Busca

Tag: Litoral Oeste


12:14 · 14.09.2018 / atualizado às 12:19 · 14.09.2018 por
Acaraú- CE; o pescado apreendido estava acondicionado para posterior comercialização (Foto: divulgação/ Ibama).

Jijoca de Jericoacora– Ao longo da fiscalização, realizada nessa quinta-feira, dia 13, os gentes federais do Ibama apreendem 578kg de pescado ilegal, que abasteceriam o comércio nas praias do Preá e Barrinhas, ambas localizadas no município de Jijoca de Jericoacoara, no litoral oeste cearense. A ação foi possível por meio de denúncia anônima. No total, foram apreendidos 183kg de lagostas inteiras, 20 kg de lagostas imaturas e 375 kg de polvos.

Os animais, que estavam acondicionados em freezers, foram pescados de forma ilegal, ou seja, não apresentavam comprovação de origem, segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Os autos de infração expedidos pelos agentes, ao longo da fiscalização, totalizam R$ 32 mil.

Operação Arrasto

De acordo com Miller Câmara, chefe de Divisão Técnica do Ibama, as fiscalizações são planejadas ao final do ano para serem executadas, muitas vezes, com apoio de denúncias anônimas, além das ações de inteligência. “No caso da fiscalização ostensiva e da cadeia de custódia, que inclui a documentação do pescado, sua origem, processamento e exportação, temos conseguido uma atuação abrangente de cada situação apresentada no Estado”, explicou.

Acaraú- CE; os alimentos, comercializados ilegalmente, foram doados ao Mesa Brasil em Sobral (Foto: divulgação/Ibama).

Doações

Todo o pescado apreendido foi doado para o Mesa Brasil Sesc, em Sobral, na região Norte, que nesta sexta-feira (14) realiza o repasse dos alimentos para entidades sociais cadastradas pela iniciativa, logo após o processo de triagem e análise das condições de tudo que foi doado. Na área de abrangência do município, já foram distribuídos, de janeiro a agosto deste ano, 245.781 quilos de alimentos, atendendo pouco mais de 20.289 pessoas em situação de vulnerabilidade alimentar.

De acordo com Marília Rodrigues, supervisora assistencial do Mesa Brasil Fortaleza, “o Mesa Brasil trabalha em busca do protagonismo dessas pessoas em vulnerabilidade social e nutricional. Não fazemos apenas a entrega do alimento, mas realizamos todo um trabalho socioeducativo, como por exemplo, a atuação de oficinas de aproveitamento de tudo que é repassado como doação”, explica.

Abrangência

Ao todo, o Ceará possui quatro bancos de alimentos do Mesa Brasil, com cobertura nas regiões de Fortaleza, Caucaia, Sobral, Iguatu e Cariri, para a distribuição de gêneros alimentícios e produtos diversos. No ano passado, a iniciativa atendeu 524 entidades sociais com doações que chegaram às panelas de 206.396 pessoas. “Ao todo, foram entregues pouco mais de 3 milhões de quilos de alimentos”, reforça a supervisora assistencial. Desde sua criação, em 2001, o Mesa Brasil já garantiu a doação de 43.229,538 quilos de alimentos no Ceará.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

09:51 · 06.07.2018 / atualizado às 09:51 · 06.07.2018 por
Vila de Jericoacoara, Jijoca-CE; campanha realizou visitas e divulgação das ações entre a comunidade (Foto: divulgação).

Jijoca de Jericoacoara- Após cinco meses de execução, a campanha “Abraço Jeri e Cuido do Meio Ambiente”, realizada na Vila de Jericoacoara, no Litoral Oeste, abre espaço à comunidade local para apresentar um balanço geral sobre os resultados da mobilização. A reunião ocorrida nessa quinta-feira (5), no Polo de Atendimento ao Cidadão de Jericoacoara, reafirmou o compromisso de massificar a correta utilização da rede de esgoto e a regularização de imóveis ainda não interligados.

