Busca

Tag: Amontada


12:03 · 09.08.2018 / atualizado às 12:03 · 09.08.2018 por
Amontada- CE; agência do Banco do Brasil ficou completamente destruída com as explosões (Foto: Janilson Neves).

Amontada- Equipes do Batalhão da Polícia Militar de Itapipoca, das patrulhas do Comando Tático Rural (Cotar) e do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) continuam dando apoio às buscas aos criminosos que explodiram, por volta das 2 horas da manhã desta quinta-feira, 9, duas agências bancárias em Amontada, na região Norte do Estado.

Ataque

Localizada a cerca de 154 Km de Fortaleza, Amontada passou por momentos de pânico, quando a quadrilha armada invadiu a cidade e atacou, simultaneamente, os prédios onde funcionavam o Banco do Brasil e o Bradesco, com cerca de 500 metros um do outro. As explosões danificaram bastante as duas estruturas, como resultado da ação que visava ter acesso ao dinheiro dos caixas eletrônicos e cofres. A quantia roubada não revelada. Segundo alguns moradores, durante o assalto, o medo tomou conta da região do Centro, onde se localizam as agências, por conta dos muitos tiros e do barulho de vidro estilhaçado. Segundo a Polícia Militar, houve troca de tiros entre o bando, formado por cerca de 15 homens, e o grupamento militar local.

Amontada- CE; um dos cofres atingidos pela explosão ao Bradesco de Amontada (Foto: Janilson Neves).

Fuga

Seguindo a mesma tática de inibir qualquer ação policial da equipe de plantão, a quadrilha também disparou tiros contra a sede do Destacamento da PM. Na fuga, os assaltantes deixaram para trás carros incendiados como barreiras, dispostas na estrada de acesso à Amontada, para impedir que viaturas da Polícia Militar os perseguissem. Dois automóveis foram encontrados, ainda consumidos pelas chamas.

Apesar dos estragos materiais, não houve registro de pessoas feridas ou reféns. Agora o policiamento local conta com reforço deslocado de cidades vizinhas para tentar localizar o bando que tomou rumo ignorado.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

 

18:27 · 20.04.2018 / atualizado às 18:27 · 20.04.2018 por
Amontada-CE; os estudantes Jônatas Alexandre Rocha Júnior, Hyana Queiroz e Jhonatan Kelven Rocha criaram a premiada máquina que mede a radiação solar (Foto: Divulgação).

Amontada- Após estudar os efeitos da incidência do sol na pele humana, um grupo de estudantes de Amontada, no Norte do Estado, desenvolveu uma máquina que indica o nível de radiação solar em tempo real, e qual atitude deve ser tomada para se proteger das emissões e, assim, prevenir doenças, como queimaduras e câncer de pele.

