Busca

Tag: BR 222


17:54 · 29.05.2018 / atualizado às 17:54 · 29.05.2018 por
Mercado Municipal, Sobral-CE; movimentação no mercado de Sobral segue estável, dizem feirantes (Foto: Marcelino Júnior).

Sobral- No Mercado Municipal de Sobral, ainda não se percebe prateleiras vazias. O movimento tem sido o mesmo observado nos dias de semana. A procura por frutas, legumes e verduras segue estável por parte dos consumidores, nesta terça-feira, dia 29.

Nos dois maiores estabelecimentos de venda no atacado, os consumidores também não perceberam a falta de itens de alimentação. Em um desses pontos de venda, por conta do poder de estoque de mercadorias, as prateleiras têm sido renovadas sem problemas. “Corri para cá, até para me prevenir, achando que estaria bem movimentado, mas me surpreendi com o movimento normal. Estou levando no carrinho menos do que achava que iria comprar”, disse a dona de casa Francisca Rodrigues.

Estoque

Os produtos que já começam a preocupar, até por perecerem com mais rapidez, são as frutas, legumes e verduras. De acordo com o gerente de um grande atacadista instalado em Sobral, “ao equilibrarmos a quantidade de mercadorias nas prateleiras, resolvemos dar prioridade ao consumidor comum, até porque o atacadista pode comprar em grande quantidade e estocar, aumentando o preço final. No caso da batata inglesa, o preço está bem abaixo do praticado hoje em muitos comércios de Sobral. O valor cobrado tem variado entre 9 e R$ 10. Aqui, o mesmo produto custa R$ 3,50, apesar de termos adquirido a R$ 8,50 na Ceasa, em Fortaleza. A ideia é não deixar o produto empacar na prateleira”, explicou o gerente, preferindo não se identificar

Aprazível, Sobral-CE; ponto da BR-222, em Sobral, foi desbloqueado (Foto: Evelyn Ferreira).

Estrada

Ao longo de todo o dia, o trecho da BR 222 que corta Sobral amanheceu tranquilo. Os motoristas não tiveram problemas em seguir viagem. Na altura do quilômetro 249, no sentido Sobral-Serra da Ibiapaba, o fluxo segue normal nos dois sentidos. Caminhoneiros dizem que boa parte dos manifestantes seguiu para a Serra da Ibiapaba, para o bloqueio montado em Tianguá, a cerca de 12 quilômetros da divisa com o Estado do Piauí. Lá, os manifestantes continuam recebendo apoio de moradores.

Segurança

A Polícia Rodoviária Federal se reuniu, nesta terça-feira, com os caminhoneiros para ouvir as reivindicações e dar orientações quanto à segurança nas estradas. A PRF tem monitorado os pontos de bloqueio para garantir a desobstrução das vias e passagens de veículos.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

19:11 · 28.05.2018 / atualizado às 19:11 · 28.05.2018 por
BR-222, Aprazível, Sobral; bloqueio da BR segue com paralisação parcial de vias (Foto: Marcelino Júnior).

Sobral- Segue sem alteração a manifestação de caminhoneiros na BR-222, no distrito de Aprazível, (quilômetro 249), em Sobral. Iniciado há cerca de oito dias, o bloqueio de caminhoneiros impediu a passagem de veículos, nos dois sentidos da BR, por cerca de duas horas, cedo da manhã desta segunda-feira, 28. Por conta disso, estudantes universitários vindos da Serra da Ibiapaba ficaram impossibilitados de seguir viagem para Sobral. Por volta das 8 horas, o tráfego voltou a ser liberado apenas para veículos de passeio e ambulâncias. Segundo o caminhoneiro Luiz Azevedo, “voltamos a fechar por completo, a partir das 15 horas, por mais duas horas. Ninguém passa. E assim se seguirá pela noite, com essas paradas completas”, advertiu.