Preservação

O encontro reuniu representantes de órgãos e instituições envolvidos na campanha, que apresentaram os resultados da força tarefa de mobilização de instituições, empresários e moradores da Vila, quanto ao uso adequado da rede de esgoto, bem como os cuidados com a preservação dos recursos hídricos e do meio ambiente. “ Esse projeto possui quatro etapas, inicialmente conseguimos congregar 12 instituições do Estado, entre secretarias e autarquias, ICMBio, Cagece e outros entes; em fevereiro, houve a etapa de sensibilização com todos os parceiros, inclusive a comunidade, para esclarecer sobre o projeto; entramos também na etapa de visitas; estamos agora na fase de fiscalização, que se estenderá até o mês de agosto”, afirma Alceu Galvão, analista de regulação da Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado do Ceará (Arce).

Regularização

Ainda na fase de fiscalização, já foram feitas 1.613 visitas dentro da Vila, entre empreendimentos comerciais e residências. “Já cobrimos cerca de 78% do que foi planejado, dentro do projeto de ações de saneamento básico e recursos hídricos. Dos 200 poços identificados, 78 deles estão em processo de regularização, como a emissão de outorga, hidrometração e cobrança pela utilização do poço, o que mostra que todos têm buscado se regularizar”, reforça Alceu Galvão.

Campanha

Durante os cinco primeiros meses da campanha, a Cagece disponibilizou equipes formadas por agentes de interação social para percorrerem a vila numa ação porta a porta, distribuindo material educativo e orientando a população. Além das visitas, a programação contou com ações educativas em praças e outros locais públicos, assim como intervenções urbanas com grafite em pontos estratégicos da Vila.

Vila de Jericoacoara, Jijoca-CE; entre as ações do projeto estão a ampliação do saneamento básico e manutenção dos recursos hídricos (Foto: divulgação).

Termo de Ajustamento de Conduta

A companhia também realizou palestras, encontros e rodas de conversa com os empresários de pousadas, hotéis, restaurantes e outros estabelecimentos locais, apresentando alternativas sobre o descarte correto do esgoto. Em outro momento, houve reunião com as lideranças locais e vereadores, que também teve como pauta as ações da campanha. Esta fase da campanha também contou com fiscalização, incluindo notificação e autuação das possíveis irregularidades, realizada pelos órgãos ambientais.

Segundo a promotora Cibele Moreira, “ o Ministério Público tem ajudado a fiscalizar as instituições que atuam nesse projeto, tendo em vista que pretende acompanhar esse processo por, no mínimo, cinco anos. Após a apresentação dos resultados, teremos, ainda, a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), para que cada parceiro cumpra o que foi determinado”, explica.

Parceiros

A campanha “Abraço Jeri e Cuido do Meio Ambiente” tem como participantes a Secretaria das Cidades, a Cagece, Cogerh, Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado do Ceará (Arce), Superintendência do Meio Ambiente do Ceará (Semace), Ministério Público do Estado do Ceará, Instituto Chico Mendes (ICMBio), além da Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara e entidades locais.

Saiba Mais

A campanha tem como objetivo levar orientações sobre o uso adequado da rede de esgoto, de modo a incentivar proprietários de imóveis não interligados à rede, a buscarem regularização, voluntariamente, caso estejam em situação inadequada. Para tanto, a Cagece disponibilizou atendimento no Polo de Atendimento à Criança e ao Adolescente de Jericoacoara. No local, foi montado um esquema de serviços, com atendimento voltado aos usuários da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) e da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) que desejarem se regularizar.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

 

11:41 · 20.06.2018 / atualizado às 11:41 · 20.06.2018 por
Jericoacoara, Litoral Oeste-CE; projeto “Abraço Jeri” pretende melhorar a infraestrutura do balneário (Foto: Marcelino Júnior).