Motivados por ajudar a conscientizar as pessoas sobre a necessidade de buscar uma proteção mais eficiente, três jovens de 17 anos passaram a trabalhar no desenvolvimento de uma máquina que pudesse, não apenas medir o nível de radiação, mas apresentar as informações de uma forma acessível ao grande público.
Prêmio
Após 2 anos de pesquisa, o equipamento foi construído a partir de uma placa de arduíno, dispositivo baseado no conceito de hardware livre, que permite diversas personalizações e aprimoramentos, possibilitando a leitura da radiação solar ultravioleta (UV) na superfície onde está instalado. Por conta do projeto, os estudantes da Escola Estadual de Ensino Profissionalizante Gonzaga Mota, criaram a startup SunSAFE. A turma participou da última semana da Campus Party Natal, realizada este mês. O encontro é um dos principais eventos de tecnologia do país. O projeto de Amontada foi incluído entre os destaques deste ano, pela inovação e impacto social relevante. O conjunto que mede a radiação obteve o 1º lugar no concurso de robótica do evento.
Na prática
De acordo com Jônatas Alexandre Rocha Júnior, pesquisador da startup, a proposta é colocar o equipamento em lugares abertos e de grande movimentação, como praças e barracas de praia, para que as pessoas possam visualizar o índice de radiação em tempo real. “Desse modo, acreditamos que terão uma maior percepção sobre os danos causados pela exposição indevida à luz solar, e busquem se proteger mais, diminuindo a chance de doenças”, aposta. Os demais integrantes da SunSAFE são Hyana Queiroz (marketing) e Jhonatan Kelven Rocha (programador).
Apoio
O grupo conta com a supervisão de professores e o apoio do Poder Público de Amontada, que oferece orientação e auxílio na participação em eventos. Para o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Relações Institucionais do município, Jonas Pinheiro, a iniciativa serve de exemplo a outros jovens. “Temos apoiado diversas ações no âmbito da tecnologia, como elaboração de sistemas e criação de jogos, para possibilitar que os jovens tenham acesso a conhecimento focado no desenvolvimento de soluções”, destaca. A equipe pretende, ainda, desenvolver um programa para medir a radiação em diversas cidades cearenses.
Casos da doença
De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, o câncer de pele responde por 30% de todos os diagnósticos desta doença no Brasil, sendo que o Instituto Nacional do Câncer (INCA) registra, a cada ano, cerca de 180 mil novos casos. Um levantamento feito pela entidade em 2013, último dado disponível, constatou que a cada 3 horas uma pessoa no Brasil morre por conta da doença. Uma situação alarmante, quando se leva em conta o tratamento, com 90% de chance de cura, se a doença for diagnosticada precocemente.
Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.
08:21 · 29.03.2018 / atualizado às 10:42 · 10.04.2018 por
São Gonçalo do Amarante-CE; projeto rompe os limites da sala de aula para trabalhar o empreendedorismo no interior do Ceará (Foto: divulgação).

São Gonçalo do Amarante- Visando o desenvolvimento e a formação empreendedora de jovens entre 18 e 32 anos, que vivem em comunidades rurais sob situação de vulnerabilidade, a Agência de Desenvolvimento Econômico Rural (Adel) criou, em 2009, o Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER). Neste mês de março, em sua nova fase, o Programa vem ampliando sua abrangência para atender também cerca de 400 adolescentes de 14 a 17 anos de escolas públicas do interior do Ceará.

Inclusão

De acordo com os pilares do Programa, trabalho, renda e mobilidade social são temas que, desde cedo, os jovens que vivem em comunidades rurais começam a refletir. A escola, enquanto instituição de socialização e formação de futuros profissionais e cidadãos, deve cumprir o papel de se aproximar das comunidades, adotando a educação contextualizada, na qual os estudantes aprendem sobre o conteúdo formal considerando aspectos geográficos, históricos, econômicos e culturais dos lugares onde vivem e desenvolvem competências para criar a partir das oportunidades soluções para os desafios locais. Assim, a Adel, em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), incluiu a escola como espaço essencial estratégico no PJER, aproximando estudantes, professores, gestores educacionais e toda a comunidade escolar.

Desenvolvimento

O Programa apoia jovens rurais, que, comumente, se veem obrigados a deixar suas comunidades em busca do que seria um futuro melhor. O PJER os auxilia na descoberta de novas possibilidades dentro de seus próprios territórios, por meio de projetos que estimulam o empreendedorismo e o desenvolvimento local. “Um dos nossos principais objetivos é que os jovens permaneçam no meio rural, como agentes de transformações positivas”, afirma Adriano Batista, cofundador e diretor executivo da Adel. Alcançar adolescentes na escola formal é uma estratégia para iniciar a discussão sobre trajetórias e projetos de vida desde cedo. Entre 14 e 17 anos, eles e elas já são influenciados sobre as perspectivas relacionadas à vida no meio rural. “É um investimento estratégico na preparação de jovens, enquanto ainda são estudantes do fim do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, para que possam ter acesso a mais informação e, assim, fazerem melhores escolhas para o futuro”, destaca Gláucio Gomes, diretor de desenvolvimento da Adel.

Projeto

Resultado de parcerias firmadas em 2018, com a Unesco (United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization) e Rede Globo, por meio do Criança Esperança, além do Conselho de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ceará (CEDCA), o projeto Jovens Empreendedores e Protagonistas Rurais nas Escolas, que é parte do portfólio de ações do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), atua em escolas dos municípios cearenses de Pentecoste, Apuiarés, São Gonçalo do Amarante e General Sampaio. O projeto consiste em oficinas com estudantes e professores de escolas formais do Semiárido cearense, a partir da estratégia de introduzir temas como convivência sustentável, desenvolvimento local, empreendedorismo rural de jovens, protagonismo social, direitos humanos e convivência com o clima da região. São apresentados conceitos, ferramentas e abordagens, com o intuito de incorporar nos conteúdos formais e no dia a dia escolar valores e práticas relacionadas aos temas citados.

