Busca

Categoria: Polícia


17:32 · 10.03.2017 / atualizado às 17:39 · 10.03.2017 por
Ubajara,Ibiapaba-CE; peças e acessórios de motocicletas foram apreendidos, durante a prisão da comerciante, que negociava consórcios em Ubajara (Foto: Antônio Carlos/Ubajara Notícias).

Ubajara- Após receber denúncias de moradores, que renderam diversos Boletins de Ocorrência, e com um mandado de busca e apreensão em mãos, uma equipe da Polícia Civil de Ubajara prendeu, nesta sexta-feira,10, na sede do município, a comerciante Maria do Socorro Mousinho, proprietária de uma loja de motos na cidade. De acordo com denúncias das supostas vítimas, a comerciante é suspeita de enganar mais de 100 clientes em consórcios fraudulentos. Segundo levantamento da Polícia, os clientes pagavam os boletos de consórcios de motocicletas, mas quando eram sorteados, não recebiam o veículo, nem mesmo qualquer quantia em dinheiro.

Apreensão

Contra Maria do Socorro pesam diversas denúncias coletivas e individuais. Ela recebeu voz de prisão na casa de sua mãe, onde a comerciante mantinha guardados, de forma ilegal, para a Polícia, cerca de R$ 200 mil em peças e acessórios de motocicletas. Por ordem judicial, Socorro Mousinho segue em prisão domiciliar, alegando questões de saúde. As peças apreendidas foram encaminhadas ao Fórum de Justiça de Ubajara.

Ubajara, Ibiapaba-CE; todo o material apreendido foi levado ao Fórum de Justiça de Ubajara.

O mandado de busca e apreensão, expedido pelo juiz da Comarca de Ubajara, Alisson do Vale Simeão, se estendeu à loja, à casa da empresária, e a residência de sua mãe. Ao chegar à loja, os policiais encontraram o estabelecimento vazio, sendo os produtos encontrados amontoados num dos cômodos da casa da mãe da acusada. Ainda, de acordo com depoimentos dos consorciados, a comerciante continuou recebendo normalmente o pagamento de boletos, até o final da semana passada.

Ubajara, Ibiapaba-CE; a comerciante do ramo de motocicletas, Maria do Socorro Mousinho, é acusada de estelionato em consórcios fraudulentos.

Estelionato

De acordo com o delegado Rubani Pontes Filho, à frente do caso, inicialmente, duas sócias eram responsáveis pelos trabalhos. “Elas faziam grupos do consórcio. As pessoas davam o dinheiro, e as acusadas entregavam as motos. A vítima pagava as parcelas durante 48 meses. Num sorteio, se a pessoa tivesse pago apenas um mês e fosse contemplada, o grupo custeava o restante das parcelas. Há cerca de dois anos, as duas mulheres romperam a sociedade, e o consórcio foi ficando sem grupos novos e sem dinheiro para honrar os antigos antigos”, explicou o delegado. Maria do Socorro Mousinho, que responderá à Justiça por estelionato, ainda será ouvida pela Polícia.

Colabore como Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

08:27 · 27.10.2016 / atualizado às 09:09 · 27.10.2016 por

Camocim- Por volta das 19h00 da quinta-feira (26)  detentos da cidade de Camocim realizaram uma rebelião, tudo deu inicio quando  um agente e um policial foi atender um pedido de socorro dentro da cela

a6cc2576-a433-4bb8-978f-ca4014a7c8c3
Invasão da Policia/FOTO: Você repórter

. Ao se aproximarem os detentos tentaram atingir o agente com uma barra de ferro. O agente e o PM conseguiu sair do local rapidamente e então deu início a rebelião.

Uma parte deles quebraram as grades e em pouco tempo a maioria estavam fora das celas. Vários colchões foram empilhados e queimados provocando um incêndio dentro da prisão. O carro pipa e os guardas municipais também estiveram no local  para conter o fogo.
Policiais militares de Camocim, de Barroquinha, Chaval e do Batalhão de Divisas fizeram o cerco no entorno da cadeia bem com ocuparam a parte externa.
Fugas- Uma parte dos presos  fugiram por um buraco no pátio interno, subiram nos telhados das residências e lojas de todo quarteirão e jogaram pedras e telhas nos policiais e até nos curiosos que tentavam se aproximar do local. Alguns dos presos que conseguiram fugir foram logo recapturados, cerca de cinco. Houve invasão dos detentos em algumas casas do quarteirão, o que causou pânico nos moradores. Para fazer com que os presos recuassem, os policiais tiveram que disparar vários tiros de advertência,c om a ameaça de invasão, os detentos enfim pediram para negociar e exigiram a presença do Juiz, no entanto não foi possível a presença.
O administrador da cadeia o Tenente Coronel Artunane Aguiar,especialista em Gerenciamento de Crises, fez a negociação com os líderes da rebelião.  Os detentos  libertaram os reféns e atenderam a ordem por volta das 21h50, houve a invasão dos policias e não teve necessidade do uso da força,  alguns detentos afirmaram para os policiais que não haviam aderido a rebelião. Das seis celas, quatro delas ficaram totalmente destruídas, inclusive sem grades.
Colabore com o Blog Zona Norte pelo whatsApp 88 9 9659-4083.
14:36 · 25.10.2016 / atualizado às 15:16 · 25.10.2016 por
10690071_1553661991540505_73428472053233558_n
Chegada da policia militar no Local da rebelião / Foto: Sobral 24 horas

