Diário Vale do Jaguaribe

Categoria: Cultura


12:27 · 20.05.2012 / atualizado às 08:39 · 27.05.2012 por

A partir de hoje o Diário Vale do Jaguaribe vai estimular os debates nos diversos municípios jaguaribanos. As discussões políticas já tiveram início na Internet, com nomes de pré-candidatos, trocas de acusações etc. Em um número menor, tem-se falado sobre propostas de políticas públicas com base nas realidades locais. Pensando nisso, o Blog está no Facebook entrando nos mesmos espaços onde ocorrem as discussões políticas para fazer a pergunta:

Saúde, educação, trânsito, meio ambiente, infraestrutura, acessibilidade, contas públicas – como está a situação do seu município nesses setores? E o que fazer para melhorar?

Os primeiros municípios participantes são Russas, Iracema, Morada NovaJaguaretama, Limoeiro do Norte, Aracati, Quixeré e Tabuleiro do Norte .

OS COMENTÁRIOS ocorrerão nos posts do Blog e na página no Facebook. Cada município terá um post diferente para a mesma pergunta.

O espaço tem a intenção de contribuir para o debate público, levantamento de IDEIAS e uma amostra de como o município é visto por seus cidadãos. Se algum setor está bom ou ruim, diga porquê. Respeite a opinião do próximo e o direito de CIDADANIA de todos.

Bem-vindos!

Confira outras notícias do Blog Diário Vale do Jaguaribe, siga-me no twitter (@melquiadesjr) e curta a nossaFanPage no Facebook

 

 

13:07 · 19.05.2012 / atualizado às 13:36 · 19.05.2012 por
Crônica escrita originalmente em agosto de 2006, em um antigo blog deste editor. Será que mudou muita coisa?

A PRAÇA não é a mesma, tampouco os bancos e flores, até porque não tem jardim, mas quem quer saber um punhado da história de Limoeiro do Norte basta dar uma volta por algumas de suas principais ruas, ou a avenida Dom Aureliano e suas secundárias. É o CORAÇÃO do comércio citadino, interiorano, popular. Novo e antigo convivem, se não tão amigáveis, pelo menos resistindo um ao outro. De modernas lojas a camelôs, ao lado de bares e mercearias que ultrapassam o meio século, menos para lucrar e mais para manter a tradição familiar.

Vitaminado com cachaça, o sanfoneiro Cristalino Brandão faz a trilha sonora das manhãs de sábado em Limoeiro: Foto: MELQUÍADES JÚNIOR/agosto de 2006

“VAI AÍ, freguês, uma camisa aí. Tá bem baratinho, de promoção. De R$ 8,90!”, diz um vendedor ambulante na praça da Coluna da Hora. Lá tem de tudo: roupa, calçados, brinquedos, bebidas, imagens de santo, fotos de artista de novela, CD e DVD (geralmente piratas); até linha de pesca, querosene e couro fresquinho de boi. É Limoeiro nas manhãs de sábado. Enquanto o sol vai nascendo, vem pau-de-arara de tudo que é canto: o povo da zona rural para fazer a feira. E gente vai, gente vem, o povo cansa; compra um suco de maracujá (“bom para quem tem pressão alta”, disseram-me) e uma coxinha recheada de carne moída, “que o almoço hoje é tarde”. As lojas grandes alugam carros de som, estrondando as “promoções da semana”; as médias e clubes de festa “alugam” Zé de Nega, o maior publicitário popular, com seu carrinho de som (picossom) falando ao microfone; os comerciantes pequenos, mas pequenos mesmo, feito camelôs, vão no gogó com o discurso de tão repetido que parece gravação: “Vai aí, freguês, uma camisa aí. Tá bem baratinho…”. E por aí vai. A sedutora palavra-chave é “PROMOÇÃO”.

“MUITOS CAMELÔS surgiram quando reformaram o Mercado Central, não tinham para onde ficar e se instalaram por lá”, explica Washington de Lima, filho de seu Jeová de Lima, falecido dono da não menos “Casa Lima”, uma antiga mercearia que existe em frente à COLUNA DA HORA. Lá se vende de quase tudo um pouco, de pirulito a panela de alumínio, passando por cadeado e linha de pesca. Não tem fachada ou marquise denunciando a existência daquele comércio – não precisa. Aliás, os comércios mais antigos de Limoeiro não têm nome e, ainda assim, são os mais conhecidos. Quem não conhece Chavier sapateiro, do “bequinho estreito” ? Todos os dias e há mais de 35 anos fazendo e consertando sapato, sandalha, chinelo, fazendo os pés do limoeirense e com a vantagem de ter poucos como ele no ramo. Nem precisa de pintura na entrada para avisar que ‘Biel’ está lá.