Adel

A Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel) foi criada em 2007 por jovens filhos de agricultores, que se formaram na capital do Estado e retornaram para suas comunidades, aplicando os conhecimentos adquiridos. Localizada em Pentecoste (CE), a Adel é uma organização sem fins lucrativos, que desenvolve projetos no Ceará, em Pentecoste, Apuiarés, General Sampaio, Tejuçuoca, São Luís do Curu, Paracuru, Umirim, Sobral, São Gonçalo do Amarante, Amontada, Nova Jaguaribara e Itarema. No Rio Grande do Norte, os municípios assistidos são João Câmara e São Miguel do Gostoso.

Atuação

São cerca de 200 empreendimentos rurais criados e mais de 1.000 jovens em situação de vulnerabilidade apoiados. A organização beneficiou diretamente 3 mil agricultores, ao implantar estratégias de convivência sustentável com o Semiárido. No total, o impacto de sua atuação chegou a mais de 5 mil pessoas de 60 comunidades, em 13 municípios no Ceará e em dois no Rio Grande do Norte. Foram conquistados 16 prêmios, como, por exemplo, os prêmios Fundo Itaú Excelência Social (Fies) e o Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), esse último, da Organização das Nações Unidas (ONU).

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4084.

11:34 · 17.08.2017 / atualizado às 11:34 · 17.08.2017 por
Projeto Cinesolar leva a magia da 7ª arte ao interior do Ceará (Foto/ divulgação).

Amontada- Localizada no Norte do Estado, a cidade de Amontada, juntamente com Itarema, na mesma região, e Aracati, a 150 quilômetros da capital, recebem o Cinesolar, iniciativa brasileira de cinema itinerante que exibe filmes a partir da energia solar. O projeto é apresentado gratuitamente nesta sexta-feira (18), em Amontada; seguindo, no dia 19, para Itarema, sendo finalizado no dia 22, em Aracati. Nas três cidades, as pessoas participarão de oficinas de cinema para jovens de escolas das regiões, apresentação de um grupo folclórico de cada região, exibição de curtas premiados, e do longa- metragem “O Milagre de Santa Luzia”, que trata do tema sanfoneiros.

Estrutura

O projeto utiliza energia limpa e renovável para exibições de filmes, unindo arte, cinema e sustentabilidade. Tudo funciona a partir de uma van equipada com placas solares que possibilitam, por meio de um sistema conversor de energia solar para elétrica, a exibição de filmes e apresentações artísticas. No interior do veículo, há 100 assentos para o público, telão com metragem de 200 polegadas, sistema de projeção e som, além de um estúdio de gravação. O cinema é montado em lugares como praças públicas e quadras esportivas. Desde o início das atividades, em 2013, o Cinesolar realizou 446 sessões e 130 oficinas em 242 cidades brasileiras, ultrapassando 70 mil espectadores.

Montagem

Quando chega aos locais de exibição (como periferia de grandes cidades, cidades do Interior, até mesmo sem luz elétrica; comunidades e aldeias indígenas), tudo é retirado da van e o cinema é montado em lugares como praças públicas e quadras esportivas. Nos eventos do Cinesolar haverá pipoqueiro, com pipoca gratuita, para que as pessoas possam ter uma experiência completa da ida a uma sessão de cinema.

Programação

Nas três cidades do Ceará, as atividades ocorrem das 14h às 17h, com a Oficina de Cinema, evento fechado, voltado a jovens de escolas do município. Além de participarem de uma introdução ao audiovisual e de desenvolver um roteiro de cinema, os jovens produzem um curta-metragem, sempre exibido à noite, junto com os outros filmes da programação (das 18h às 18h45), quando são exibidos diversos curtas, entre eles os premiados “Procura-se”, “Pajerama”, “Caminho dos Gigantes” e “Até a China”, com a temática da sustentabilidade. Depois, das 18h45 às 19h, os grupos folclóricos de cada região tomam conta do espaço. Às 19h é exibido o longa-metragem “O Milagre de Santa Luzia”.