Alternativa

Para tentar furar o bloqueio, alguns motoristas de caminhões têm feito desvios por caminhos alternativos, aumentando a rota para evitar prejuízos na entrega de produtos. Como é o caso de agricultores que descem a Serra da Ibiapaba com carga perecível. “Eu prefiro fugir do bloqueio, para garantir a venda das verduras”, diz Tertulino Rodrigues, agricultor. Quem permanece no local, desde o início das manifestações, é o carreteiro Laércio Faustino, que também estacionou o veículo no acostamento, e diz que só sairá ao final das negociações. “Estarei aqui com os companheiros até segunda ordem. Já soube que, entre este bloqueio e o outro em Tianguá, na Serra da Ibiapaba, são cerca de 350 caminhões parados”, calcula.

BR-222, Aprazível-CE; ônibus de viagem são parados pelos manifestantes, por cerca de 30 minutos, antes de liberação para seguir (Foto: Marcelino Júnior).

Bloqueios

No que se refere a logística, os manifestantes contam com ajuda de empresários e comerciantes locais, como Pedro de Sousa Neto, morador de Aprazível. “Eles têm total apoio com comida, água, refeições, banheiros, enfim, o que precisarem, pois achamos importante a manifestação”, afirma. Por volta das 16 horas, os caminhoneiros impediram a passagem de três ônibus de viagem interestadual. Os motoristas foram orientados a estacionar, e ali permanecer, por cerca de 30 minutos, até serem liberados a seguir viagem. Entre os passageiros, Francisco Vasconcelos vinha de Marabá, em Belém do Pará (PA), para rever os familiares em Sobral. “Durante a viagem, passamos por muitos bloqueios, cerca de uns dez, mas rapidamente eramos liberados”, explicou.

Alimentos

Em Sobral, o atendimento nos postos de combustível, mesmo restabelecido, nesta segunda-feira, segue com deficiências. Alguns pontos oferecem a gasolina comum, outros apenas a aditivada. Mas a medida tem impedido a formação de filas. Nas bancas de frutas e verduras do Mercado Público, a movimentação permanece normal, mas já existe preocupação, por parte de alguns feirantes. “É possível que a batata e maçã comecem a faltar nos próximos dias, além de outros produtos”, afirmam. Os vendedores dizem que têm tentado segurar os preços para não espantar a clientela. Mesmo assim, os consumidores estão com receio de aumento dos produtos. “Tem um carro que saiu na semana passada, da Ibiapaba, e até agora não chegou no Mercado. Isso complica muio”, explica Carlos da Silva Souza, feirante. A movimentação nos maiores supermercados do município também segue com aparente normalidade. Não há prateleiras vazias, nem busca incomum por determinado produto, ou alimento.

Itapipoca

Em Itapipoca, os postos voltaram a vender gasolina, nesta segunda-feira, apesar da manifestação que se concentrou ao longo da semana passada, no entroncamento da CE-402 com a CE- 240. Por volta das 10 horas da manhã, os caminhoneiros, acompanhados de alguns motociclistas e carros de passeio, entraram na cidade, percorrendo as principais ruas e avenidas do Centro. Entoando palavras de ordem e chamando a atenção das pessoas com buzinadas. O grupo também se concentrou em um ponto da CE-168, de acesso a Itapajé e Hidrolândia.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

12:48 · 26.05.2018 / atualizado às 12:49 · 26.05.2018 por
Sobral-CE; postos de gasolina de Sobral não têm mais o combustível (Foto: Marcelino Júnior).

Sobral- A manifestação dos caminhoneiros, que ainda se faz presente em dois trechos da BR-222, entre os municípios de Sobral e Tianguá, na Serra da Ibiapaba, já provoca a falta de gasolina nos postos da maior cidade da região Norte do Estado, mas ainda não tem alterado a rotina de quem procura as prateleiras dos supermercados.

