Busca

Categoria: Economia


09:54 · 04.12.2014 / atualizado às 09:54 · 04.12.2014 por
A unidade atende também os municípios de Palhano e Jaguaruna. (Foto: Ellen Freitas)
A unidade atenderá também os municípios de Palhano e Jaguaruna. (Foto: Ellen Freitas)

A superintendência do Banco do Nordeste (BNB) inaugurou, na manhã de ontem, uma nova agência neste município. O equipamento foi comemorado pelos empresários locais, em particular pelo setor lojista, devido a uma parceria da instituição com a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL), que desburocratiza o acesso ao crédito. Com esta unidade, sobe de 29 para 47 o número de agências no Estado, desde o início do processo de expansão que iniciou em 2012.

De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Russas (CDL), Francisco Martins Dantas, há dois anos a categoria se reunia com a superintendência do Banco buscando viabilizar a implantação de uma agência no município. Ele conta que os empresários locais tinham que se deslocar para Limoeiro do Norte ou Aracati, em busca de abrir contas ou obter financiamentos. Com a implantação da agência na cidade, ele acredita que os produtos e serviços ficaram mais acessíveis aos comerciantes, o que deve dar um impulso aos negócios locais. “Momentaneamente, há apenas a dificuldade de transferir os empresários da cidade que possuem contas nessas agências para o município, mas já conversamos com a gerência e eles garantiram que haverá possibilidade de transferência para agência local daqueles que desejarem, seguindo orientações”, ressaltou.

O gerente da unidade, Ilgo Alam Castro, destacou o setor de comércio promissor, principalmente com a atuação dos microempreendedores individuais. “Devido à nossa parceria com a FCDL disponibilizaremos pacotes específicos para esse setor, com juros mais baixos e desburocratização do acesso ao crédito. A agência também atuará de forma itinerante nas cidades de Palhano e Jaguaruana”, acrescentou.

Para o superintendente, João Robério, o projeto de expansão foi uma das estratégias do banco para atuar junto a municípios e regiões em potencial desenvolvimento. “Nossa meta é que possamos ter uma agência em cada município com mais de 50 mil habitantes e assim impulsionar o desenvolvimento da economia local”, ressaltou. Para 2015 ele adianta que serão traçadas novas metas de expansão e que este ano será finalizado com o número de 47 unidades só no Ceará.

O evento reuniu empresários e autoridades. O prefeito, Weber Araújo, acredita que o momento é de fortalecimento do crescimento da economia da cidade, com a injeção de recursos na indústria agricultura e comércio.

09:37 · 19.08.2014 / atualizado às 09:37 · 19.08.2014 por

A Prefeitura de Jaguaruana realiza, em parceria com o Senac, a 1ª Feira do Empreendedor nesta quinta-feira (21), a partir das 19h, na praça da prefeitura. O evento tem como objetivo gerar oportunidades de negócio e estimular o surgimento, ampliação e diversificação de empreendimentos sustentáveis, além de difundir o empreendedorismo como um estilo de vida.

Além dos expositores e demonstradores, a 1ª Feira do Empreendedor de Jaguaruana terá stands de produtos dos alunos dos cursos de Empreendedorismo do Senac, serviços de auxiliar de recursos humanos, promotor de vendas e recepcionista na área de saúde.

De acordo com a professora do segmento de Gestão e Negocio do Senac em Jaguaruana Wênia Keila, o evento é uma vitrine de todo o potencial do município. “A feira servirá como motivação para que os alunos sigam empreendendo e para que os visitantes percebam a renda gerada pelos trabalhos apresentados”, afirma.

08:35 · 21.05.2014 / atualizado às 08:35 · 21.05.2014 por
O evento reuniu 120 participantes das regiões do Baixo Jaguaribe e Litoral Leste, que são atendidas por duas Regionais do Sebrae. Foto: Divulgação.
O evento reuniu 120 participantes das regiões do Baixo Jaguaribe e Litoral Leste, que são atendidas por duas Regionais do Sebrae. Foto: Divulgação.