NESSE TEMPO todo, tem gente que lucrou e cresceu, gente que ficou estagnada. Tem seu Zé Dino, exemplo de empreendedor de sucesso. Vendia em sua bicicleta, hoje vende de bicicleta a TV LCD. Tem também o já ‘mercantil’ de Raimundo Aleijado, mas que de tão antigo ainda tem cheiro de bodega.

E QUEM não já ouviu os batuques no BAR de Guilherme Vieira? Existe há 40 anos e já teve dezenas de donos, mas não tem errada: Em todo sábado, desses anos todos, lá está Cristalino Brandão, 74 e, diz ele, pelo menos 54 anos de sanfona. Dizem que é o sanfoneiro mais antigo de Limoeiro. O forró-pé-de-serra só não dura mais que a bebida no copo, constantemente renovada. No bar tem desde o rapaz carregador de carvão, que acabou de despachar o serviço, a empresário, como seu Galdêncio Roque, que até dá uma palhinha de sanfona na sua bandinha de estranho nome “Toxinordestino”.

E nesse vai e vem de uma manhã de SÁBADO, sol quente na cabeça, é só chamar o carrinho de picolé da Jaguari Kibom. O calor é tão grande que é o jeito vendedor virar freguês, chupando do próprio picolé para esfriar até a alma.

PASSANDO pela Coluna da Hora, dá até vontade de se deitar numa daquelas redes penduradas na Casa Holanda. Este um dos comércios mais antigos mesmo: 75 anos sempre vendendo tecidos.

Acho que o comércio antigo tem que se atualizar um pouco, se não vai ser engolido pelo ‘comércio moderno’”, afirma seu Antônio Zeudo, proprietário, que reclama indignado do empréstimo consignado, aquele em que os bancos fazem a farra com os aposentados. Desse jeito, freguês antigo nem aparece para comprar, de tanto empréstimo que tem para pagar. Hoje, a Casa Holanda vende até imagem de santo. Pelo milagre da venda! Mas seu Antônio sentencia: “a gente não tem isso como fonte de renda, mas para continuar a atividade, manter a tradição”.

Acostumados ao suor na testa, moedas no bolso e sorriso banguela, os limoeirenses passantes nas feiras do sábado nem percebem, mas estão a costumados a manter vivo o “Limoeiro antigo”. E a fazer história.

De bolso em bolso o dinheiro enche de fruta a geladeira e de legumes a despensa. E de dentes a boca de quem trabalha. Foto: MELQUÍADES JÚNIOR

Confira outras notícias do Blog Diário Vale do Jaguaribe, siga-me no twitter (@melquiadesjr) e curta a nossaFanPage no Facebook

06:00 · 17.05.2012 / atualizado às 12:09 · 17.05.2012 por

Quem quer conhecer melhor a história de formação do Ceará ou da própria cidade tem que fazer uma visita ao museu. Esses estabelecimentos culturais são raríssimos em nosso Ceará, mas onde existe vale a pena a visita, especialmente agora em que estamos na Semana Nacional dos Museus. Na região jaguaribana as maiores programações estão em Aracati e Russas. Em todo o país a temática é “Museus em um mundo em transformação: novos desafios, novas inspirações”.

O Museu Jaguaribano, em Aracati, possui quatro pavimentos com mais de 400 peças. Foto: MELQUÍADES JÚNIOR

SITUADO na histórica rua Coronel Alexanzito, ou Rua Grande, o Museu Jaguaribano por si só já é um objeto histórico em Aracati. A casa tem mais de 200 anos, foi residência, colégio, clube e hotel até ser museu, em 15 de novembro de 1968, há 41 anos. Lá morou José Pereira da Graça, o Barão de Aracati (1812-1889), um aristocrata que foi juiz desembargador, deputado três vezes pela província do Ceará, ministro do Supremo Tribunal de Justiça e vice-governador da província do Maranhão.