Abastecimento

A maioria dos postos já bloqueou o acesso ao abastecimento nas bombas, com faixas e cones, por não ter mais o produto, no caso a gasolina, desde o meio-dia dessa sexta-feira, 25. Por outro lado, os três maiores estabelecimentos comerciais de alimentos, inclusive os dois de venda no atacado, ainda mantém suas gôndolas cheias. Mas o que chama a atenção do consumidor é o preço da batata inglesa, que bate a casa do R$ 9.99. “Acredito que seja por causa das manifestações. Se continuar assim, outros produtos terão aumento, com certeza”, teme a dona de casa Waldirene Simas.

Sobral-CE; de uma ponta a outra, a imagem é a mesma: bombas de gasolina vazias, na maior cidade da região Norte (Foto: Marcelino Júnior).

Rotina

Nas ruas, a intensa movimentação de carros e motocicletas, em pleno sábado (26), não lembra em nada, o risco iminente pela falta prolongada de combustível em Sobral. A rotina ainda não foi quebrada, e motoristas se deslocam para seus compromissos como se estivessem em plena segunda-feira.

De acordo com o frentista Alberto Carvalho, que tem passado as horas sem movimentação, ao telefone celular, ou conversando com os companheiros, “ nos informaram que esta noite poderá chegar gasolina, mas nada é certo. Se isso não ocorrer, aí sim, será por tempo indeterminado”, sentencia, antes de vender um garrafão de água mineral, produto que, segundo o frentista, ainda não demonstrou aumento na procura.

Tianguá, Serra da Ibiapaba- CE; caminhões se aglomeram à margem da BR-222, próximo ao Estado do Piauí, onde o bloqueio segue inalterado (Foto: Marcelino Júnior).

Bloqueio

No distrito de Aprazível, na BR-222, no sentido Sobral- Serra da Ibiapaba, o bloqueio continua a pleno vapor, mas apenas para caminhões de carga. Carros de passeio, ônibus de viagem e ambulâncias, têm tido passe livre, assim como casos considerados excessões, como os motoristas que transportam produtos químicos necessários a hospitais.

Acampamento

A situação tem sido a mesma no bloqueio montado em Tianguá, desde a última segunda-feira. A cerca de 12 quilômetros da divisa com o Estado do Piauí, o acampamento e sua manutenção, com banhos e alimentação, foi montado com apoio de empresários locais. O sinal de internet mantém os manifestantes em contato direto com os outros pontos que têm estrangulado as rodovias País afora, sem tempo para ser encerrado.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

12:02 · 25.05.2018 / atualizado às 12:02 · 25.05.2018 por
BR-222, Sobral; rodovia continua bloqueada por caminhoneiros, na região Norte (Foto: Marcelino Júnior).

Sobral- A mobilização de caminhoneiros no quilômetro 249, da BR-222, no distrito de Aprazível, em Sobral, continua intensa, nesta sexta-feira (25). O bloqueio, que antes impedia os motoristas de trafegarem em um dos lados da via, foi ampliado. Pneus foram empilhados para impedir a passagem nos dois sentidos. Apenas ambulâncias têm a permissão de furar o bloqueio.

De acordo com Paulo Filho, carreteiro autônomo há 40 anos, “eu rodo o Nordeste, Sudeste e Norte transportando em veículos do tipo baú, e vejo que essas condições são impraticáveis, além do frete baixo. Eu tenho uma frota de 5 veículos, e essas subidas constantes do óleo diesel têm quebrado muita gente. O protesto é justo”, alega.

Sobral-CE; preço do combustível é o mesmo em postos de Sobral, na região Norte (Foto: Marcelino Júnior).

Preço

Para equilibrar a manifestação, a cada meia-hora, um dos sentidos da pista é liberado, sendo a passagem feita pelo acostamento. A lentidão exige paciência dos motoristas. Alguns chegam a ficar cerca de 20 minutos à espera de liberação para seguir pela BR, quer seja no sentido Sobral- Serra da Ibiapaba, ou o contrário.