Limoeiro do Norte. O encontro realizado na manhã de ontem, no auditório do IFCE, neste município, reuniu representantes e micro e pequenos empresários do Baixo Jaguaribe e Litoral Leste. O Fomenta, realizado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Ceará (Sebrae), tem o objetivo de levar informação para esses dois públicos, afim de orientá-los na participação destas empresas nas compras públicas feitas pelas gestões dos municípios.

O evento reuniu 120 participantes das regiões do Baixo Jaguaribe e Litoral Leste, que são atendidas por duas Regionais do Sebrae. Este é o primeiro Fomenta do ano no Estado, que é realizado todos os anos em várias regiões. O próximo encontro acontecerá próximo dia 22, em Juazeiro do Norte e contemplará a região do Cariri e Centro Sul.

A dinâmica do encontro procura disseminar boas práticas dos municípios que aplicam a Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas (MPE) e orientar os empresários de como eles podem participar dos processos licitatórios.

Como exemplo, são destinado exclusivamente à participação de MPE nas contratações de até R$ 80 mil, afim de promover o desenvolvimento econômico e social das MPEs. Portanto, a Lei exige a participação das micro e pequenas empresas no fornecimento de produtos e serviços para os municípios e o não cumprimento desta poderá gerar multa, dentre outras punições para os gestores.

Segundo a coordenadora de Assistência Técnica aos Municípios do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Ana Maria Carneiro, o tribunal além de orientar o cumprimento da Lei Complementar, realiza um trabalho de fiscalização. “A contratação da micro e pequena empresa é uma obrigação, ela exige que as administrações municipais privilegiem as micro e pequenas empresas. A grande maioria dos municípios já estão cumprindo a Lei e o não cumprimento dela gera as punições, que pode ir de multa, suspensão e até ato de improbidade administrativa, dependendo do caso”, ressalta.

10:51 · 27.12.2013 / atualizado às 10:51 · 27.12.2013 por

castanhao_piscicultNova Jaguaribara. Os efeitos da estiagem causaram impactos negativos na piscicultura do Estado, com a diminuição de 16,6% da produção este ano em comparação ao ano passado. As informações foram coletadas pela Secretaria de Pesca e Aquicultura de Nova Jaguaribara junto ao Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs). Por outro lado, o maior produtor de tilápia do Ceará, o Açude Castanhão, fechou o ano com aumento de 25% na sua produção apenas no segundo semestre, em comparação com o primeiro deste ano.

A produção de que se mantinha no primeiro semestre de 2013 em 1,2 milhões de quilos de pescado chegou a 1,5 milhões de quilos, um salto surpreendente de produção. A produção anual deverá fechar em 18 mil toneladas, 20% a mais que no ano passado, onde a produção anual fechou em 15 mil toneladas.

A explicação, segundo a Secretária Executiva de Pesca e Aquicultura de jaguaribara, lívia Barreto, foi a “falência” de alguns açude para piscicultura, devido aos dois últimos anos de estiagem. Como exemplo ela citou o caso do açude Pereira Miranda, na cidade de Pentecoste, que era o terceiro maior produtor de tilápia do Ceará e teve sua produção paralisada por conta do baixo nível do reservatório.

Porém, a secretária alerta para esse processo de migração de muitos empresários para o Castanhão, que pode trazer prejuízos diante de um crescimento desordenado.

07:29 · 19.09.2013 / atualizado às 07:29 · 19.09.2013 por

academia_fisio Russas. Proprietários de academia têm investido na aquisição de novos equipamentos e na contratação de profissionais especializados para oferecerem melhor atendimento e acompanhamento ideal para alunos que frequentam academias neste município. A procura vem crescendo a todo momento, principalmente entre a população jovem.

