acabou anunciando a aposentadoria após ser flagrado em um exame antidoping. Seu carteu é de 35 vitórias, 12 derrotas e uma luta sem resultado (no contest). A última vez que Wand entrou oficialmente no octógono foi no dia 2 de março de 2013, com vitória sobre Brian Stann, por nocaute.

21:04 · 28.05.2014 / atualizado às 21:08 · 28.05.2014 por

JOGADA

Não está fácil para o UFC fazer a luta entre os treinadores da terceira edição do TUF Brasil. Depois de adiar a data do combate entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen, ocorreu mais uma reviravolta na tentativa de colocar os dois lutadores frente a frente dentro do octógono.

O brasileiro foi substituído pelo compatriota Vitor Belfort para encarar o estadunidense dia 5 de julho, no UFC 175, marcado para Las Vegas, Nevada, Estados Unidos.

A informação foi divulgada pelo site Combate.com e confirmada por demais veículos especializados do mundo inteiro com fontes extraoficiais.

WANDERLEISILVA

Sem licença
O motivo da substituição seria a ausência da licença de Wanderlei Silva para lutar em Las Vegas, que é concedida pela Comissão Atlética de Nevada (NSAC, sigla em inglês).

O órgão regulamentador de esportes de combate convocou os dois atletas para realizarem os exames no início desta semana. Chael Sonnen compareceu e realizou todas as baterias obrigatórias, mas Wanderlei não.

Sem os exames médicos e de antidoping, a Comissão Atlética não pode conceder a licença que permite a realização do combate entre os atletas.

Especula-se nos bastidores da maior organização de MMA do mundo que a direção do UFC vai punir o lutador brasileiro. A “pena” pode sair cara para o “Cachorro Louco”, no caso, até a demissão de Wanderlei Silva da organização por falta de profissionalismo está sendo analisada pelo Ultimate, conforme indicam alguns site especializados sobre a modalidade.

SONNEN

Sem TRT
Especulações à parte, será a primeira luta de Sonnen após o abandono do uso da Terapia de Reposição de Testosterona (TRT) da qual Belfort também era adepto. Coincidentemente, será o primeiro combate do “Fenômeno” após a proibição. O Ultimate ainda não  se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

No site oficial da organização, ainda constava a fotografia de Wanderlei Silva ao lado da de Chael Sonnen, como terceiro confronto mais importante da noite, precedendo as defesas de cinturões de Ronda Rousey (campeã dos galos – feminino) contra Alexis Davis; e do americano Chris Weidman (campeão dos médios) contra o brasileiro Lyoto Machida.

Histórico de mudanças
A própria luta principal do evento foi modificada. A princípio, Vitor Belfort iria enfrentar Chris Weidman na decisão do título da categoria. Porém, a proibição do uso do TRT definida pela NSAC, em fevereiro, forçou o brasileiro a desistir da luta, marcada, a priori, para 24 de maio.
Lyoto Machida foi escolhido para substituir Belfort. Contudo, uma lesão do americano adiou a decisão do título para 5 de julho.

Com a substituição de Wanderlei Silva, Vitor Belfort vai lutar no mesmo card no qual “em tese” estaria disputando o cinturão contra Chris Weidman.

22:46 · 07.04.2014 / atualizado às 22:46 · 07.04.2014 por
Combate entre treinadores do TUF Brasil 3 será substituído por Cigano x Miocic (Foto: Reprodução Sportv)
Combate entre treinadores do TUF Brasil 3 será substituído por Cigano x Miocic (Foto: Reprodução Sportv)

Uma decepção para os fãs brasileiros de MMA. Assim foi recebida a notícia do adiamento do confronto dos técnicos do reality show TUF Brasil 3, Wanderlei Silva e o estadunidense Chael Sonnen.  De acordo com o site Yahoo Sports, o combate foi adiado em acordo com os próprios lutadores.