Para quem trabalha com transporte de cargas, a paralisação gera transtornos, segundo Everaldo Eteriê, gerente comercial de uma empresa de transportes. “Nossa movimentação é de 8 toneladas por dia, mas estamos com toda a frota parada. O prejuízo ainda não foi calculado. Sofremos três aumentos, e o preço do frete segue baixo. Por isso, a mobilização é importante”, reforça, juntamente com os manifestantes, ao esperar que a pressão contra o aumento ajude a baixar o preço cobrado pelo diesel que, em Itapipoca custa, em média, R$ 3,98, e R$ 3,99 em Sobral e Viçosa do Ceará (Serra da Ibiapaba).

Tianguá, Serra da Ibiapaba-CE; bloqueio próximo á divisa com o Estado do Piauí segue recebendo adesão de caminhoneiros (Foto: Marcelino Júnior).

Gasolina

Na sede de Sobral, ao longo da manhã, os postos registraram alta procura por gasolina, que segue ao valor de R$ 4,99. “Passei por vários postos e vi muita procura. Eu já estou abastecendo para garantir o final de semana, porque ouvi falar que deve faltar gasolina no início da noite de hoje”, teme Erandir Soares, serviços gerais, sobre a informação confirmada por alguns frentistas: “quem não abastecer até essa sexta-feira, pode ficar sem combustível”.

Procura

De acordo com o comerciante Eliezio Aguiar, “ passei por dois postos e não encontrei gasolina. Só consegui abastecer no terceiro estabelecimento, pelo menos, para garantir o final de semana, rezando para que essa situação melhore”, espera.

O bloqueio a cerca de 12 quilômetros da divisão do Ceará com o Piauí segue inalterado. Caminhões formam filas ao longo do acostamento, enquanto apenas ambulâncias conseguem a liberação da via. O acampamento segue montado, aguardando determinação da mobilização nacional.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

17:45 · 24.05.2018 / atualizado às 17:52 · 24.05.2018 por
BR-222, Aprazível, Sobral-CE; bloqueio em um trecho da BR-222, em Sobral, foi acompanhado pela PRE (Foto: Marcelino Júnior).

Tianguá- O bloqueio da BR-222, no sentido Fortaleza –Teresina, ocorre em um trecho do quilômetro 334, dentro de Tianguá, na Serra da Ibiapaba, a cerca de 12 quilômetros da divisa com o Estado do Piauí. Os caminhoneiros de vários estados brasileiros, fecharam parcialmente a via, com dois caminhões e montaram um acampamento, desde a segunda-feira (20), quando aderiram ao movimento nacional que tem paralisado diversas frotas de caminhões País afora.

Uma fila de caminhões com cargas variadas se mantém à margem da rodovia e, à medida que mais caminhoneiros chegam nesse trecho, são orientados a aderir ao movimento. Como é o caso de Renato Santos, carreteiro que veio de Goiás (GO) para entregar uma carga de paletes em Fortaleza e, ao viajar para Imperatriz (MA), com outra carga, no caso, de farinha de trigo, resolveu aderir ao movimento. “Temos que pensar na melhora do País. Essa situação dos combustíveis do Brasil não se sustenta. Os preços estão impraticáveis. A manifestação é pacífica, por isso vou ficar até a última hora”, reforça.

BR-222, Tianguá, Serra da Ibiapaba-CE, bloqueio parcial da BR-222, em Tianguá, foi iniciado na última segunda-feira, 21 (Foto: Marcelino Júnior).

Frete

No acampamento, os motoristas se revezam na hora alimentação, por falta de pratos e talheres. Os banhos são tomados em postos de combustível localizados próximo ao bloqueio. A maior parte dos alimentos têm sido conseguida com doações de empresários de Tianguá. Muitos dos profissionais são autônomos e fazem o percurso Teresina-Fortaleza semanalmente, e se queixam do baixo custo do frete. De um ponto a outro, são cerca de 660 quilômetros, ao valor de R$ 1.700 por carga. “ São gastos, na ida, cerca de R$ 1.500 de óleo, sobrando apenas 200 para o caminhão. Como é possível dar manutenção no veículo, me manter, e a família também?” Questiona Edmilson Barbosa, que está no local por cerca de 72 horas.