Há apenas um ano e meio a Fisio Clínica São Bernardo tem se tornado referência como centro de atividades físicas. Em um espaço moderno os alunos podem encontrar atividades de musculação, aeróbica, dança, natação, hidroginástica, jump, dentre inúmeras atividades que contribuem para a saúde física.

Como afirmou o administrador da Fisio Clínica, João Pedro Maia, o espaço foi montado para oferecer em um único ambiente uma gama de serviços essenciais para quem procura qualidade de vida. “Nosso objetivo tem sido proporcionar o bem estar das pessoas, seja na academia os nos serviços fisioterapeuticos”, ressalta João Pedro

O espaço também oferece pilates e yoga, todos com profissionais especializados. A avaliação física e o acompanhamento nutricional são serviços essenciais para quem busca alimentação saudável e manter a forma física.

Cerca de 250 alunos estão matriculados somente na academia, além das aulas de dança e natação para crianças serem também bastante procurados, como afirmou João Pedro. O espaço é recente, mas passará por uma ampliação até o final deste ano visando atender toda a demanda de alunos, que lotam a academia principalmente no horário da noite. A sala de academia será duplicada e ganhará novos equipamentos.

A Fisio Clínica São Bernardo oferece pacotes com descontos especiais para empresas, familiares e individuais, caso o aluno tenha o interesse de se matricular em duas ou mais atividades.

Mais informações

 

Fisio Clínica São Bernardo

Travessa Vicente Veloso, 324, Centro

Vale do Jaguaribe

(88) 3411 0274 / 3404 3226

06:54 · 13.09.2013 / atualizado às 06:54 · 13.09.2013 por

IMG_8917 Nova Jaguaribara. É da tilápia que cerca de 800 famílias sobrevivem. Seja diretamente na piscicultura, como criadores, trabalhando diretamente, ou indiretamente, no beneficiamento do pescado.  Hoje, o Parque Aquícola do Castanhão representa quase 50% da produção de tilápia do Estado, onde os piscicultores ocupam apenas 40% de todo o potencial do parque.

Para os piscicultores, o momento é de crescimento nas vendas do peixe. O grande desafio para a categoria é a certificação do produto para que eles possam ser comercializados em redes de supermercados e restaurantes da capital. Um dos pioneiros da piscicultura em Jaguaribara, Emído Chaves Oliveira, conta que a burocracia dificulta a venda do peixe. “Hoje nós só não vendemos mais porque não temos o selo de inspeção estadual, que dá garantias para que o nosso produto seja comercializado livremente”, lamenta.

Ele conta que hoje, da forma como o peixe é comercializado, não se encontra dentro da legalidade. A tilápia é vendida principalmente para feiras livres e para atravessadores, que vêm até o Castanhão comprar o peixe para revenda até fora do Ceará. “Melhoraria muita coisa se pudéssemos vender nosso produto direto para redes de supermercados, mas é exigido a certificação do produto”, reclama.

Além da dificuldade na hora da venda, principalmente para outros Estados, há o preço da ração, que tem sido salgado ao bolso do piscicultor. “Recentemente, houve um aumento de 18% e isso, infelizmente, não reflete no preço final, porque, por conta da pesca clandestina, o preço fica muito baixo para o mercado”, ressalta Oliveira.

No Castanhão, atuam oito associações, duas cooperativas e 12 empresas. A Secretária de Pesca realiza um levantamento sobre a atividade pesqueira, para coibir junto aos órgãos federais e estaduais, a pesca ilegal, que tem sido um grande problema.

10:48 · 29.08.2013 / atualizado às 10:48 · 29.08.2013 por

IMG_8456Russas. Empresa de tecnologia investe em parcerias com bares e restaurantes, neste município, para oferecer aos clientes internet banda larga gratuita. O objetivo do novo serviço, segundo o proprietário da Sauto Tecnologia, Rosenildo Gonçalves, é conectar empresas e clientes, assim como também divulgar a marca, que é uma das referências do setor na região.