Jijoca de Jericoacoara- Nesta quarta-feira (20), a Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce) se reúne  ao longo do dia, em Jericoacoara, no Litoral Oeste, com representantes de onze órgãos envolvidos com o projeto “Abraço Jeri e Cuido do Meio Ambiente”. O objetivo do encontro é atualizar os integrantes da campanha sobre o andamento dos trabalhos realizados, apresentar os resultados parciais e traçar os passos para a próxima etapa, que será a de acompanhamento. O “Abraço Jeri e Cuido do Meio Ambiente” nasceu com a finalidade de buscar solução para os problemas pertinentes ao esgotamento sanitário e ao uso indiscriminado dos recursos hídricos do município de Jijoca de Jericoacoara.

Ajustes

Após a abertura dos trabalhos, feita pelo presidente do conselho diretor da Arce, Hélio Winston Leitão, o analista de regulação, Alceu Galvão, apresenta os resultados e propostas para monitoramento. Já a promotora Jaqueline Faustino (MP) esclarece pontos sobre o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) de Jericoacoara. Por fim, cada entidade participante terá um espaço reservado para se pronunciar, tanto sobre o TAC, quanto sobre as contribuições e principais obstáculos enfrentados ao longo do projeto. “É a hora de nivelar as informações, definir estratégias e dar início à execução das ações já programadas”, adianta Hélio Winston.

Fiscalização

Quando o projeto “Abraço Jeri” foi lançado, em fevereiro deste ano, também foi iniciado o período de fiscalização, que prossegue até hoje, sem data determinada para ser concluído. “A expectativa é que a fase fiscalizatória dure até o final do mês de agosto, e depois o projeto entre na fase de monitoramento das ações, com a finalidade de se manter o que foi estabelecido”, afirma Alceu Galvão. Segundo os idealizadores, as ações implementadas são de grande importância, devido aos impactos positivos que podem gerar na vida dos moradores e visitantes, “considerando que o uso incorreto da rede de esgoto pode contaminar o lençol freático da região e causar sérios danos à saúde das pessoas”, reforça Galvão.

Parceiros

O encontro reúne representantes da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), Secretaria de Turismo de Jericoacoara, Secretaria do Meio Ambiente (Sema), Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), Secretaria dos Recursos Hídricos (SRH), Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara, Câmara Municipal, Ministério Público do Estado do Ceará (MP), Secretaria das Cidades (Scidades) e Associação “Eu amo Jeri”.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-40983.

.

20:47 · 16.05.2018 / atualizado às 20:51 · 16.05.2018 por
Juritianha, Acaraú- CE; moradores atearam fogo em pneus para reivindicar por reforma de estrada (Foto: Eliakin Silveira).

Acaraú- Os moradores das localidades de Espraiado e Praia Volta do Rio, do município de Acaraú, no Litoral Oeste do Estado, bloquearam, na tarde desta quarta-feira (16), um trecho da estrada municipal que liga, em cerca de 9 quilômetros, as comunidades à sede do distrito de Juritianha. A importante via, também interliga o distrito, à comunidade de Ostras, que, assim como as outras duas, sobrevive da pesca e do turismo. O bloqueio, montado com pneus queimados, ocorreu na entrada de acesso às praias, bastante procuradas.

Bloqueio

Os moradores queimaram um amontoado de pneus e gritaram palavras de ordem contra a gestão municipal. A reclamação se refere ao estado em que se encontra a estrada, “coberta de buracos, de uma ponta a outra, ” reclama o morador Venes Andrade, um dos articuladores da manifestação. “Queremos asfalto. Essa estrada dá acesso a dois parques eólicos e uma fazenda de camarão na região, além das próprias comunidades que estão praticamente isoladas”, reforça.

Juritianha, Acaraú-CE; nova manifestação está marcada para a próxima sexta-feira, dia 18 (Foto: Eliakin Silveira).