BR-222, Tianguá, Serra da Ibiapaba-CE; o ponto de apoio para o bloqueio em Tianguá foi transformado em acampamento pelos caminhoneiros (Foto: Marcelino Júnior).

Segurança

Ao longo da rodovia, equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) circulam para manter a ordem, na medida do possível, já que o bloqueio, em um dos lados da estrada, não tem impedido a passagem de cargas com produtos perecíveis e de saúde. “Inclusive, passaram pelo bloqueio, dois caminhões de nitrogênio, material utilizado em hospitais, que não pode faltar”, reforça Edmilson Barbosa”, ao circular pela base de apoio improvisada, onde foi instalada uma antena para acesso à internet.

Sobral

No distrito de Aprazível, já em Sobral, a situação é a mesma. Só que o bloqueio foi montado com pneus queimados, também acomodados em um dos lados da BR-222, desde a manhã desta quinta-feira, 24. “ Muitos dos motoristas são autônomos e sentem no bolso esse aumento abusivo”, reclama o carreteiro Robério Freire, que circula entre Frecheirinha, também na região Norte, e Maracanaú (RMF), transportando argila. “ A paralisação vai se estender por tempo indeterminado. Vamos continuar aqui em busca dos nossos direitos”, afirma.

Preço

A média cobrada pelo diesel nos postos de Sobral é de R$ 3,99. Alguns deles afirma só ter óleo diesel para essa sexta-feira (25). Outros gerentes falam na possibilidade de faltar gasolina em 48 horas, caso os protestos continuem. Além dos bloqueios na BR-222, entre o município e a Serra da Ibiapaba, nas redes sociais circula a informação, não confirmada pela PRE, que um trecho da BR-222, próximo ao município de Forquilha, a poucos quilômetros de Sobral, também será interditado no início da noite de hoje.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatasApp 88 9 9659-4083.

10:37 · 19.12.2017 / atualizado às 10:37 · 19.12.2017 por
BR-222, Sobral-CE; acidente entre dois caminhões deixou uma vítima fatal (Foto: PRF).

Sobral- Continuam em estado grave as duas vítimas do acidente de trânsito ocorrido, por volta de 1 hora da madruga desta terça-feira (19), na BR 222, no quilômetro 232, nas proximidades do distrito de Aprazível, município de Sobral. A colisão envolveu um caminhão carregado de frutas e uma carreta que transportava cimento, que se chocaram.

O condutor do caminhão de frutas, Antônio José da Costa, morreu no local. Os passageiros que seguiam com Antônio, identificados como Alan Júnior Gomes Barbosa (34) e Cleusa Maria de Sousa (40), ficaram gravemente feridas, sendo socorridas para o hospital Santa Casa de Sobral, onde permanecem seguem em avaliação. O hospital não detalha o estado de saúde das vítimas.

Acidente

O motorista do caminhão de cimento, Leandro Aguiar do Nascimento, de 37 anos, que não sofreu nenhum ferimento, permaneceu no local até a chegada da equipe da Polícia Rodoviária Federal, que atendeu a ocorrência. O local da batida continua isolado, nas duas faixas, sendo improvisado um desvio pelo pátio de um posto de combustíveis, para facilitar o fluxo de veículos. De acordo com informações colhidas pela PRF, o caminhão de frutas era conduzido no sentido Serra da Ibiapaba- Sobral, quando, ao chegar nas proximidades do Posto Jaburuna, teve sua passagem cortada pelo outro caminhão, que acessava a BR, no sentido contrário (Sobral-Serra da Ibiapaba) e foi atingido na traseira.

