Busca

Categoria: Viçosa do Ceará


17:32 · 15.12.2011 / atualizado às 17:32 · 15.12.2011 por
Com o teto veio abaixo parte das paredes na reforma da Igreja de São Francisco, no distrito de Padre Vieira, em Viçosa do Ceará, hoje à tarde (foto Vando Brito)

O teto da igreja de São Francisco, na localidade de Padre Vieira, em Viçosa do Ceará, caiu hoje à tarde, ferindo dez operários. Quatro foram em estado grave para o Hospital Municipal. Os outros seis com escoriações leves receberam os primeiros socorros e foram liberados.

O teto da igreja, que estava em reforma desabou por volta das 15 horas. Primeiro os caibros cederam e em seguida as telhas já colocadas caíram, derrubando também parte das paredes erguidas, ferindo os voluntários que faziam a recuperação do tempo religioso católico.

O susto foi enorme para os moradores, uma vez que a obra já estava sendo terminada em sua estrutura coberta. O obra, entretanto não tinha recebido autorização do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea-Ceará). Era feita somente por voluntários e sem a inspeção de um técnico gabaritado.

Os operários ainda tentaram se livrar do desabamento, mas a queda das telhas foi muita rápida. Todos, que estavam trabalhando, hoje à tarde, sofreram ferimentos. Nenhuma vítima fatal foi registrada e os que ainda estão internados não sofrem risco de morte.

A igreja de São Francisco existe há mais de 50 anos e estava sendo restaurada, porque estava apresentando rachadas em suas estruturas e telhado estava com goteiras. A parte, que ficou preservada foi a fachada original, que nada sofreu com o desabamento de hoje.

A ordem da Diocese de Tianguá agora é contratar um engenheiro para fiscalizar a obra e evitar novo desabamento.

18:31 · 18.11.2011 / atualizado às 19:44 · 18.11.2011 por

Teve protesto violento hoje de madrugada, na Câmara Municipal de Viçosa do Ceará. População jogou ovos em vereadores de Oposição, que votaram  contra um projeto que cria 749 vagas na Prefeitura. Os cinco vereadores de Oposição se abstiveram e impediram a aprovação do concurso. A Oposição quer separar os cargos de operadores da Usina de Asfalto dos cargos de professor, médico e motorista. Esta foi a segunda vez que o projeto entrou em votação e não foi aprovado.

Vereadores de Situação reclamam que os opositores impediram também o aumento no número de transporte de estudantes de Viçosa para a Universidade Estadual Vale do Acaraú (Uva), em Sobral.

Os vereadores de oposição saíram sob escolta policial e levaram ovos de um protesto de cerca de duas mil pessoas. Os manifestantes fizeram ainda um buzinaço às quatro da manhã contra a não aprovação do concurso.