Exposição tecnológica sustentável

Durante o evento os participantes também têm acesso ao Eco Estúdio Solar, exposição tecnológica sustentável, com apresentação da van Cinesolar Tupã e do projeto como um todo. Dentro da van, infográficos e monitores mostram como funciona o carro e são passadas informações sobre os princípios básicos da energia solar (por exemplo: como a energia solar se transforma em energia elétrica). Além disso, são mostrados produtos de sustentabilidade e tecnologias renováveis, com aplicações práticas no dia-a- dia, como um instigante relógio de batatas.

Acesso

Para Cynthia Alario, coordenadora do projeto, “nosso objetivo é, além de democratizar o acesso à produção audiovisual nacional, trabalhar com ações sustentáveis que multipliquem a conscientização ambiental e mostrem a força que a energia solar tem por aqui”, diz, apoiada por Mário Mazzilli, diretor-superintendente do Instituto CPFL e um dos parceiros da ação. “Esta programação acessível, democrática e de alta qualidade é marca do Instituto CPFL Cultura, e nela nos apoiamos para fazer de 2017 um ano ainda mais intenso e inspirador”, finaliza.

Outras cidades

Depois do Ceará, o projeto segue dias 24 e 25 de agosto para João Câmara e São Miguel do Gostoso, ambas no Rio Grande do Norte; para as cidades mineiras de Açucena, dia 14 de setembro, e Delfim Moreira, no dia 20 de setembro. Em outubro segue para cidades do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O Cinesolar é realizado pela Brazucah Produções, Ministério da Cultura e Governo Federal, através da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, com Patrocínio da CPFL Energia, e apoios da CPFL Renováveis e do programa Raízes.

Serviço

Cine solar

Amontada (18)

Itarema (19)

Aracati (22)

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

17:01 · 23.01.2017 / atualizado às 17:01 · 23.01.2017 por
Amontada-CE; a carreta escola do Senac se tornou um obstáculo ao acesso a duas vias movimentadas do Centro de Amontada (Foto: Walter Bezerra).
Amontada-CE; a carreta escola do Senac se tornou um obstáculo ao acesso a duas vias movimentadas do Centro de Amontada (Foto: Walter Bezerra).

Amontada- Os moradores de Amontada, no Norte do Estado, tem reclamado da presença de uma unidade móvel do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) estacionada no Centro da Cidade. O problema é que, o veículo que circula o estado na realização de cursos e capacitações, chegou à cidade em julho do ano passado, quando foram realizadas algumas ações sociais como corte de cabelo e corte e costura. Ao término das atividades, em outubro do mesmo ano, a carreta, utilizada como escola itinerante, foi deixada para trás. O veículo permanece estacionado no cruzamento da Avenida General Alípio dos Santos e a Rua Manuel Eufrásio, na calçada, ao lado da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, local bastante movimentado.

Acidentes

A reclamação é que a unidade móvel, vez ou outra, tem atrapalhado o tráfego durante a manobra de veículos para o acesso a um dos pontos do cruzamento, além de ser motivo de acidentes. De acordo com o engenheiro Walter Bezerra, a posição em que essa parte do veículo permanece estacionada é o que tem gerado problemas de tráfego no local. “Já ocorreram acidentes, inclusive engavetamento de veículos, por conta dessa unidade, que ainda não foi recolhida. Aguardamos que sejam tomadas providências por parte do Senac”, disse.

Atividades

O Senac Ceará informou, por meio de nota, que a unidade móvel da instituição, estacionada ao lado da Igreja Matriz de Amontada, em frente à Secretaria de Finanças do Município, tem a autorização formal da Prefeitura. A mesma foi utilizada durante o segundo semestre de 2016, onde foram realizados cursos de educação profissional abertos à comunidade.

Por conta das mudanças na gestão municipal e da definição da nova equipe, as atividades desenvolvidas, em parceria com a Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social, daquele município, serão retomadas em fevereiro, em novo local: agora em frente à sede da Prefeitura de Amontada.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo whatsApp 88 9 9659-4083.

