Busca

Categoria: Camocim


08:27 · 27.10.2016 / atualizado às 09:09 · 27.10.2016 por

Camocim- Por volta das 19h00 da quinta-feira (26)  detentos da cidade de Camocim realizaram uma rebelião, tudo deu inicio quando  um agente e um policial foi atender um pedido de socorro dentro da cela

a6cc2576-a433-4bb8-978f-ca4014a7c8c3
Invasão da Policia/FOTO: Você repórter

. Ao se aproximarem os detentos tentaram atingir o agente com uma barra de ferro. O agente e o PM conseguiu sair do local rapidamente e então deu início a rebelião.

Uma parte deles quebraram as grades e em pouco tempo a maioria estavam fora das celas. Vários colchões foram empilhados e queimados provocando um incêndio dentro da prisão. O carro pipa e os guardas municipais também estiveram no local  para conter o fogo.
Policiais militares de Camocim, de Barroquinha, Chaval e do Batalhão de Divisas fizeram o cerco no entorno da cadeia bem com ocuparam a parte externa.
Fugas- Uma parte dos presos  fugiram por um buraco no pátio interno, subiram nos telhados das residências e lojas de todo quarteirão e jogaram pedras e telhas nos policiais e até nos curiosos que tentavam se aproximar do local. Alguns dos presos que conseguiram fugir foram logo recapturados, cerca de cinco. Houve invasão dos detentos em algumas casas do quarteirão, o que causou pânico nos moradores. Para fazer com que os presos recuassem, os policiais tiveram que disparar vários tiros de advertência,c om a ameaça de invasão, os detentos enfim pediram para negociar e exigiram a presença do Juiz, no entanto não foi possível a presença.
O administrador da cadeia o Tenente Coronel Artunane Aguiar,especialista em Gerenciamento de Crises, fez a negociação com os líderes da rebelião.  Os detentos  libertaram os reféns e atenderam a ordem por volta das 21h50, houve a invasão dos policias e não teve necessidade do uso da força,  alguns detentos afirmaram para os policiais que não haviam aderido a rebelião. Das seis celas, quatro delas ficaram totalmente destruídas, inclusive sem grades.
Colabore com o Blog Zona Norte pelo whatsApp 88 9 9659-4083.
19:08 · 09.02.2012 / atualizado às 19:08 · 09.02.2012 por

A Capitania dos Portos do Ceará encontrou um corpo no litoral do Piauí que é de um dos três pescadores de Camocim desaparecidos há sete dias junto com a Canoa Rosa Branca II. O capitão dos portos de Camocim, Fábio Ferreti, informa que o corpo identificado hoje foi encontrado a 15 de quilômetros do local (Ilha dos Poldros, já no Maranhão), onde foi localizado o corpo do pescador Francisco de Assis Cruz, de 59 anos, que estava na canoa.
O corpo identificado hoje chegou ser foi sepultado como indigente, no Piauí, é de Gerardo Rufino Barros. A família dele viajou a Parnaíba (PI), onde reconheceu Gerardo através de fotos. Segundo o Instituto Médico Legal (IML) do Piauí, o corpo já estava em adiantado estado de decomposição, por isso o enterro foi imediato após ser encontrado. O corpo foi fotografado por peritos do IML do Piauí e familiares dos pescadores de Camocim foram até a Praia da Pedra do Sal, no Piauí, onde identificaram como sendo de Gerardo.
A Capitania continua as buscas pelo terceiro pescador que está desaparecido. Trata-se de Gilmar Ribeiro de Araújo, de 45 anos. A Capitania ainda trabalha com a possibilidade de encontrá-lo com vida. As capitanias dos Portos do Maranhão e do Piauí também fazem trabalho de busca. A canoa foi a primeira a ser encontrada após quatro dias de desaparecida. Com cinco dias encontraram no Maranhão, o corpo de Francisco de Assis Cruz. Ontem foi identificado o corpo de Gerardo Rufino Barros. Os três saíram para pescar na última quinta-feira (2) com previsão de volta para sexta-feira (3).