Buracos

Segundo o radialista Eliakin Silveira, que acompanhou a movimentação, “ a manifestação é pacífica. Mas a comunidade está cansada de esperar pelo poder público, e resolveu reivindicar melhorias para ela”, destacou, reforçando as condições da estrada Juritianha-Espraiado-Volta do Rio, construída pela Prefeitura de Acaraú com recursos do Ministério do Turismo. “A última reforma da via foi feita há seis anos”, diz Vernes Andrade. “Hoje se encontra em péssimo estado, com várias crateras, já tendo sido feitas várias reivindicações, na Câmara Municipal. Agora a população está realizando movimentos para chamar a atenção à questão”.

Procurado pela equipe de reportagem do Jornal Diário do Nordeste, o prefeito Alexandre Gomes, não respondeu às ligações até o fechamento da reportagem. Na próxima sexta-feira (18), está programada nova manifestação, a partir das 6h30, próximo ao local conhecido pelos moradores como “Chico Bibi”, com o objetivo de alertar contra a situação da estrada.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

 

17:42 · 07.03.2018 / atualizado às 17:42 · 07.03.2018 por

Camocim- Esta quarta-feira (7) foi reservada a uma série de reuniões entre a prefeita de Camocim, Monica Aguiar (PDT) e tenente-coronel Márcio Oliveira, comandante do Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) do Estado do Ceará. O encontro foi realizado no Paço Municipal, tendo como pauta principal a segurança do Município localizado no Litoral Oeste.

Parceria

Ao longo da reunião, a chefe do executivo se inteirou da instalação de uma base do Raio, na cidade, prevista para o mês de maio deste ano. Segundo mônica Aguiar, “a eficácia do Raio, reconhecida até internacionalmente, será de extrema importância para que nossos cidadãos tenham ainda mais proteção. Na parceria do Estado com nosso município, todos sairão ganhando”, disse a prefeita.

Câmeras

O Batalhão BPRaio de Camocim, formado por 37 homens, será instalado após a conclusão do curso especializado da turma, em fase final. Após a reunião, houve visita às futuras instalações do Batalhão. O tenente-coronel Márcio Oliveira esteve acompanhado de oficiais e soldados. Além do Raio, Camocim recebe 10 câmeras de videomonitoramento para auxiliar na segurança pública local.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

 

10:17 · 11.02.2018 / atualizado às 10:24 · 11.02.2018 por
Camocim-CE; orla de Camocim, no Litoral Oeste, recebeu uma multidão para o tradicional mela-mela (Foto: Marcelino Júnior).

Camocim- Os foliões que escolheram Camocim para brincar o Carnaval deste ano, já foram recebidos na sexta-feira, dia 9, na Praça de Eventos do Odus, ponto de encontro da animação que tem fervidos nesses dias, com os paredões de som. Localizado na orla da cidade, às margens do Rio Coreaú, o espaço escolhido para as festividades da cidade tem acolhido uma multidão para se divertir no tradicional mela mela. O corredor da folia se estende por uma área com cerca de 300 metros de pura irreverência. A bela vista das dunas da margem direita do Rio serve de cenário para as festividades de Momo.

Camoim-CE; à noite o público voltou a se reunir na Praça de Eventos do Odus, na orla, para cantar os sucessos de Gabriel Diniz (Foto: Mateus Ferreira).

Show

Na noite desse sábado, dia 10, o público voltou a se reunir, dessa vez para cantar os sucessos de Gabriel Diniz, que reuniu grande uma multidão na Avenida-Beira Rio. Gabriel, que é de Campo Grande (MS), subiu ao palco por volta das 22 horas para animar a festa com os sucessos ”Acabou acabou”, “Paraquedas” e “No aquecimento”. Ao longo dos próximos dias, a cidade realizará o mela mela, de 15h às 20h e uma série de apresentações musicais, até a terça-feira, dia 13, quando se encerra em todo o país, o reinado de Momo.