 

09:40 · 27.06.2016 / atualizado às 09:40 · 27.06.2016 por

Amontada- O início das obras de pavimentação de cerca de cinco quilômetros da CE-176, no trecho que fica entre Icaraizinho de Amontada e o distrito de Moitas, no Litoral Oeste, foi autorizado nessa sexta-feira, 24, em solenidade, pelo secretário-chefe do Gabinete do Governador, Élcio Batista. De acordo com o secretário, “vocês são responsáveis pela execução dessa obra. O Estado vai iniciar os trabalhos graças à mobilização da comunidade”, disse à população presente.

Investimento

Ao todo, serão investidos R$ 4.652.816 no trecho, que vai receber serviços de terraplenagem, pavimentação, revestimento com blocos intertravados, correntes e sinalização horizontal e vertical. A expectativa é que, dentro de 90 dias, a população da localidade conte com os 4,73 km de estrada em melhores condições de trafegabilidade.

O secretário disse ainda que o meio-ambiente será preservado. “Quando chegou a demanda da CE-176 no meu gabinete, conversei com o governador e ele disse que a estrada não poderia ser feita de asfalto, e sim, de piso entretravado, para respeitar o meio-ambiente e a sustentabilidade do local. Não tenho dúvida que essa será a obra mais bonita do Ceará”, pontuou.

Trafegabilidade

Em novembro do ano passado, o Governo do Estado já havia assinado um acordo de cooperação por meio de uma parceria técnica e financeira, firmada, entre a Secretaria de Infraestrutura ( Seinfra) e o Departamento Estadual de Rodovias (DER), o próprio município de Amontada e a CPFL Energias Renováveis, como resultado de inúmeras reivindicações dos moradores que, em determinado momento, chegaram a bloquear a via, cobrando uma solução para a demora na execução da obra.

Osmundo Pereira, de 30 anos, um dos moradores reconhece as dificuldades enfrentadas por quem precisa desse acesso todos os dias. “É muito sacrificado trafegar hoje por essa estrada de terra, pois levamos 20 minutos para fazer um percurso que, com a pavimentação, faríamos em 5. Essa obra, além de beneficiar o turismo da região, vai ajudar no deslocamento de quem vive no distrito”, reforçou.

Ceará IV

De acordo com levantamento do Estado, as CEs, que estão sob jurisdição do Departamento Estadual de Rodovias (DER), vinculado à Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), vêm recebendo investimento do Governo através do Programa Viário de Integração e Logística – Ceará IV. Os trechos construídos e restaurados concluídos até o momento ou com índice acima de 98% de execução somam cerca de 223,50 km. Os trechos em restauração ou em construção, que encontram-se em andamento, apontam 499,12 km de novas estradas. Outros 403,84 km de malha viária estão sendo licitados/contratados.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo whatsApp 88 9 9659-4083.

09:55 · 02.06.2016 / atualizado às 09:55 · 02.06.2016 por

Bela Cruz- Os municípios de Bela Cruz, Amontada, Caucaia, Paracuru, Crato e Juazeiro do Norte concorrem ao Chamamento Público 01/2016 da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), divulgado, nessa quarta-feira, 1, para a primeira etapa de seleção de propostas para o apoio ao processo de criação de Unidade de Conservação (UC) pública municipal e Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), no Estado do Ceará. Das oito propostas analisadas, as duas que concorreram para Reservas Particulares do Patrimônio Natural foram eliminadas por não terem apresentado todos os documentos exigidos.

Novas etapas

Seguem para a segunda etapa, quando só duas serão selecionadas, as propostas da UC de Bela Cruz, em área do Horto Florestal; e as UCs de Amontada, e Caucaia, na localidade da Serra da Rajada; Paracuru, no Sítio Santa Rosa, no estuário do rio Aracatiaçu; a UC do Crato, no Refúgio da Vida Silvestre; e a UC de Juazeiro do Norte, no Parque Ecológico das Timbaúbas.