Nesta quinta-feira a história de Aracati também será debatida em mesa redonda com historiadores e memorialistas. Fazendo parte do ciclo de palestras, serão discutidas as narrativas das festas profanas e religiosas em Aracati e sobre a vida e obra do Mosenhor Bruno. No sábado, acontece oficina de fabricação de sabonetes. NO fim de tarde haverá apresentação do Teatro de Bonecos Francisca Clotilde. às 19h haverá o “momento marial”, com procissão de coroação de Nossa Senhora, seguida de exibição de filme.

EM RUSSAS, o destaque é para o centenário de Luiz Gonzaga. Durante o período de 14 a 18 o museu promoverá visitas guiadas, palestras, documentários e apresentações artísticas e culturais, entre outras atividades voltadas para o público russano. Durante as manhãs acontece a visita guiada com estudantes das escolas públicas municipais. Na noite deste quinta haverá a palestra “Memória e Aprendizagem”, com os professores Carlos Rochester e Ana Cláudia Aníbal.

Leia também: Aracati Comemora Semana dos Museus (Caderno Regional)

Confira outras notícias do Blog Diário Vale do Jaguaribe, siga-me no twitter (@melquiadesjr) e curta a nossaFanPage no Facebook

06:06 · 16.05.2012 / atualizado às 22:16 · 15.05.2012 por

A feira tem início às 16h na praça da igreja matriz

Tem inicio hoje em Limoeiro do Norte a primeira edição do Ceará Faz Ciência. A cidade jaguaribana é a primeira a receber o projeto que pretende popularizar a ciência e a tecnologia no Interior. Limoeiro já tem experiência com feiras de ciências e a região teve o maior número de projetos inscritos. Serão expostos 25 trabalhos pré-selecionados.

ALÉM DAS EXPOSIÇÕES de trabalhos, atividades paralelas pretendem despertar a curiosidade sobre ciência. Haverá apresentações do programa Ciência Itinerante, composta por monitores nas áreas de física, química, biologia e tecnologia da informação.

AS UNIVERSIDADES estaduais também estarão presentes no evento, com a exposição do “Concreto Translúcido”, criado pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e uma mostra do Geopark Araripe, da Universidade Regional do Cariri (Urca).

O INSTITUTO Centec, através do Centro de Formação de Instrutores (CFI), levará exposição e monólogo sobre Marie Curie, cientista que foi Prêmio Nobel em Química em 1911.

EM CADA UMA das quatro regiões foram selecionados 25 trabalhos científicos – de estudantes do ensino fundamental, ensino médio e técnico, de escolas públicas e privadas, a serem expostos para divulgar os de maior destaque no Estado do Ceará. Dos 300 trabalhos inscritos, 106 foram do Litoral Leste, 74 da Região Norte, 66 do Cariri e 53 da região dos Inhamuns.

SERÃO PREMIADOS trabalhos com 1°, 2° e 3° lugares do Ensino Médio, Ensino Fundamental I e Ensino Fundamental II. Dentre os prêmios estão tablets, MP4 e jogos educativos. Os alunos pertencentes a equipe vencedora na categoria Ensino Médio e Fundamental II irão receber bolsa de Iniciação Científica Júnior do CNPq durante um ano.

Os professores vencedores em cada uma das três categorias ganharão netbooks. Os projetos vencedores serão expostos durante a Exposição Ceará Faz Ciência, a ser realizada em outubro, em Fortaleza, por ocasião da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

O Ceará Faz Ciência é uma realização do Governo do Estado, através da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), e CNPq/MCTI, com patrocínio da Assembleia Legislativa, Prefeituras de Limoeiro do Norte, Sobral, Tauá e Crato, apoio da Ibyte, e apoio institucional do Geopark Araripe/Urca e Seduc.

Confira outras notícias do Blog Diário Vale do Jaguaribe, siga-me no twitter (@melquiadesjr) e curta a nossaFanPage no Facebook

14:07 · 15.05.2012 / atualizado às 14:07 · 15.05.2012 por
Por do Sol em Quixeré. Município está em festa hoje. Foto: Melquíades Júnior

Parabéns, Quixeré! O município está comemorando 55 anos de emancipação política. A cidade jaguaribana é banhada pelo rio Jaguaribe e por um sol que à tardinha deixa tudo mais belo quando quer se esconder entre as milhares de carnaúbas na zona rural. Quixeré é lembrada por seu carnaval animado, belezas naturais e o espetáculo da Paixão de Cristo.