Investigação

De acordo o policial David Breno, chefe da 4ª Delegacia da PRF, “ainda não tem como responsabilizar alguém pelo acidente, tendo em vista que os resultados da perícia devem ser aguardados. Como o motorista que transportava cimento não evadiu-se do local do acidente, sendo ouvido no Posto da Polícia Rodoviária Federal, o mesmo foi liberado. Cabe agora à Policia Civil os trabalhos de investigação sobre as causas da colisão”, adiantou.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

11:59 · 29.11.2016 / atualizado às 11:59 · 29.11.2016 por

Sobral- Segue em situação estável, o passageiro José Rodrigues Cajado, que era ocupante do veículo S10, envolvido no grave acidente, na manhã de hoje (terça-feira, 29), com uma carreta, num trecho da BR-222, na altura de Ubaúna, distrito do município de Coreaú, no sentido Sobral-Serra da Ibiapaba.

O homem deu entrada na emergência da Santa Casa de Misericórdia, seguindo para o setor de traumatologia. Lá, passou por vários exames, sendo liberado para uma cirurgia de amputação do braço esquerdo devido aos diversos traumas, em consequência do acidente. José Rodrigues está sendo operado, nesse exato momento.

Impacto

A colisão entre os dois veículos foi tão forte, que o caminhão que transportava cerveja tombou a alguns metros da estrada, assim como o outro veículo, que ficou completamente destruído, também às margens da BR. Testemunhas disseram à Polícia Rodoviária Federal, que o motorista da caminhonete S10, não identificado, foi tentar uma ultrapassagem indevida e colidiu frontalmente com a carreta.

O condutor da S10 morreu no local. Uma equipe da PRF atendeu a ocorrência, assim como a Perícia forense, que encaminhou o corpo ao IML de Sobral. O motorista da carreta, também deu entrada na Santa Casa, foi avaliado e liberado em seguida, com ferimentos leves.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo whatsApp 88 9 9659-4083.

22:01 · 07.06.2016 / atualizado às 22:01 · 07.06.2016 por
Aprazíve, Sobral-CE; acidente fatal entre carreta e ônibus escolar fez três vítimas: os dois motoristas e uma estudante de 18 anos.
Aprazível, Sobral-CE; acidente fatal entre carreta e ônibus escolar fez três vítimas: os dois motoristas e uma estudante de 18 anos.

Sobral- O acidente ocorreu por volta das 17h, desta terça-feira, no quilômetro 251 da BR-222, no distrito de Aprazível.  O choque entre a carreta de Placas AJL 9577 e o ônibus escolar de Placas LOH 3879 bloqueou, por mais de duas horas os dois sentidos da rodovia. Os corpos do motorista do ônibus, Ronaldo Ribeiro de Aguiar e do condutor da carreta ficaram  presos entre as ferragens, tendo que ser retirados com ajuda de um desencarcerador, equipamento usado pelo Corpo de Bombeiros para resgate. A estudante Daniele Rodrigues de Sousa, de 18 anos, ainda foi socorrida à Santa Casa de Sobral, mas não resistiu aos ferimentos.

Colisão

IMG_0515

De acordo com informações colhidas pela Polícia Rodoviária Federal, o acidente ocorreu por volta das 17 horas, dessa terça-feira,7, quando o motorista da carreta, que seguia no sentido Sobral- Serra da Ibiapaba, teria tentado ultrapassar outro caminhão quando bateu de frente com o ônibus que transportava cerca de 35 estudantes, de nível médio, que voltavam para casa na localidade de Pedra de Fogo, depois de mais um dia de aula no distrito de Rafael Arruda. Testemunhas informaram que havia trabalhadores na estrada e muita poeira, quando o motorista do caminhão teria tentado a ultrapassagem.

Segundo o subtenente do Corpo de Bombeiros Dimas Madeira, “a informação que temos é que trabalhadores faziam a demarcação das faixas da estrada e o motorista da carreta teria tentado desviar do grupo de homens e colidiu de frente com o ônibus, que vinha no sentido contrário, mas tudo ainda vai ser levantado pela perícia”, disse.