Conservação e desenvolvimento

De acordo com o Edital publicado no Diário Oficial (DOE-CE, 29/02/2016, pág.120-124), o objetivo é selecionar propostas para a criação de Unidades de Conservação que contribuam para uma efetiva proteção, conservação e, ao mesmo tempo, possibilitar o desenvolvimento econômico sustentável, valorizando econômica e socialmente a diversidade biológica, abrangendo o maior número possível de ecossistemas naturais existentes nesse território, dando prioridade aos mais ameaçados de degradação ou eliminação, bem como aos mais representativos e em melhores condições de conservação.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo whatsApp 889 9659-4083.

09:34 · 27.04.2016 / atualizado às 09:34 · 27.04.2016 por
A finalidade das torres  eólicas em Amontada é produzir energia para autoconsumo (Foto/divulgação).
A finalidade das torres eólicas em Amontada é produzir energia para autoconsumo (Foto/divulgação).

Amontada- A Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) presidirá, nesta quarta-feira, 27, em Amontada, norte do Estado, audiência pública referente ao licenciamento ambiental das Centrais Geradoras Eólicas (CGEs) Amontada 1, 2 e 3. Durante a reunião, o público poderá conhecer o projeto do empreendimento e os detalhes do estudo ambiental. A audiência ocorrerá na Prefeitura, a partir das 9h.

Infraestrutura

Os parques eólicos são de responsabilidade da empresa Atiaia Energia S.A., e têm como finalidade produzir energia para autoconsumo da Vale. A área total do empreendimento possui 1.399 hectares, ficando a 1,5 km da sede do município. A potência total instalada para geração de energia será de 78,2 megawatts (MW) nas três centrais, somando 46 aerogeradores.

Estão dentro da área de influência direta do empreendimento as localidades de Cipoal, Fazenda Boa Esperança, Assentamento Tanques, Embira, Agroisa e Vila Jaçanã, além, da população residente na área do empreendimento (Fazenda Amontada).

Colabore com o Blog Zona Norte pelo whatsApp 88 9 9659-4083.

17:08 · 19.04.2016 / atualizado às 17:08 · 19.04.2016 por
Fortaleza-CE; governador encerra a qualificação dos 412 novos planos de negócio da ação 'Empreendedor Juvenil', do projeto 'Primeiro Passo' (Foto: divulgação).
Fortaleza-CE; governador encerra a qualificação dos 412 novos planos de negócio da ação ‘Empreendedor Juvenil’, do projeto ‘Primeiro Passo’ (Foto: divulgação).

Sobral- Investindo em novas ideias e ações voltadas para jovens empreendedores do Ceará, o Governo do Estado encerrou, na manhã desta terça-feira, 19, a qualificação dos 412 novos planos de negócio da ação ‘Empreendedor Juvenil’, do projeto ‘Primeiro Passo’. No evento, realizado no Palácio da Abolição, em Fortaleza, também foram entregues aos cinco primeiros lugares, premiações entre R$ 500 e R$ 3 mil, com projetos para os setores do comércio e de serviços.

Novos empreendedores

Na solenidade, o governador Camilo Santana foi recebido pelos alunos participantes do projeto, quando destacou a importância de formar uma grande turma de novos empreendedores no Estado. “Estamos aproveitando a experiência exitosa do projeto ‘Primeiro Passo’ e criamos este projeto. Com isso, estamos dando a oportunidade de um primeiro negócio aos nossos jovens cearenses. A expectativa inicial era uma adesão de 250 jovens, porém aprovamos 412 projetos iniciais por sabermos da importância de investirmos no nosso potencial”, disse. Na região norte, foram contemplados os municípios de Sobral, Amontada, Coreaú, Forquilha, Itapajé, Itarema, Meruoca, Moraújo, Morrinhos, São Luis do Curu, Tejuçuoca, Viçosa do Ceará, e Ubajara.

Meta

Aprovados pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), em parceria com a Associação Telecentro de Informação e Negócios (ATN), os planos de trabalho foram idealizados por 1.479 jovens, de 55 municípios cearenses, capacitados em 38 escolas profissionais e de ensino médio estaduais, além de 30 telecentros. Neste ano, o Empreendedor Juvenil tem como meta atender 2.060 jovens e selecionar mais 250 planos de negócio.

gprimp3

Segundo o secretário Josbertini Clementino, da STDS, o projeto superou as expectativas e mostra o interesse tanto do Estado quanto dos jovens em investir no mercado local. “Todas as nossas expectativas foram ultrapassadas. Esperávamos apenas 250 inscritos e formalizamos, hoje, 412 novos planos. Isso revela a necessidade e vontade dos jovens em ter seu próprio negócio, gerando emprego e renda para a sua família, cidade e estimulando a economia do Estado.