09:30 · 06.02.2012 / atualizado às 09:32 · 06.02.2012 por

As buscas aos três pescadores e a canoa Rosa Branca II, que desapareceram do litoral de Camocim há três dias, continuam. A faixa que a Marinha está procurando os desaparecidos vai de Camocim até o litoral do Piauí, na Praia de Luís Correia. A “Rosa Branca II” não voltou a terra desde sexta-feira, quando era a previsão das famílias dos pescadores Axis Cosme da Cruz, de 64 anos; Gerardo Rufino Barros, de 59 anos; e Gilmar Ribeiro de Araújo, de 42 anos. Nos últimos dias há registro de fortes ventanias no litoral de Camocim, o que tem feito diminuir a saída de embarcações para pescar.A Agência da Capitania dos Portos em Camocim recebeu a informação do desaparecimento de Maria Cilene Magalhães, de que a  “Rosa Branca II”, de sua propriedade, saiu para pescar da Praia das Balsas, nesta cidade, no Litoral Oeste do Ceará, às 23h30, do dia dois de fevereiro. A previsão, segundo dona Maria Cilene Magalhães era que a canoa retornasse entre 9 e 10 horas da manhã do dia três passado. Mas a embarcação não voltou. Em nota à imprensa, o Comando do 3º Distrito Naval sediado em Natal-RN (Salvamar Nordeste), informa que ao tomar conhecimento do ocorrido, determinou: que o navio-patrulha “Graúna”, que se encontrava atracado no Porto do Mucuripe, em Fortaleza, suspendesse e demandasse o local do desaparecimento para iniciar as buscas. A nota do Salvamar Nordeste destaca  que a Capitania dos Portos do Ceará (CPCE) e a Agência da Capitania dos Portos em Camocim (AgCamocim) estão empregando o máximo de seus meios e acionaram o Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará e a Comunidade Marítima local para apoio às buscas aos tripulantes desaparecidos. Houve solicitação também de ajuda ao Centro de Hidrografia da Marinha (CHM) para divulgação de “Aviso aos Navegantes” para os navios mercantes em trânsito na região.
A embarcação desaparecida é do tipo canoa; mede cerca de oito metros de comprimento, tem cor predominante azul, com faixa amarela e branca, e possui vela vermelha. O navio-patrulha “Graúna” se encontra na área de buscas, desde às 10 horas de sábado passado e até o fechamento dessa edição a “Rosa Branca II” e seus tripulantes não foram encontrados. Um leme e dois remos foram localizados na Praia de Caraúbas, ainda em Camocim. Dona Maria Cilene reconheceu os instrumentos como sendo da “Rosa Branca II”.

08:54 · 05.02.2012 / atualizado às 08:55 · 05.02.2012 por

Está desaparecida há dois dias a canoa Rosa Branca II com três tripulantes. A Agência da Capitania dos Portos em Camocim recebeu a informação de Maria Cilene Magalhães, de que a  Rosa Branca II, de sua propriedade, saiu para pescar da Praia das Balsas, em Camocim, às 23h30, do dia dois de fevereiro, tendo a bordo Gerardo Rufino Barros, de 59 anos; Axis Cosme da Cruz, de 64 anos; e Gilmar Ribeiro de Araújo, de 42 anos. A previsão, segundo dona Maria Cilene era que a canoa retornasse entre 9 e 10 horas da manhã do dia três passado. Mas a embarcação não voltou. Nos últimos dias Camocim tem registrado fortes ventanias.Em nota à imprensa, o Comando do 3º Distrito Naval (Salvamar Nordeste), informa que ao tomar conhecimento do ocorrido, determinou: que o navio-patrulha “Graúna”, que se encontrava atracado no Porto do Mucuripe, em Fortaleza, suspendesse e demandasse o local do desaparecimento para iniciar as buscas. A nota do Salvamar Nordeste destaca ainda que a Capitania dos Portos do Ceará (CPCE) e a Agência da Capitania dos Portos em Camocim (AgCamocim) estão empregando seus meios e acionaram o Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará e a Comunidade Marítima local para apoio às buscas aos tripulantes desaparecidos; e solicitou também ao Centro de Hidrografia da Marinha (CHM) a divulgação de “Aviso aos Navegantes” para os navios mercantes em trânsito na região.
A embarcação desaparecida é do tipo canoa; mede cerca de oito metros de comprimento, tem cor predominante azul, com faixa amarela e branca, e possui vela vermelha. O navio-patrulha “Graúna” se encontra na área de buscas, desde às 10 horas de ontem e até a manhã de hoje a embarcação e seus tripulantes não foram encontrados.

15:25 · 10.12.2011 / atualizado às 15:26 · 10.12.2011 por

O Papai Noel chega hoje às 19 horas, em Camocim. A festa, patrocinada pela Prefeitura, será na Praça da Matriz. Dali em carro aberto o Papai Noel sairá em cortejo pelas principais ruas da sede. Hoje a programação natalina de Camocim apresenta ainda show com a Banda Lira. Para amanhã tem os corais Raio de Luz, Escola Idelzuite, Arte e Cultura. No dia 17 tem show gospel. Dia 18 será apresentada a peça “Alto de Natal. No dia 22 acontecerá a escolha do papai e mamãe noel infantis. O Papai Noel se despede de Camocim dia 23 com novo show da Banda Lira.