Algumas empresas já ofertam o serviço por conta própria, com um custo extra para disponibilizar aos clientes internet gratuita. Esse investimento ainda é pouco comum em cidades do Interior, mas os que adotaram o novo serviço estão conseguindo atrair novos clientes.

Visando aproximar o vínculo entre empresas e pessoas, a Sauto voltou a atenção para esse público em potencial. Atuando há três anos, a empresa trabalha com sistemas gerenciais, websites, lojas virtuais, sites institucionais, blogs, dentre uma grande variedade de serviços ligados à soluções em tecnologia para empresas em geral.

Porém, no ano passado, lançou o projeto do wi fi gratuito em alguns estabelecimentos. A ideia é disponibilizar gratuitamente internet de banda larga em bares, restaurante e em pontos estratégicos nas praças do Município de Russas.

Um dos locais é o quiosque do pequeno empresário Nilo de Lima, localizado na Praça Monsenhor João Luís, principal ponto de encontro da cidade.

Ele registra que, há um ano, formou a parceria com a empresa e já percebeu a diferença ao oferecer mais esse serviço.

“Os clientes acabam voltando, quando sabem que aqui tem internet gratuita e isso tem sido muito bom para o negócio”, comemora. Rosenildo explica que a empresa não tem o intuito de lucrar com a disponibilidade desse serviço, já que os parceiros não têm custos.

“Para nossa empresa, o mais importante é conectar cada vez mais pessoas e negócios. Atualmente, diversos pontos já estão em pleno funcionamento e, até o final deste semestre, outros pontos de acesso serão disponibilizados em outros locais da cidade.”, projeta o empresário.

A empresa é formada por sete jovens apaixonados por tecnologia, que desempenham as funções de administrador, analistas de sistema, criação/arte e programadores.

Segundo o web designer Abner Carvalho, que trabalha a mais de um ano na empresa, o mercado da tecnologia é o que mais cresce, diante da necessidade que as empresas têm de buscarem novos espaços.

“Hoje em dia há um grande ligação entre o mercado da internet e a divulgação em massa. Grandes empresas têm investido nisso e obtido retornos muito positivos”, afirma.

Além de atender às demandas do mercado local, a empresa também cria soluções para empresa na Capital cearense e outros estados.

Um dos principais serviços são os sites institucionais. Sobre o setor, Rosenildo afirma que a tecnologia da informação deve ser uma realidade ativa dentro de qualquer empresa, seja ela de pequeno, médio ou grande porte. “Estar conectado hoje, quer dizer estar vivo para o mercado. Um sistema gerencial ou um website, dá uma dimensão grandiosa a qualquer negócio”, ressalta.

Ele afirma ainda que o mercado de tecnologia se mostra aquecido, principalmente impulsionado pelas redes sociais (Facebook e Twitter), que contribuem para divulgação da empresas, atraindo novos clientes.

Mais informações

Sauto Tecnologia

R. Cel. Araújo Lima, 1186

Centro – Russas

Telefone: (85) 9688.7667

http://www.sauto.com.br

14:50 · 25.07.2013 / atualizado às 15:29 · 25.07.2013 por

 

IMG_5798

Limoeiro do Norte. Um dos mais conceituados médicos especialistas em ginecologia, obstetrícia e ultrassonografia da região Jaguaribana, doutor Reuber Vieira, reinaugurou neste mês suas novas instalações. Agora, os pacientes poderão contar com todo conforto e comodidade da Clínica São Judas Tadeu, que dispôs de serviços e exames especializados.

Para atender às necessidades de pacientes que buscam serviços especializados, as clínicas médicas têm cada vez mais investido em modernidade, tanto em seus espaços físicos mais amplos e confortáveis quanto em tecnologia para realização de exames. Os médicos especialistas apostam na experiência e credibilidade para tratar dos pacientes com serviços médicos de qualidade.

