Busca

Categoria: Imóveis


09:47 · 09.01.2017 / atualizado às 10:02 · 09.01.2017 por
20170106_102051
Rafael Arruda, Sobral-CE: agente de endemias faz busca por larvas do mosquito nas residências, no distrito considerado endêmico em número de focos (Foto: Marcelino Júnior).

Sobral- O município de Sobral, no Norte do Estado apresenta índice total de infestação pelo mosquito Aedes Aegypti de 0,42%. De acordo com os dados coletados pela Coordenação de Vigilância em Saúde Municipal, esses números são referentes ao final do 5º ciclo de visitação de imóveis. O levantamento vai de 3 de outubro a 31 de dezembro, último. O Ministério da Saúde estabelece como controlados, os índices abaixo de 1%, e é o que corre em quase todos os distritos de Sobral, que mantêm índices de 0,00 em Caracará, por exemplo; 0,23 na sede de Sobral, e 0, 12% no Jordão. O que tem chamado atenção são os resultados nos distritos de Pedra de Fogo (1,72%), Torto (4,07) e o mais alarmante, Rafael Arruda com 6,95% de infestação predial.

Focos

Os focos do mosquito são resultado do cúmulo de água em reservatórios de todo tipo, como tanques (29%), tambores plásticos (24%) e potes de barro (18%), usados para armazenamento de água. O ano já inicia com a expectativa para a Secretaria de Saúde, quanto ao resultado de exames encaminhados para análise. De acordo com Francisca Leite Escócio, da coordenação da Vigilância em Saúde, “quando recebemos a notificação de casos suspeitos, por parte do pessoal do Centro de Saúde da Família, imediatamente é feito o contato com o Centro de Zoonoses para que seja feito o controle epidemiológico para evitar a disseminação da possível doença”, disse.

IMG_1996
Rafael Arruda, Sobral-CE; larvas do mosquito Aedes Aegypti encontradas nas casas em Rafael Arruda confirmam o alto índice de infestação (Foto: Marcelino Júnior).

Doença

O boletim que apresenta a Situação Epidemiológica do Município, fechado no dia 4 deste mês, mostra que Sobral contabiliza 683 casos confirmados de dengue (2016), contra 1.427 em 2015 e 410, em 2014. Deste total, o distrito de Taperuaba lidera com 177 casos, seguido pelo Bairro Terrenos Novos, na sede de Sobral (53) e o distrito de Aracatiaçu (47). Os números referentes aos casos de Chikungunya são 439, com 93 confirmações da doença. Já os casos Relacionados ao Zika Vírus apontam 881 notificações, com 9 confirmações. Destas, 5 são de gestantes. Ainda de acordo com a coordenadora da Vigilância em Saúde, “ esses 9 casos de Zika em gestantes tiveram todo o acompanhamento, essas mães já pariram e nenhuma criança apresentou microcefalia ou qualquer tipo de doença”, afirmou.

Visita

Para conter o aumento dos focos do Aedes Aegypti em Rafael Arruda, a secretaria da Saúde montou um mutirão que percorreu residências e terrenos baldios com apoio da equipe de agentes de endemias do distrito que teve seu número reforçado para o trabalho de prevenção à doença. De acordo com o secretário de Saúde de Sobral, Gerardo Cristino, que acompanhou o trabalho, “nós vamos continuar com esse trabalho mais efetivo, não apenas nesse distrito, mas também no Torto e no Aprazível, para que não tenhamos aumento no número de casos”, disse. O trabalho se estenderá até amanhã, dia 10.

Reincidência

De acordo com Raimundo Vieira Dias, coordenador do Centro de Controle de Zoonoses, “além do armazenamento de água de forma errada, Rafael Arruda tem algumas situações que temos que levar em consideração: a primeira, é a dificuldade da proximidade com os municípios de Cariré e Mucambo, divididos apenas por ruas. Isso dificulta  as ações, pois muitas vezes os outros municípios não realizam os trabalhos com regularidade, criando as condições para o mosquito se reproduzir. Outro ponto é quanto ao índice de salinidade da água do distrito que invibializa o controle biológico, por meio de peixes”.

20170106_102326
Durante o mutirão e Rafael Arruda, a casa de Maria Zilda foi visitada. Lá foram encontrados focos do mosquito transmissor da Dengue (Foto: Marcelino Júnior).

A dona de casa Maria Zilda Soares contraiu Dengue no ano passado, e ainda lembra dos sintomas que a deixaram de cama por dias. Durante o mutirão, a casa de Zilda foi visitada pelos agentes de endemias, que encontraram larvas do mosquito dentro de um tanque, sem nenhum tipo de proteção. “Reconheço que apesar da caixa de água ter tampa, nem sempre eu a deixo coberta. É um perigo deixar os depósitos de água a céu aberto, sem proteção. Vou ser mais cuidadosa”, garantiu Maria Zilda.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo whatsApp 88 9 9659-4083.

16:06 · 26.10.2011 / atualizado às 16:06 · 26.10.2011 por

Sobral vai sediar o seu Primeiro Feirão de Imóveis. Será nos dias quatro e cinco de novembro, no Centro de Convenções. A promoção para venda de casas, apartamentos, fazendas e chácaras é da Delegacia do Creci-CE em Sobral, agências da Caixa Econômica de Sobral, Sindimóveis-CE, Secovi com apoio da Prefeitura de Sobral, Governo do Estado, Sinduscon-CE e OAB-CE subseção Sobral.