Programação

Na lista de artistas a se apresentarem na cidade durante o Carnaval, o público terá, ainda, a companhia de Pedro e Benício, Luiz Marcelo e Gabriel, Jonas Esticado, Forró Real, além das bandas Selva Branca e Zabumbada. Todos os dias, Djs animam a cidade com músicas eletrônicas. De acordo com a secretária de Turismo Rosana Lima, “quem ainda pretende se instalar nas pousadas ou hotéis para curtir do Carnaval de Camocim tem essa opção de estar mais próximo do mar”, convida.

Colabore com o blog Zona Norte pelo WhatsAp 88 9 9659-4083.

13:10 · 10.11.2017 / atualizado às 13:10 · 10.11.2017 por
Camocim-CE; nova sede da unidade regional do Detran, em Camocim, contribui para a descentralização das ações do órgão no Ceará (foto: divulgação/ Governo do Estado).

Camocim- Os moradores de Camocim, no Litoral Oeste, comoram a instalação, nesse sábado (11) da nova sede da Unidade Regional do Detran. A solenidade de entrega do novo equipamento terá a presença do governado Camilo Santana, que divulga investimentos de R$ 2,279 milhões, por meio da Secretaria das Cidades (Scidades), para realização da obra.

Serviços

A nova sede regional do Detran está localizada no quilômetro 399, da CE-085, no bairro Tijuca, onde serão realizados serviços como exame médico e exame teórico de candidatos à primeira carteira de motorista. Inicialmente, haverá exames somente para os candidatos à obtenção da carteira categoria A, exclusivamente para pilotar motocicleta. Também haverá renovação da CNH e emissão da segunda via do documento. Na área de veículos, os serviços oferecidos serão para obtenção do primeiro emplacamento, vistoria, transferência, emissão do certificado de licenciamento e emissão do certificado de registro de veículos.

Infraestrutura

O novo prédio ocupa uma área de 7.928 metros quadrados, em um terreno de 39.778 metros quadrados, com área administrativa (905 m²), pista de exame de motocicleta (2.613 m²); área de vistoria (207 m²) e depósito de veículos (2.707 m²). Esta é a 15ª unidade regional do Detran do Ceará, que passa a contar com atendimento descentralizado do Órgão, nas 14 regiões administrativas do Estado.

Municípios

Os cinco municípios da nova regional reúnem uma frota de 33..491 veículos, dos quais 23.143 são veículos de duas rodas (motocicletas e motonetas). Na relação surgem Camocim (16.777 veículos, sendo 11.319 motos), Granja (9.321 veículos, sendo 6.315 motos), Chaval (2.426 veículos, sendo 1.914 motos), Barroquinha (2.782 veículos, sendo 1.970 motos) e Martinópole (2.173 veículos, sendo 1.625 motos).

Unidades

Com a nova estrutura de Camocim, sobe para quatro, o número de municípios com suas ações descentralizadas, no que se refere ao Detran. As outras unidades regionais do Detran estão sediadas em Fortaleza, Aracati, Baturité, Itapipoca, Sobral, Tianguá, Tauá, Crateús, Quixadá, Morada Nova, Russas, Limoeiro do Norte, Iguatu e Juazeiro do Norte.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

13:19 · 06.10.2017 / atualizado às 13:19 · 06.10.2017 por
Camocim-CE; projeto social criado por juiz destina verbas de transações penais e prestações pecuniárias à realização de atividades esportivas e musicais.

Camocim- No município de Camocim, Litoral Oeste do Ceará, o juiz Washington Frota, titular da 2ª Vara daquela Comarca, criou subsídios para o incentivo à transformações sociais que tem facilitado o acesso a atividades esportivas. O “Restaurando Janelas” utiliza o dinheiro das sanções penais, que é destinado à prevenção da criminalidade e da reincidência, reunindo infratores e não infratores em atividades esportivas e musicais.

Ação

O recurso é destinado a atividades para a comunidade, como karatê, windsurf, violão, dança, coleta seletiva, entre outras. A iniciativa, que vem promovendo a transformação social naquele município graças à visão do juiz, reúne pessoas que cometeram delitos de menor gravidade e pessoas sem histórico infrator, numa interação em que os exemplos de vida se somam, desestimulando o envolvimento com o crime.