O municipio tem 19,3 mil habitantes, divididos entre a região central e as comunidades de Água Fria, Lagoinha, Tomé, Boqueirão, Poço da Onça, Vertentes, Cercado do Meio e Lagoa da Casta. Nesta última comunidade estão as famosas dramistas, senhoras que, em cânticos, contam a história da cultura nas comunidades.

O Blog Diário Vale do Jaguaribe e o Jornal Diário do Nordeste parabenizam o povo de Quixeré!

Confira outras notícias do Blog Diário Vale do Jaguaribe, siga-me no twitter (@melquiadesjr) e curta a nossaFanPage no Facebook

09:10 · 09.05.2012 / atualizado às 09:25 · 09.05.2012 por

Os primeiros a mandarem e-mail para este blogueiro ganham ingressos

É hoje o aguardado desafio internacional de MMA em Limoeiro do Norte: o brasileiro José Maria “No Chance” contra Jerry Tolentino, do Peru. Ainda tem a disputa valendo título no peso pesado: Junior Desequilibrado X Diego Besouro. Essas e outras quatro lutas vão trazer a emoção ao octógono já montado no ginásio coberto de Limoeiro do Norte, hoje, a partir das 20h.

O LIMOFIGHT 9 já está virando tradição, acompanhando a febre que tem se tornado essa modalidade esportiva, um dia com o título de luta livre. O brasileiro José Maria “No Chance” não perde uma luta desde 2008 (tem 26 vitórias e só 2 derrotas). É campeão do Centurion MMA e do Octagon MMA, ambos em Santa Catarina. É também o campeão do Beija-Flor Fight Combat, evento realizado na quadra da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis, do Rio de Janeiro. O peruano Tolentino é campeão do Inca FC e bicampeão peruano de boxe. Ambos são do peso mosca.

O limoeirense Júnior Desequilibrado defende hoje o cinturão do Limofight contra Diego Besouro, professor de capoeira que está iniciando no MMA mas quer demonstrar toda a força da capoeira no MMA. Só não pode deixar o Júnior imobilizar as pernas, né?

As quatro primeiras pessoas que mandarem e-mail com nome completo e RG para melquiades02@hotmail.com ganham ingresso para assistir às lutas.

Confira outras notícias do Blog Diário Vale do Jaguaribe, siga-me no twitter (@melquiadesjr) e curta a nossaFanPage no Facebook

07:00 · 08.05.2012 / atualizado às 01:38 · 08.05.2012 por

Parabéns, Palhano! O município jaguaribano comemora hoje 54 anos de emancipação política. Há uma semana a cidade já acompanha programação cultural e esportiva. O município é “novo” mas foi lá que surgiu um dos primeiros povoados do Ceará colonial. Era a sesmaria da ‘Cruz do Palhano’, depois subordidada ao município de Russas até conquistar deste a independência em 1959.

Palhano comemora durante todo o dia de hoje o aniversário de emancipação políticaNo início da manhã desta terça-feira houve o hasteamento dos pavilhões. Ás oito horas foi inaugurado o Posto de Saúde da Família Edison Vieira Lima, no centro da cidade. Autoridades do executivo, do legislativo participam de um café da manhã. Na Cãmara Municipal haverá entrega de honrarias com título de cidadania palhanense a Walney de Alencar Castro, Maria de Fátima Valentim dos Santos, Bárbara Lace de Sousa, Francisco Aquino Nascimento, Hiroshi Shimokawa, Djacira Silvério Gondim, Maria de Lourdes Santiago Costa e Denis Gledson Rios.

DE ACORDO com o prefeito Nilson Freitas, as comemorações atendem ao valor que a cidade representa aos seus munícipes, seja pela festividade cultural, social ou religiosa, respeitando as diferenças.

Ainda hoje acontece o jogo final da 27ª copa Cidade de Palhano, corrida de jegue e, à noite, show musical com Toca do Vale.

