Busca

Tag: Tianguá


09:56 · 11.06.2018 / atualizado às 09:58 · 11.06.2018 por
Projeto conta com atendimento odontológico gratuito na comunidade (Foto: Divulgação).

Tianguá- Os moradores da Comunidade Val Paraíso, em Tianguá, na Serra da Ibiapaba, participam esta semana (entre os dias 13 e 15), de uma série de palestras de saúde, atendimentos médicos em especializações e procedimentos odontológicos, além da construção de um espaço para um Escovódromo Sustentável, feito pelas mãos dos próprios alunos e educadores, utilizando materiais reaproveitados dentro da escola e comunidade. O Projeto Ventos que Transformam, da Echoenergia com realização do Instituto Brasil Solidário, é quem promove uma semana que une educação, sustentabilidade e saúde na escola e educação ambiental, com atividades gratuitas que serão realizadas na Escola Família Agrícola Antônia Suzete de Olivindo da Silva.

Atendimento

Reunindo uma equipe médica e odontológica especializada, com cerca de 10 profissionais de várias regiões do Brasil, a ação, pretende alcançar mais de 200 atendimentos gratuitos de saúde para a população. A equipe contará com especialistas de diferentes áreas, envolvendo desde clínicos gerais, dermatologistas, dentistas, protéticos, enfermeiros, até cirurgiões vasculares e cardiologistas. Além da assistência médica direta, a programação inclui também 12 horas de palestras educativas, abordando temas como a saúde da mulher, higiene e cuidados com a saúde bucal e orientações para a escovação correta, além de assuntos voltados para os eixos de cidadania e prevenção, tratando sobre sexualidade, orientações sobre os métodos contraceptivos e as doenças sexualmente transmissíveis.

Escovação diária

Os participantes terão debates e rodas de conversa de sensibilização e saúde em combate ao uso de drogas. As palestras serão divididas em momentos para os educadores e alunos, e também para toda a comunidade do entorno, que fazem parte da área de influência direta (AID) do Parque Eólico em Tianguá, envolvendo além de Valparaíso, as regiões de Vila Queimadas, Ponta da Serra, Serra Azul, Santa Madalena, Poço da Areia e Jaburu I e II. Para os educadores, o projeto reserva ainda uma atividade direcionada a Saúde na Escola, voltada para a implementação de um Programa de Escovação Diária, possibilitando um acompanhamento e orientação aos alunos dentro da rotina da escola, sempre após as refeições.

Kits

Dando o suporte não só educacional, mas de estrutura para viabilizar o Programa, a escola receberá pelo projeto a doação de 350 kits de escovação, juntamente com uma atividade coletiva, que contará com participação ativa dos educadores, alunos e comunidade, para a construção de um Escovódromo Sustentável, todo feito dentro dos conceitos da Bioconstrução e com materiais reutilizáveis como pneus, pedaços de madeira e paletes que seriam descartados. Segundo o Presidente do Instituto Brasil Solidário, Luis Salvatore, “a equipe médica que participa do projeto, já acompanha ações com o Instituto há mais de 10 anos, realizando atendimento, principalmente, dentro de escolas da rede pública. A experiência dessas ações, sempre reforça sobre a importância de tratar a saúde como um fator de impacto direto no rendimento dos alunos e na diminuição da evasão escolar”, afirma.

Ainda, segundo Luis Salvatore, ” acreditamos que simples ações de prevenção em saúde dentro das escolas impactam favoravelmente o desenvolvimento municipal. Por meio de políticas públicas, conseguimos fazer com que muitos jovens não apresentem, em futuro, problemas graves como da ausência de dentes, muitas vezes extraídos por cáries, já na adolescência. O simples gesto de aprender a escovar os dentes, ou mesmo de lavar as mãos, pode trazer mudanças significativas de auto estima e inclusive de economia ao poder público, uma vez que muitos casos de problemas de saúde deixam de existir pela ação de prevenção e educação integrada. Isso já foi provado em dezenas de municípios em que atuamos nos últimos 17 anos”, afirma.

Alunos contam com espaço para escovação coletiva, nas dependências da escol (Foto: divulgação).