Segundo o magistrado, “o Restaurando Janelas oferece àquelas pessoas da comunidade, que não são envolvidas no crime, a noção da realidade daquelas pessoas que estão nessa situação. Essa troca de experiências serve para o engrandecimento dos dois grupos: tanto das pessoas que estão na sociedade, quanto dos que estão marginalizados”, afirma Washington Frota.

Camocim-CE; a música também faz parte das atividades do projeto “Restaurando Janelas”.

Gratuidade

Ainda, de acordo com o juiz, mais de 150 pessoas já foram beneficiadas pela ação, em desenvolvimento desde março de 2015. Conforme o juiz, 50% das vagas são destinadas a crianças e adolescentes infratores, 25% para filhos de presos em situação de risco social e 25% para pessoas envolvidas em segurança pública e da comunidade em geral. “Todos participam gratuitamente”, reforça.

Parcerias

O ingresso se dá por encaminhamento do juiz (via determinação judicial), Ministério Público, conselho da comunidade ou por indicação de alguma das demais instituições envolvidas no projeto, como ONG São Francisco, ONG Boa Esperança, Defensoria Pública, Polícia Civil e Polícia Militar. Também apoiam o projeto, o próprio município de Camocim e a Ecogold Ambiental, empresa de consultoria, focada em regularização ambiental de empresas privadas e órgãos públicos, atuando no campo de regularização ambiental nas fases de projeto, instalação e operação.

Atuação

São quatro os projetos sociais de Camocim que recebem o suporte financeiro do “Restaurando Janelas”, propiciando as atividades de Núcleo de Arte, Educação e Cultura Maestro Antônio Basílio (NAEC), que realiza cursos de violão, teclado, bateria, flauta, violino, coral, dança e ensino para formação de banda; “Karatê, Minha Nova Vida”, que forma atletas em artes marciais; “Meninos do Rio”, que realiza aulas de windsurf; e o “PSC Limpeza Pública”, que desenvolve atividades de coleta seletiva e prestação de serviço à comunidade com limpeza, conservação e restauração de praias, logradouros e equipamentos públicos.

Foto: divulgação/ Projeto Restaurando Janelas.

Amparo legal

O magistrado destaca, ainda, que a destinação da verba de transações penais e prestações pecuniárias para projetos sociais está amparada nas resoluções do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e na resolução nº 45/110, da Assembleia Geral das Nações Unidas. Conforme as normas, os valores são reunidos em conta bancária e destinados aos projetos. De acordo com Washington Frota, o nome do projeto é inspirado na Teoria das Janelas Partidas, do cientista político James Quinn Wilson e do criminalista George Kelling, “cujo princípio é que a desordem gera desordem, devendo-se resolver os problemas, enquanto ainda são pequenos”, ressalta e afirma que “mais novidades estão por vir, pois estão em curso estudos para aprimoramento e expansão das atividades do projeto”.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

10:30 · 29.07.2017 / atualizado às 12:58 · 29.07.2017 por
Jericoacoara, Jijoca de Jericoacoara-CE; empresa aérea abre nova rota de acesso rápido, de Recife, à Vila de Jericoacoara, no Litoral Oeste (Foto: Marcelino Júnior).

Cruz- Essa sexta-feira (28) foi dia de estreia para a Azul no Litoral Oeste cearense, com o início das operações no trecho Recife-Jericoacoara. O voo inaugural partiu da capital pernambucana às 13h46, chegando no Aeroporto Regional de Jericoacoara, instalado no município de Cruz, às 15h04. As operações, regulares e sem escalas, ocorrem a partir da data desse primeiro voo, duas vezes por semana, às sextas e aos domingos, até o dia 11 de agosto. A partir dessa data, a empresa ampliará a oferta de voos para quatro frequências semanais, às quartas, sextas, sábados e domingos. Em agosto, será a vez de São Paulo (Viracopos) contar com voos regulares e diretos para o destino cearense.