Confira outras notícias do Blog Diário Vale do Jaguaribe, siga-me no twitter (@melquiadesjr) e curta a nossaFanPage no Facebook

13:45 · 06.05.2012 / atualizado às 16:05 · 06.05.2012 por

Umas lindezas as luminárias com canos de PVC pra lá de customizados. E o couro do peixe preferido na mesa do jaguaribano materializa-se em bolsas, sandálias, cintos, porta-retratos e o que mais a criatividade ousar com o couro da tilápia. Os trabalhos são o tema de minha reportagem no Caderno Regional do Diário do Nordeste de hoje. Confira:

Nem só de água e esgoto vivem os canos PVC. A criatividade artesã tem criado luminárias decoradas e gerado renda em Russas, no Vale do Jaguaribe. O desenhista e artesão, Adauto Neto, decidiu viver do negócio, vendendo as peças até para Fortaleza.

As luminárias têm o selo da Associação Carnaubeira, responsável pela difusão de artistas cearenses e suas produções. Em Jaguaribara, as mulheres de pescadores estão aumentando a produção de utensílios com couro de peixe. Favorita na mesma jaguaribana, a tilápia também é matéria-prima de bolsas, cintos e outros utensílios com couro. (leia aqui a matéria completa)

 

Mais informações e pedidos de encomendas das luminárias:

www.carnaubeira.com
(85)9713-3918
(88)9642-6503

Confira outras notícias do Blog Diário Vale do Jaguaribe, siga-me no twitter (@melquiadesjr) e curta a nossaFanPage no Facebook

13:00 · 04.05.2012 / atualizado às 13:04 · 04.05.2012 por

O Lorax, Xingu e Fúria de Titãs 2 estão em cartaz no Cine Francisco Lucena, em Limoeiro do Norte. Confira:

O Lorax

A história de um garoto de 12 anos que busca a garota dos seus sonhos. No meio desta jornada, ele conhece Lorax, uma criatura mal humorada que luta para proteger seu mundo. Ver trailer

Gênero: Aventura

Censura Livre.
Horário: 15h
Duração: 127 minutos

Xingu 

Três irmãos decidem viver uma grande aventura. Orlando, Cláudio, e Leonardo Villas-Bôas alistam-se na expedição Roncador-Xingu e partem numa missão desbravadora pelo Brasil Central. A saga começa com a travessia do Rio das Mortes e logo os irmãos se tornam chefes da expedição e se envolvem na defesa dos índios e de sua cultura, registrando tudo num diário batizado de Marcha para o Oeste. Ver trailer

Censura: 12 anos
Horário: 18h e 21h
Duração: 1 hora e 42 minutos
Gênero: drama

Fúria de Titãs 2

Uma década depois de heroicamente derrotar o monstruoso Kraken, Perseu – o semideus filho de Zeus – está tentando viver uma vida tranquila como pescador em uma aldeia e como pai solteiro de seu filho de 10 anos, Helius. Enquanto isso, uma batalha entre deuses e Titãs pela supremacia tem início. Perigosamente enfraquecidos pela falta de devoção da humanidade, os deuses estão perdendo o controle dos Titãs encarcerados e de seu feroz líder, Kronos, pai dos irmãos Zeus, Hades e Poseidon. Ver trailer

Censura: 12 ANOS
Horário: 15h, 18h e 21h
Duração: 1h40
Gênero: Aventura

Confira outras notícias do Blog Diário Vale do Jaguaribe, siga-me no twitter (@melquiadesjr) e curta a nossaFanPage no Facebook

14:29 · 30.04.2012 / atualizado às 15:19 · 30.04.2012 por

Tem menos de seis meses para as próximas eleições municipais. OFICIALMENTE, nenhuma campanha política começou. Na PRÁTICA, todas já começaram faz é tempo. E como não seria diferente, as esquinas estão politizadas. E o cidadão, mais engajado na POLÍTICA. O debate já começou. O bate-boca e as brigas também. No Interior do Estado prolifera um palavreado jocoso e mais partidário que os partidos políticos. Caborés, corujas, corrupiões, coronéis. Em ano de eleição, político é o principal personagem do anedotário popular no Interior. Quem quer se reeleger, tenta provar o quanto a cidade melhorou. Quem quer assumir o lugar, mostra toda sorte de problema (e um pouco mais) porque passa o “povão”.