Sobral- Na manhã desta terça-feira (25)por volta das 10h00.,no centro Zequinha Parente, em Sobral, houve a queima de colchões por um pequeno grupo de internos. Os adolescentes alegam que a medida é uma forma de protesto pelo atraso na decisão de seus processos pela Justiça. 

A Policia Militar foi acionada e a situação foi rapidamente controlada, sem maiores depredações ao patrimônio ou fugas. Foi registrado Boletim de Ocorrência pela direção da unidade e relatórios circunstanciados foram solicitados pela Corregedoria do Sistema Socioeducativo. Até o momento, nenhuma informação sobre feridos foi relatada.
Colabore com o Blog Zona Norte pelo whatsApp 88 9 9659-4083.

 

21:09 · 24.10.2016 / atualizado às 21:20 · 24.10.2016 por

 

preso-2_620
Suspeito de roubo é assaltado e agredido durante a fuga e reclama da violência em delegacia (Foto: Sobral 24 horas)

Sobral- Um jovem de 18 anos roubou dois celulares e teve os mesmos aparelhos roubados cerca de 10 minutos depois na cidade de Sobral, no interior do Ceará, neste domingo (23). De acordo com a Polícia Civil, Adreys Rodrigues de Sousa, que havia assaltado uma mulher e levado os celulares, se recusou a dar os telefones aos outros dois suspeitos e foi agredido.

“Na chegada à delegacia, o Adreys pediu ao delegado plantonista para registrar um Boletim de Ocorrência contra os dois que roubaram ele, que foram identificados apenas por Natan e Boquinha”, relata o inspetor da Polícia Civil Inácio Prado.

De acordo com a Polícia Civil, Adreys Rodrigues assaltou uma mulher que saía de uma igreja no Parque da Cidade, por volta das 9h. A vítima comunicou o crime à Polícia Militar, que localizou o suspeito cerca de 10 minutos depois com marcas de agressão.

“Quando foi abordado, ainda tentou fugir, mas estava muito machucado e viu que a PM o havia cercado e se rendeu, pedindo que fossem presos os dois que assaltaram ele”, explica o policial. Além do roubo, Adreys denunciou Natan e “Boquinha” à Polícia Civil por lesão corporal.

“Nós já estávamos com a vítima na viatura, que reconheceu ele de imediato. O mais inusitado é que ele fez um Boletim de Ocorrência e reclamou da violência”, relatou o sargento da Polícia Militar Frota.

Até a noite desta segunda, os suspeitos de assaltar Adreys Rodrigues não foram localizados. Após prestar depoimento – assumindo o crime, de acordo com Polícia Civil –, Adrys foi encaminhado à Cadeia Pública de Sobral.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo whatsApp 88 9 9659-4083.

08:51 · 02.10.2013 / atualizado às 09:20 · 02.10.2013 por

Guaraciaba do Norte. Um carro incendiado com uma pessoa dentro foi encontrado na última segunda, por volta das 22h, nas proximidades da Capela Santa Isabel, na descida para Reriutaba.  O corpo estaria amarrado no banco traseiro e ficou completamente carbonizado, sem possibilidade de identificação. Os restos mortais da vítima foram levados para o Instituto Médico Legal de Sobral a fim da realização do exame de DNA para identificação.

A ocorrência foi atendida pela Polícia Militar de Guaraciaba do Norte. Segundo o relatório do 2º Batalha da PM, o veículo foi identificado como sendo uma, Ford Deserte, ano 1992, de cor vermelha, com a placa HXT-0887 de Guaraciaba do Norte, pertencente ao ex prefeito de Guaraciaba,  Egberto Martins Farias mas normalmente conduzido por seu irmão, o comerciante Hermenegildo Martins Farias, que residia no Sítio Santa Maria  e se encontra desaparecido. O crime ainda não possui motivo claro.

De acordo com a funcionária pública e amiga de Hermenegildo, mais conhecido como Gildo, Glaucia Lima, a cidade se encontra atônita. Ela explica que o motivo da incredulidade seria a falta de razão aparente. “Gildo não era envolvido com política, não tinha vicio em jogo ou bebida. Nem posses que pudessem esclarecer tamanha barbaridade”, enumerou.

Os restos se encontram no IML para identificação