Empreendedor Juvenil

A linha de ação Empreendedor Juvenil beneficia jovens de 18 a 29 anos em situação de vulnerabilidade social, que estejam cursando o ensino fundamental, médio ou que sejam egressos da rede pública de ensino. Os interessados em participar do projeto devem ter renda per capita familiar de até meio salário-mínimo e não estar inscritos em outro curso de qualificação profissional da STDS.

Além dos municípios da região norte, foram contemplados os municípios de Fortaleza, Acopiara, Alto Santo, Antonina do Norte, Apuiarés, Aracati, Aurora, Barreira, Barro, Boa Viagem, Brejo Santo, Campos Sales, Caridade, Cascavel, Caucaia, Chorozinho, Icapuí, Iguatu, Iracema, Itapiúna, Jaguaribe, Jaguaretama, Jaguaruana, Juazeiro do Norte, Mauriti, Maracanaú, Milagres, Milhã, Missão Velha, Mombaça, Morada Nova, Pacajus, Palhano, Pereiro, Quixadá, Quixelô, Quixeramobim, Russas, São João do Jaguaribe, Senador Pompeu, Solonópole, Tauá, Trairi, e Várzea Alegre.

Colabore com o Blog da Zona Norte pelo whatsApp 88 9 9659-4083.

08:58 · 27.01.2016 / atualizado às 08:58 · 27.01.2016 por
No Riacho da Jurema, em Itapipoca, piabas já começam a fazer a alegria dos moradores.
No Riacho da Jurema, em Itapipoca, piabas já começam a fazer a alegria dos moradores.

É com muita alegria que os moradores do distrito Tapuio, no município de Cariré olham as águas do Rio Acaraú, que voltaram a correr por debaixo da passagem molhada Eurico Linhares, depois de dois dias seguidos de chuva (na última segunda e terça-feira). A passagem, localizada a 20 quilômetros da sede de Cariré, no norte do Estado, trouxe o sorriso de volta aos moradores que há muito tempo não viam, sequer, um fio de água correr pelas velhas manilhas de 1m de diâmetro cada.

Passagem molhada, no distrito de Tapuio, em Cariré, volta a receber água do Rio Acaraú. Uma imagem que há muito os moradores da região não contemplavam (Foto: Marcelino Júnior).
Passagem molhada, no distrito de Tapuio, em Cariré, volta a receber água do Rio Acaraú. Uma imagem que há muito os moradores da região não contemplavam (Foto: Marcelino Júnior).

Hoje, a imagem é outra. As treze manilhas encobertas, quase por completo, mostram o quanto o Acaraú recuperou sua força, pelo menos por estes lados, depois de receber as águas renovadas do Riacho dos Macacos, que voltou a correr forte. O Riacho é um dos principais afluentes do Acaraú, que recebe água também dos rios Jatobá, Jaibaras e Groaíras que, por enquanto, se mantêm em baixa, mesmo com as chuvas que têm caído na região.

Itapipoca

O que não faltou foi rede para quem se arriscou a pescar piabas no Riacho Jurema, na BR 402, que liga Itapipoca a Amontada.
O que não faltou foi rede para quem se arriscou a pescar piabas no Riacho Jurema, na BR 402, que liga Itapipoca a Amontada.

O sorriso também voltou aos rosto dos moradores de Itapipoca, principalmente nas proximidades do Riacho da Jurema, na BR 402, que liga o município à Amontada. Após uma boa carga de chuva, piabas fizeram a alegria das pessoas que passavam por alí. O Riacho passa por debaixo da BR e desemboca no Açude Poço Verde, um dos ricos mananciais da cidade do três climas, que tem registrado temperatura média de 23°C.

Em Itapipoca, num trecho do Riacho da Jurema, pessoas aproveitaram para jogar suas redes em busca de peixes.
Em Itapipoca, num trecho do Riacho da Jurema, pessoas aproveitaram para jogar suas redes em busca de peixes.