Há 30 anos realizando ultrassonografias neste município, dr. Reuber Vieira é um dos pioneiros na atividade. “Durante todos esses anos nós atendemos pacientes não só de Limoeiro do Norte, mas de toda a região. Nossa experiência é reconhecida por todos que utilizam nossos serviços”, afirma.

A Clínica São Judas Tadeu atua há dez anos com especialidades em ginecologia, obstetrícia e ultrassonografia. Neste mês de julho, a clínica reinaugurou seu novo espaço. “Nosso intuito foi dar o maior conforto possível aos nossos pacientes e ofertarmos um atendimento diferenciado”, ressalta Vieira.

Referência na região na área de ginecologia e obstetrícia, dr. Reuber possui especialidade em Ginecologia e Obstetrícia pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) e em Ultrassonografia pelo Colégio Brasileiro de Radiologia (CBR).

A clínica conta com exames de ultrassonografia geral e especializada, utilizando equipamento de ponta para exames 3D, 4D e doppler colorido. A agilidade na entrega dos exames também é outro diferencial. “Nossos pacientes recebem quase que imediatamente as ultrassonografias. Nossos equipamentos 

permitem termos essa rapidez na entrega com uma qualidade superior”, diz.

A clínica, recém-inaugurada, já visa expandir sua gama de serviços especializados. O intuito, segundo afirma o médico, é ser uma clínica de multiespecialidades e de referência na região. “Nosso objetivo maior é montarmos uma clínica com as principais especialidades médicas”.

 

Mais informações

Clínica São Judas Tadeu

NorteRua Sidulfo Chaves, 2008, Centro, Limoeiro do Norte 

(88) 3423-4495

(88) 9964-2855

09:20 · 18.07.2013 / atualizado às 09:35 · 18.07.2013 por

IMG_5569

Russas. Com a ausência de canais de televisão locais, as rádios são os principais meios de veiculação de propagandas do comércio local. A crescente demanda por essas mídias abre espaço para que pequenos estúdios dedicados a essa atividade se fixem no mercado. Atualmente duas unidades atendem á demanda e quatro profissionais do rádio se dedicam a atividade.

As vozes marcantes de locutores de rádio saem dos programas para ganhar a faixa comercial das programações. Eles dedicam parte do seu tempo na produção das propagandas, chamadas de “spots”. Diante do crescimento do comércio local e o aumento do número de lojas, houve a necessidade de aumentar a oferta do serviço.

“Antigamente as propagandas eram gravadas nos estúdios das rádios e os próprios locutores faziam os comerciais porque não tinha outro local para fazer. O mercado é crescente e novos radialistas estão se dedicando na produção de propagandas”, afirma Ivelto Silva, que há mais de 20 anos produz comercial para rádios.

Atualmente Ivelto contabiliza quatro radialistas locais que trabalham com “spots´. Quando saiu do rádio, há seis anos, ele montou um estúdio próprio, o IF Produções e hoje garante que o faturamento é melhor.

“Eu sempre fiz comerciais e sempre teve um retorno positivo. Aqui no estúdio faço gravações de, além dos comerciais, para mensagens e montagens de música”, ressalta. Sobre a satisfação dos clientes ele conta que o investimento em publicidade de rádio é garantido para os lojistas e empresários da cidade. “Conversando com uma cliente outro dia, ela disse que sentiu a diferença da época em que ela não anuncia para quando coloca as propagandas. Ela disse que via a loja cheia durante o período em que coloca publicidade no rádio”, conta Ivelto.