A nova data da luta será dia 5 de julho, no UFC 175, em Las Vegas, EUA, como o coevento da disputa do cinturão dos médios entre  Chris Weidman e Lyoto Machida. Para São Paulo, foi confirmado confronto entre Júnior Cigano e Stipe Miocic , pelos pesados.

10:41 · 28.02.2014 / atualizado às 14:46 · 28.02.2014 por

Wanderlei Silva e Chael Sonnen começaram a brigar muito antes do octógono ser fechado. Os dois treinadores do TUF Brasil 3 chegaram às vias de fato ainda dentro do reality show e a primeira prévia da nova temporada divulgada pelo UFC mostra exatamente isso. O programa vai ao ar no dia 9 de março, na TV Verdes Mares/Globo.

Os dois lutadores são os técnicos do TUF Brasil 3 |Foto: Reprodução/Sportv

O vídeo de apenas trinta segundos mostra os dois lutadores discutindo na frente do octógono do programa. Silva tenta intimidar o norte-americano com dedo indicador apontado e repetindo “eu não gosto de você” em inglês.

O brasileiro chega a dizer: “você não vai esquecer o que eu vou fazer com você”. Chael pergunta “Quando?” e o Wanderlei rebate com um “agora”. Antes da ação, Sonnen ainda tenta conter os ânimos do inimigo: “por favor, pare”. A cena seguinte faz jus ao slogan do comercial – “uma temporada que é preciso ser vista para se acreditar”. Os dois começam a se empurrar e depois Wanderlei tenta dar um soco em Chael, que esquiva e parte para as pernas do oponente. Para saber o resto… só no próprio reality, em março.

Confira:

(mais…)

13:26 · 13.02.2014 / atualizado às 13:37 · 13.02.2014 por
A luta entre Silva e Sonnen será dia 31 de maio. Foto: Reprodução/Sportv
A luta entre Silva e Sonnen será dia 31 de maio. Foto: Reprodução/Sportv

O presidente do Ultimate Fighting Championship (UFC) , Dana White, anunciou nesta quinta-feira (13), em entrevista ao Globo Esporte que a luta entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen será realizada no Brasil, no dia 31 de maio. A cidade ainda não foi confirmada.

Técnicos do  TUF 3, reality show transmitido pela Rede Globo, os desafetos se enfrentarão uma semana depois da luta entre Vitor Belfort e Chris Weidman. Diferente do que o próprio Dana White havia anunciado anteriormente que casaria as lutas para o mesmo dia, em evento nos Estados Unidos. A luta entre Sonnen versus Wand estava programada para acontecer em Las Vegas, como luta co-principal do UFC 173.

O combate entre Silva e Sonnen deve ser a principal a luta do evento TUF Brasil 3 Finale. Na mesma noite ainda será realizada as finais do peso-pesado e o peso-médio. A previsão de estreia para a terceira temporada do TUF Brasil é para o dia 9 de março.

 

08:46 · 22.10.2013 / atualizado às 18:08 · 22.10.2013 por

Finalmente uma das lutas mais esperadas pelos fãs brasileiros de MMA vai acontecer. Wanderlei Silva entrará no octógono com Chael Sonnen. Antes disso, no entanto, os dois serão os técnicos do reality show TUF Brasil 3.  A notícia foi dada por Dana White no programa “Fox Sports Live” na frente de Sonnen, que é um dos apresentadores. “Isso é o que todos me pedem, Wanderlei e Sonnen no TUF”, disse White.

Os dois já discutiram durante um evento nos EUA |Foto: Reprodução

Os dois inclusive já têm experiência como técnicos do programa. Ao lado de Vitor Belfort, Wanderlei foi o técnico da primeira edição do TUF Brasil. Já Sonnen foi um dos treinadores da 17ª edição do TUF nos EUA, ao lado de Jon Jones. Coincidentemente, os dois perderam na luta após o reality – Wanderlei enfrentou Rich Franklin, já que o Vitor se machucou.