COMO SE POLÍTICA e futebol não fossem tão diferentes, vale até falar da mãe do candidato, que geralmente não tem nada a ver com a história. A zoada já começou estridente nas emissoras de rádio, de longe o principal (com raras exceções) pulverizador de notícias e boatos sobre os bastidores da política (mesmo sem esquecer a Internet). E cada candidato que se preze tem que ter ao menos uma emissora de rádio “amiga”. E quem pensou que já ouviu o bastante “delícia, delícia, assim você me mata”, espera para ver as paródias. “Fulano/ Prefeito  /Trabalho e confiança/ É nºXXX que eu voto/ É XXX o meu voto“. Juventude, Confiança, Compromisso, Esperança, Trabalho, Seriedade, Experiência e Amor serão palavras de qualquer slogan que se preze. “Honestidade”, nem tanto, que pode parecer exagero.

Edição sobre foto de Melquíades Júnior

QUEM QUER ganhar de presente a vitória em outubro, tem que marcar presença nas redes sociais. Um perfil oficial no Facebook com a cara de feliz e mensagens de preocupado com a situação do município (quem é da oposição). Quando o político da situação não tem perfil no Facebook, encontra uma ruma de batedores – pessoas que, espontaneamente ou não (principalmente), defendem das calúnias, das difamações e de outros ões da oposição – século 21 é tão moderno que tem trincheira virtual.

FAZER COMUNICAÇÃO no Interior é mais difícil que na Capital porque ano eleitoral é de provação na credibilidade. Se divulgar uma notícia positiva sobre ações da administração pública, é porque está sendo pago para calar o senso crítico e só falar bem; se falar ‘mal’ e apontar os problemas, é porque não está sendo pago, ou, melhor ainda, está sendo bem servido pelo candidato de oposição. Fazer comunicação com credibilidade no Interior se torna mais difícil ainda porque é exatamente isso mesmo o que ocorre em muitos meios de comunicação!

AS CÂMARAS MUNICIPAIS perderam a monotonia. Cada fala de um VEREADOR em plenário, antes sonolenta, empolga quase tanto quanto uma luta de MMA, UFC, essas coisas. Quanto maior a plateia, maior a performance. Bom, claro, para quem faz OPOSIÇÃO. Falar do que não presta sempre dá mais ibope do que o que presta. Mas ninguém pergunta porque o vereador está denuciando só agora um problema que ele mesmo diz ser antigo. Nem porque ele, sendo vereador, não tomou providências junto aos órgãos competentes sobre aqueles gastos que julgou “exorbitantes”. Gasto público no mandato dos outros é refresco de campanha.

A PROPAGANDA eleitoral não teve início, oficialmente. Só não oficialmente. Calendários, panfletos, outdoors, cartinhas e banners. Sabe aquela frase em adesivos de carros? Pois guarde-a na memória que o candidato vai aproveitar. Tudo dentro da legalidade.

NAS ESQUINAS, o povo já começou a debater, discutir, brigar. Servidor público, quando falar de política tem que ser para elogiar quem o empregou. Não há ‘cabismo eleitoral’ mais eficiente que emprego. Mas há outro tipo de emprego para cabo eleitoral: agilizar aposentadorias dos idosos e levar doentes todos os dias para Fortaleza. Ninguém se pergunta porque no ano seguinte isso não vai acontecer. Os partidos políticos, parecendo peças de lego jogadas no chão, reconstroem-se monumentais em ano eleitoral. Sob a alegativa de que ‘o sonho não acabou’, convocam a juventude. Qualquer aproveitamento verbal da esperança de “O Grande Ditador”, de Charlie Chaplin, não é mera coincidência: ” Soldados, em nome da democracia, unamo-nos” (Assista aqui ao emocionante discurso)

Mas calma: nada disso é porque é um ano eleitoral. Que coincidência!

Águas passadas. Campanha de combate à corrupção eleitoral em Limoeiro do Norte (CE) foi elogiada até pelo TSE, mas a maioria dos eleitores preferiu defender candidatos a defender eleição limpa. Foto: MELQUÍADES JÚNIOR (maio de 2008)

 

Confira outras notícias do Blog Diário Vale do Jaguaribe, siga-me no twitter (@melquiadesjr) e curta a nossaFanPage no Facebook

Pesquisar
Posts Recentes

07h12mQuadrilha explode banco e rouba cofre em Jaguaribara

10h12mCena’s realiza III Amostra de Teatro em Limoeiro do Norte

09h12mJaguaribe realiza Natal de Amor e Luz

11h12mAluno de Limoeiro conquista nova credencial para feira científica internacional

11h12mSTDS forma jovens em Fortim, Aracati e mais três cidades

Ver mais

Tags

Categorias
Blogs