IMG_0503Dez estudantes foram levados à Santa Casa de Sobral, com ferimentos leves, para atendimento médico, sendo liberados em seguida. A reportagem completa você confere na edição de Polícia, dessa quarta-feira,8 do Jornal Diário do Nordeste.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo whatsApp 88 9 9659-4083.

09:05 · 11.05.2016 / atualizado às 09:43 · 11.05.2016 por
13115866_1130161970368450_954013396_n
Disparos atingiram o para-brisa e o vidro lateral ao lado do motorista FOTO: VCrepórter

Sobral- A tentativa de assalto ocorreu por volta das 22h da noite dessa terça-feira, 10, num trecho da BR-222, na saída de Sobral para a Serra da Ibiapaba. O ônibus universitário trafegava pela via conduzindo de volta para casa cerca de 46 estudantes moradores da cidade de Tianguá, quando foi abordado por um motociclista armado.

De acordo com informações do motorista que não quis se identificar, “tive que reduzir a velocidade nesse trecho quando um homem armado emparelhou com o ônibus e gritou que eu parasse; achei estranho e acelerei, ele começou a atirar contra a gente; aí o pânico foi geral”, disse o motorista.

Tiros

Os disparos atingiram o para-brisa e o vidro lateral ao lado do motorista, que foi baleado de raspão no braço, tendo ferimento leve. Além do motorista ninguém foi atingido, apesar do pavor sentido pelos estudantes, o ônibus conseguiu chegar à Santa Casa de Sobral, onde o motorista foi medicado e liberado. A Prefeitura de Tianguá onde moram os estudantes, enviou outro veículo para transportá-los em segurança, horas depois, com uma escolta da Guarda Municipal daquele município.

Ameaças

O trajeto entre Sobral e Tianguá é feito de segunda a sexta-feira, pelos estudantes, que desembarcam na faculdade por volta das 19h e retornam por volta das 22h30. Segundo o motorista, que faz o percurso há um ano e meio, “eu acho essa rota perigosa. Eu já tinha sido ameaçado por outra tentativa de assalto dias atrás. Jogaram um pedaço de tábua com pregos nas rodas do veículo, mas graças a Deus nada aconteceu”, relatou o motorista que não prestou queixa na delegacia.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo whatsApp 88 9 9659-4083.

20:04 · 27.04.2016 / atualizado às 20:04 · 27.04.2016 por

Umirim- O tráfego da BR-222 será interrompido entre os quilômetros 87 e 88, em Umirim, nessa quinta-feira, 28, das 13h às 15h, para o serviço de desmonte de rochas com a detonação de explosivos. O bloqueio ocorrerá nos dois sentidos, podendo ser estendido ou reduzido de acordo com o volume de material a ser removido sobre a rodovia, após a detonação. Em caso de mau tempo ou questões técnicas, os trabalhos poderão ser cancelados e redefinidos para nova data.

Orientação

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) recomenda que durante a interrupção do tráfego, os usuários não ‘furem’ os bloqueios montados e não tomem caminhos alternativos ao longo daquele segmento. De acordo com o Departamento, é mais seguro aguardar a liberação da rodovia pelos técnicos responsáveis pela operação.

Os serviços de remoção de rochas fazem parte das Obras de Melhoramentos e Restauração/Reabilitação da BR-222. No período das obras, os usuários devem estar atentos à sinalização, obedecendo aos limites de velocidade indicados para cada segmento da rodovia. A Polícia Rodoviária Federal fará o monitoramento do tráfego.

Alerta

Nos dias sem os trabalhos de corte de rochas, os cuidados também devem ser redobrados, por conta da movimentação intensa de trabalhadores e de equipamentos de carga e transporte de rochas, além de outras frentes de serviço. Mais informações estão disponíveis por meio do site www.dnit.gov.br, ou dos telefones (85) 4012-9458 (Superintendência Regional doIT DN), (85) 3295-4082 (Unidade Local de Fortaleza).

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.