Praticidade

A aeronave Embraer 195, que opera o trecho e conta com 118 assentos, foi recebida com os tradicionais jatos d’água do Corpo de Bombeiros, ao pousar em solo cearense. A festa se justificativa, de acordo em representantes da empresa, pela expectativa de turistas e comerciantes da região, que aguardavam, com expectativa, pelo início da operação. Com a atuação da Azul, os visitantes já contam com acesso mais rápido e prático a um dos destinos paradisíacos mais procurados no Brasil.

Jericoacoara, Jijoca de Jericoacoara-CE (Foto: Marcelino Júnior).

Itinerários

A ampla conectividade com aeroportos do país será um diferencial da nova rota. A partir da capital pernambucana, de São Paulo (Viracopos e Guarulhos) e de Belo Horizonte, turistas de Fortaleza, Natal, Aracaju, Maceió, Salvador, Goiânia e outros estados, além do exterior, poderão chegar rapidamente ao novo destino. A abertura do novo trecho amplia a atuação da Azul no Recife, onde a companhia já oferece voos para 26 cidades brasileiras, além de Orlando, nos Estados Unidos. Da capital pernambucana, a empresa aérea realiza mais de 40 decolagens diárias.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

11:14 · 14.07.2017 / atualizado às 11:14 · 14.07.2017 por
Cruz-CE; Aeroporto Regional de Jericoacoara, inaugurado em junho passado, abre novas possibilidades de voos para a paradisíaca Vila de Jeri (Foto: Marcelino Júnior).

Cruz- A Azul recebeu aprovação das autoridades brasileiras para realizar voos regulares entre Recife e Jericoacoara, no Litoral Oeste cearense, a partir do dia 28 deste mês, e São Paulo (Viracopos) e Jericoacoara, a partir de 12 de agosto. Inicialmente, a companhia irá operar duas frequências semanais, primeiramente saindo do Recife e, em agosto, ampliará a oferta para quatro voos semanais, as quartas, sextas, sábados e domingos.

Passagens

De São Paulo (Viracopos), os voos sairão semanalmente, aos sábados. As passagens já estão disponíveis para compra em todos os canais da Azul, com tarifas a partir de R$229,80 ou 7.000 pontos TudoAzul. A ampla conectividade é um dos diferenciais da nova rota. A partir da capital pernambucana, de São Paulo(Viracopos e Guarulhos) e de Belo Horizonte, onde turistas de várias regiões do país e do exterior poderão chegar rapidamente ao novo destino.

Comodidade

Os voos serão cumpridos com o jato Embraer 195, de 118 assentos. De acordo com Daniel Tkacz, diretor de Planejamento de Malha da Azul, “estamos muito felizes com a aprovação dos voos entre Recife e Jericoacoara, pois passaremos a ofertar mais uma opção para os visitantes chegarem a um dos locais mais paradisíacos do Brasil. Com a nossa malha no Recife, conectada a mais de 20 destinos diretos e o novo aeroporto de Jericoacoara, vamos encurtar as viagens até Jeri. Hoje, o trajeto pode durar até sete horas e, por via aérea, apenas uma hora e meia a partir de Recife”, afirma o diretor de Planejamento.

Outras possibilidades

Ainda segundo Daniel Tkacz, “serão beneficiados também aqueles que partem de Fortaleza, Natal, Aracaju, Maceió, Salvador e Goiânia, cujos horários de pouso no Recife proporcionarão conexões rápidas para o novo destino da empresa”, reforça, sobre as novas opções de voo para o Aeroporto Regional de Jericoacoara, instalado no município de Cruz, e inaugurado no dia 24 de junho com seu primeiro voo semanal, saindo de Congonhas (SP). O aeroporto fica a cerca de 22 quilômetros até a Vila de Jericoacoara.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 99659-4083.