(mais…)

10:32 · 29.09.2013 / atualizado às 11:01 · 29.09.2013 por

Texto opinativo

Wanderlei Silva divulgou novo vídeo no qual volta a provocar o falastrão Chael Sonnen após ter encontrado e quase brigado com o americano em um evento na cidade de Las Vegas, nos Estados Unidos. A rivalidade entre o brasileiro e alguns lutadores como Quinton Jackson, Chuck Liddell e, mais recentemente, o outro americano Chael Sonnen é verdadeira. Mas é perceptível um certo exagero no afã de se “vender” o combate.

Fora de pretensões de disputar cinturão e cada vez mais perto da aposentadoria, Wand e Sonnen têm de buscar outras motivações para promover suas lutas. O americano aprendeu isso há alguns anos. E aprendeu bem. O Brasil é um de seus alvos preferidos no famoso “trash talking“, método no qual literalmente ‘fala lixo’ sobre o país e acaba, dessa forma, sendo até desrespeitoso e preconceituoso com os brasileiros.

Veja vídeo anterior que Wanderlei já havia postado sobre Chael Sonnen

Wanderlei está aproveitando esse mote para  servir de espécie de herói da nação e limpar a honra dos lutadores e da população brasileira. A promessa é de meter ‘a porrada’  no gringo que ainda fala mal do nosso País.

Forçando a barra

Pode até haver um certo teatro, ‘forçação’ de barra e até exagero por parte de Wanderlei e Chael Sonnen, mas está ficando divertido e o UFC terá muito o que utilizar para promover o encontro dos dois no octógono. Acho válido. É mais interessante para o business criar essa atmosfera do que por dois lutadores muito melhores do Sonnen e Wand, mas mudos e sem experiência em saber apimentar a luta.

Vamos aguardar quando será o próximo capítulo dessa novela ou melhor, a novidade que está por vir entre esse duelo prenunciado entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen.

No vídeo abaixo, feito anos atrás, quando Sonnen começou a ver os lutadores brasileiros como alvo, a realidade (ou melhor, a ausência de algo previamente ensaiado),  é em mais evidente do que nos vídeos mais recentes e a reação do americano ao ouvir de Wand a ameaça de ‘perder os dentes’ também.

17:55 · 23.08.2013 / atualizado às 18:25 · 23.08.2013 por

O “cachorro louco” Wanderlei Silva finalmente saiu do silêncio sobre a possível luta contra Chael Sonnen, e o curitibano fez isso em grande estilo.  Em um vídeo de cinco minutos, o lutador chama o americano para lutar e promete “quebrar”, ”bater” e “meter a porrada”.

“Quando o Wanderlei Silva entra, você sabe que vai ter ação. Eu vou dar na cara do Sonnen. Eu vou fazer ele engolir os seus dentes”, disse.

Silva pediu para enfrentar o desafeto na luta principal de um evento para ter “meia hora para bater na sua cara”. O curitibano também falou das derrotas de Sonnen para Jon Jones e Anderson Silva. “Não vou ali para me entregar, como você fez para o Jon Jones, no primeiro round. Que vergonha! Tomou uma joelhada no plexo contra o Anderson e ficou deitado que nem uma menina”, disse.

Começo

Chael Sonnen e Wanderlei Silva se estranham há anos, mas a rivalidade ganhou novo ar quando o norte-americano desafiou o brasileiro após sua último vitória, contra Maurício “Shogun”, amigo pessoal de Silva.

O presidente do UFC, Dana White, na noite de quinta-feira, havia quase que descartado a luta, dizendo que o brasileiro queria parte do PPV para aceitar o combate. “Acho que ele vai se aposentar”, ironizou o presidente do UFC. No entanto, com a aceitação da luta em público com o vídeo, Wanderlei muda o panorama.

Veja o vídeo: