Busca

Categoria: Sesc


11:15 · 08.03.2012 / atualizado às 11:15 · 08.03.2012 por

“O prêmio de todos vocês é a saúde”. Com estas palavras a arte educadora Lita Ribeiro, a Farroifinha, encerrou, ontem, no final da manhã, mais uma edição do projeto “O Conto pela Cura”, que o Serviço Social do Comércio (Sesc) desenvolve há dois anos na Santa Casa de Misericórdia de Sobral. O projeto do Sesc é pioneiro no Ceará em termos de acontecer semanalmente (todas quartas-feiras). Há outras experiências esporádicas em Juazeiro do Norte e Fortaleza.

Dirigido às crianças e às mães internas na Santa Casa de Misericórdia, “O Conto pela Cura”, busca trazer um alívio para a dor do tratamento, que as pessoas se submetem ao se internarem num hospital. A terapeuta ocupacional da Santa Casa, Verena Campelo, festeja os resultados do projeto afirmando, que ele ajuda na cura tanto dos menores como das mães. “Tem casos aqui de pessoas que ficam até cinco meses internadas e precisam dessa terapia ocupacional para evitar o stress”, informa Verena Campelo.

A avó Neusa Augusta acompanhava, ontem, o neto Wesley Bruno de Oliveira com apenas um dia de nascido, que faz tratamento pulmonar. Ela foi assistir a apresentação do projeto com o neto e ficou admirada com o envolvimento das crianças e das mães. “Gosto muito dessa contação. Envolve a gente. Participei ativamente”, destaca ela.

E é exatamente disso que Farrofinha quer nas suas apresentações. “Além de arte educadora, sou atriz e contadora de história. Este projeto do Sesc e da Santa Casa mexe com a imaginação e ocupa a mente dos internos”, diz Farrofinha. Segundo ela, o projeto pretende também desenvolver o interesse pela leitura. São as crianças, principalmente, conforme a arte educadora, que acabam participando mais.

A partir das histórias contadas por Farrofinha, as crianças passam a contar as delas. Após isso elas são incentivadas a desenharem o que entenderam das histórias. “Assim elas começam também a escrever as histórias delas”, lembra a.

A terapeuta Verena Campelo aposta exatamente nesta questão da brincadeira como uma terapia de recuperação. “Com este projeto buscamos trabalhar aquilo que chamamos as atitudes da vida diária, que acabam sendo afastadas quando as crianças, especialmente, são internadas. Queremos dar uma mensagem para a vida delas”.

Farrofinha tenta trazer as crianças para o mundo mágico da oralidade através da contação de história. “É uma tradição secular nossa. Propomos este momento de fantasia, onde mantemos viva a história dos contadores. Vivi isso quando era criança e agora transmito no projeto”, revela.

Toni Newnam afirma que o projeto está dando bons resultados. “Ele traz um novo ânimo para os internos da Santa Casa. Educamos aqui, por exemplo, a criança para parar para ouvir. Incentivamos também a leitura, a escrita e oralidade. Buscamos o reconto”, afirma.

Casa da Mamãe

A Santa Casa de Sobral além desse projeto agrega a ele o Baú da Leitura, que leva livros para crianças e mães lerem através de uma parceria com a Coelce. Tem ainda a Casa da Mamãe. “Temos a Casa da Mamãe, onde as mães ficam esperando a alta dos filhos e lá desenvolvemos terapias que estimulem as mães a ajudarem os filhos na recuperação”, conta Verena Campelo.

Consolação Rocha, auxiliar de creche da Santa Casa, é outra entusiasta dos projetos que o hospital oferece para tornar a cura mais breve e menos dolorosa. Ela está sempre estimulando mães e crianças a desenvolverem ações de cura.

16:13 · 07.03.2012 / atualizado às 16:26 · 07.03.2012 por

O Serviço Social do Comércio (Sesc) realiza amanhã, Dia Internacional da Mulher, a Feira de Saúde da Mulher, em Sobral. Tudo começa às oito da manhã, na Praça Deputado Francisco Monte. Serão realizadas atividades como aferição de pressão, teste rápido de glicemia e massoterapia.


11:08 · 14.01.2012 / atualizado às 11:08 · 14.01.2012 por

Mais de 420 toneladas de alimentos arrecadados e distribuídos em 2011. Este é o resultado do Programa Mesa Brasil Sesc, em Sobral. O Mesa Brasil tinha como meta no ano passado arrecada 320 toneladas, mas superou em 100 toneladas graças à colaboração de uma rede de doadores para atender a 20 cidades da Zona Norte do Ceará.

No Estado, o Mesa Brasil Sesc arrecadou, no ano passado, 32 mil toneladas com ações em Fortaleza, Caucaia, Juazeiro do Norte, Crato, Iguatu e Sobral. “Beneficiamos 3,5 milhões de pessoas com alimentos de boa qualidade”, festeja o chefe de gabinete da Federação do Comércio do Ceará (Fecomércio), Tomaz Figueiredo Filho. O Mesa Brasil Sesc envolve no Estado mil entidades beneficiadas e tem um cadastro de 600 doadores.

O Mesa Brasil atua hoje em todo o País, a partir da experiência dos “Amigos do Prato” do Sesc Ceará, em 2001. De lá para cá o Programa cresceu e em 2005 virou Mesa Brasil. Ele é uma rede de solidariedade, que atende mensalmente entidades filantrópicas que assistem crianças, idosos, gestantes, enfermos, pacientes de câncer e soropositivos. No ano passado, o Mesa Brasil atendeu 389 cidades beneficiando 1,5 milhão de pessoas com 36 milhões de toneladas de alimentos.

Segundo a gerente operacional do Serviço Social do Comércio (Sesc) de Sobral, Luciana Gomes, a meta superada em 2011 é um desafio para que juntamente com os empresários e pessoas físicas, que doam, para que esta união de esforços faça chegar à mesa de pessoas em situação de vulnerabilidade social alimentos seguros e saudáveis.

Uma das entidades doadoras na Zona Norte é a Prefeitura de Sobral através da Secretaria de Agricultura e Pecuária. O prefeito sobralense, Clodoveu Arruda, destaca que o Mesa Brasil é um programa que distribui a “sobra que salva”. Ele garante para 2012 a permanência da Prefeitura no Programa e incentiva as demais prefeituras da Zona Norte a fazer o mesmo.

Vinte

Em 2011, o Mesa Brasil atendeu na Zona Norte a 20 municípios: Sobral, Morrinhos, Marco, Cariré, Forquilha, Meruoca, Alcântaras, Tianguá, Itarema, Santa Quitéria, Irauçuba, Groaíras, Massapê, Pacujá, Graça, Moraújo, Varjota, Santana do Acaraú, Granja e Senador Sá. Foram atendidas mensalmente 35 mil pessoas.

Os maiores doadores na Zona Norte são os perímetros irrigados Baixo Acaraú e Araras Norte. Destaque ainda para a Central de Abastecimento S.A (Ceasa) de Tianguá, Depósito Frutacar de Tianguá, Super Lagoa e Pinheiro Supermercado de Sobral.

O Sesc faz questão de lembrar também as doações significativas dos feirantes do Mercado Público de Sobral, Fábrica Coelho, Padaria Piray, Companhia do Pão, Assopeças, Alan Supermercantil, Boi & Cia., Moageira Serra Grande, Imossil, Restaurante Popular de Sobral, Supermercado Rainha, Ibama, Conab, Sebrae, Del Monte, IFCE, Padaria Princesa do Norte, Agrobem e Depósito Luiz Goldame.

Evolução

O Mesa Brasil Sesc começou em Sobral há seis anos com 18 doadores, que atendiam a 16.318 pessoas. Em 2006 passou para 48 doadores e 19.888 pessoas beneficiadas. Em 2007 subiu para 58 doadores e 26.876 pessoas atendidas. A evolução do programa atingiu em 2008, 63 doadores e 31.243 pessoas beneficiadas.  Em 2009 já eram 71 doadores e 33.633 crianças e idosos atendidos. No ano de 2010 alcançou 108 doadores e distribuição de alimentos para 35 mil pessoas. No ano passado foram 115 doadores e a manutenção de 35 mil beneficiados.

Esta evolução se deve também as ações educativas que são desenvolvidas pelo Mesa Brasil. São palestras, oficinas, cursos e minicursos aplicados nas áreas sociais e nutricionais que ano passado resultaram na formação de 450 multiplicadores do Programa.

O Mesa Brasil, para a gerente do Sesc Sobral, Luciana Gomes, perpassar uma ação emergencial de doação de alimentos. “O Programa é permanente de combate à fome”, assegura ela.

10:28 · 12.01.2012 / atualizado às 10:28 · 12.01.2012 por

O Serviço Social do Comércio (Sesc) realiza hoje, às 19 horas, a Festa do Doador Mesa Brasil Sesc de Sobral. A festa será, na Escola Educar Sesc (Rua Dom Lourenço, 855 – bairro Campos Velhos), para convidados.

11:52 · 19.11.2011 / atualizado às 11:52 · 19.11.2011 por

O Serviço Social do Comércio (Sesc) em Sobral está contratando estagiários de Pedagogia, Educação Física, Letras e Administração. A seleção começa na próxima segunda-feira (21). Já p Sesc de Ibiapina contrata estagiário da área de Pedagogia. Os contratos farão estágio de 20 horas semanais. O processo seletivo terá teste de conhecimentos específicos, dinâmica de grupo e entrevista.