Além do rádio, os anúncios são veiculados em carros de som e rádio a cabo, com várias caixas de som espalhadas pelo centro comercial da cidade. No momento em que as pessoas estão realizando algumas atividades, ouvem ao mesmo tempo a faixa de anuncio. Segundo o gerente comercial de da Rádio Progresso, Rodrigo Torres, o rádio atinge uma quantidade maior de pessoas diferente de outros meios de publicidade como banners, panfletos, carros de som e internet. “Empresas preferem investir em publicidade no rádio por conta disso, porque o público ouvinte é muito grande. Há, por exemplo, anunciantes que estão há cinco anos anunciando conosco, mês a mês. Isso só mostra a potencia que tem o rádio no interior”, explica.

Os “spots” para o rádio possuem padrão de 30 segundos e 60 segundos cada. Em um bloco comercial de cinco minutos chegam a ser veiculados 10 propagandas. Esse número varia de acordo com a grade de programação de cada emissora.

 

Mais informações:

IF Produções

Rua Dr. João Maciel Filho, 1073, (88) 3411 0936

Sonorus Produções

Telefone: (88) 9249 9943

05:57 · 12.07.2013 / atualizado às 05:58 · 12.07.2013 por

jairoRussas. Férias também marcam o tempo de melhorar o visual e um dos setores que mais crescem nessa época do ano são os salões de beleza. Os cabeleireiros costumam lotar neste período e o público feminino é o principal consumidor deste serviço. Só no último ano sete novos pequenos salões foram abertos neste município e a especialização do profissional garantia a satisfação da clientela.

Um dos salões mais movimentados da cidade é o dos irmãos Jairo e Juscelino. Jairo é reconhecido pelos prêmios em diversos festivais de beleza, como cabeleireiro e maquiador, já o irmão é um dos mais procurados para o trato de cabelos masculino.

O salão, localizado no centro da cidade, registrou aumento de clientes nesse período. Segundo Jairo Lima, o movimento cresce bastante nesta época, principalmente aos finais de semana, ficando cerca de 50% superior aos primeiros meses do ano.

Além dos principais serviços de corte, escovas e coloração, o salão conta com designer de sobrancelha e a venda de apliques para cabelo, sendo uma das grandes novidades para o público feminino da região.

O ramo de salões de beleza tem aberto novas oportunidades para quem há muito tempo realiza o trabalho. A facilidade e a frequência com que se ofertam cursos de corte e escovação para cabelos, contribui para geração de renda de pequenos grupos.

Desde 2009, existe a possibilidade de formalizar as pequenas atividades autônomas e garantir direitos trabalhistas junto ao governo através do Programa Empreendedor Individual.

Segundo dados estatísticos do Portal do Empreendedor, desde que o sistema foi implantado neste município há o cadastro de 50 empreendedores do ramo de salão de beleza. Dentre esses profissionais prevalece o público feminino, sendo representado por 78% dos cabeleireiros de acordo com o cadastro.

De acordo com dados levantados pela Câmara dos Dirigentes Lojistas de Russas (CDL), que dá suporte aos interessados em formalizar sua atividade comercial, de julho de 2012 a julho deste ano, foram cadastrados sete novos profissionais cabeleireiros, instalados principalmente nos bairros afastados do centro comercial da cidade.

Quem aproveitou a oportunidade de se qualificar no ramo está tendo bons resultados. Michele Freire trabalhava em salões há cinco anos e hoje conta com seu próprio negócio.

“Quando eu trabalhava em outros salões eu tinha o mínimo de estrutura na minha casa, onde eu realizava algum trabalho. Quando eu voltei de Fortaleza eu me dediquei a montar meu salão e o movimento tem crescido nessa época”, afirma.

De acordo com Michele o movimento dobrou nas últimas semanas e em consequência houve aumento significativo do faturamento. A cabeleireira chega a ter uma média de lucro em torno de R$ 1.000,00 por mês.

O período positivo abre novas possibilidades para os profissionais que aperfeiçoar a qualidade do serviço e investir em instalações mais modernas.

Mais informações:

Salão Jairo e Juscelino Cabeleireiro

Telefone: (88) 3411 2210

Salão Fashion Hair

Telefone: (88) 9911 8358

Em Russas