Atendimento

Além da prevenção, serão feitos procedimentos médicos e até cirúrgicos para a comunidade local, em todas as especialidades previstas. Nos quase 20 anos de estrada promovendo ações de educação e cidadania na escola, o Instituto Brasil Solidário, já realizou mais de 20.000 atendimentos médicos e odontológicos, com a confecção de cerca de 500 próteses personalizadas e distribuição de até 140 mil kits de escovação, além da entrega de mais de 100 escovódromos montados em escolas de várias regiões do Brasil.

Para realização de tamanhas ações e especialidades, o Instituto Brasil Solidário investiu historicamente, além da formação humana que resultou em uma tecnologia social única, em um aparato logístico de ponta, formado por equipamentos especialmente desenvolvidos para esse tipo de atendimento, ao lado de empresas nacionais e multinacionais da área de saúde e odontologia, e que permitem ações de qualidade e excelência em regiões inóspitas do território nacional.

Sobre a Echoenergia

Fundada no início de 2017, a Echoenergia é uma empresa que desenvolve, implementa e opera projetos de geração de energia elétrica a partir de fontes renováveis. A empresa tem sede administrativa em São Paulo e atividades operacionais distribuídas nos estados de Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Bahia. No Ceará, a empresa possui as operações comerciais do Complexo Eólico Ventos de Tianguá, desde abril deste ano. Localizado na Serra da Ibiapaba, o empreendimento conta com cinco parques eólicos, 77 aerogeradores e uma capacidade instalada total de 130 MW, que cobre uma área de 9.000 hectares. O plano de ações sócio ambientais inclui várias ações nos eixos de educação e economia solidária, além do acesso hídrico.

Serviço

Ação de Saúde – Projeto Ventos que Transformam

De 13 a 15 de Junho

Às de 8h às 17h

Na Escola Família Agrícola Antônia Suzete de Olivindo da Silva e Posto de Atendimento em Saúde, em Valparaíso – Tianguá.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

16:40 · 01.06.2018 / atualizado às 16:40 · 01.06.2018 por
Frecheirinha, Sobral-CE; município escolherá novos prefeito e vice em eleições suplementares, nesse domingo, 3 de junho.

Frecheirinha- No próximo domingo, 3 de junho, os eleitores de Frecheirinha e Tianguá, na região Norte do Estado, voltarão às urnas para eleger o prefeito e o vice-prefeito, em eleições suplementares, decorrentes de decisões do Pleno do TRE e do TSE. De acordo com os dados do sistema de candidaturas, disputam os cargos de prefeito e vice-prefeito, respectivamente, pela ordem dos números dos candidatos e coligações em Frecheirinha: Silvia Lucia Sousa Aguiar Araújo e Cláudio Fernandes Aguiar, pela Coligação “Frecheirinha não Pode Parar”, e Helton Luis Aguiar Júnior e Francisco Mesquita Portela, que representam a Coligação “Justiça e Paz”. O município possui 11.003 eleitores.

Tianguá, Serra da Ibiapaba-CE; Justiça Eleitoral aguarda a presença de 49.867 votantes nas eleições desse domingo, 3.

Tianguá

No mesmo dia, a disputa pela vaga de prefeito e vice do município de Tianguá, na Serra da Ibiapaba, ficará por conta de José Jaydson Saraiva de Aguiar e Mardes Ramos de Oliveira (Coligação “Gente em primeiro lugar”); José Cardoso Terceiro e João Antônio Bevilaqua Alves (Partido Ecológico Nacional); além dos candidatos Luiz Menezes de Lima e Aroldo Cardoso Portela (Coligação “O Trabalho vai continuar”). Aprovado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o orçamento para o pleito de Tianguá ficou em R$ 62.516. O município possui 49.867 eleitores, distribuídos em 211 seções com urnas.

Processos

A Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, na sessão do dia 23 de abril, manteve, por maioria, a cassação dos diplomas do prefeito e do vice-prefeito de Frecheirinha, Carleone Júnior de Araújo e Cláudio Fernandes Aguiar, na Ação de Investigação Eleitoral nº 576-11-2016, por Conduta Vedada a Agente Público, nas eleições de 2016. Já o caso de Tianguá foi decidido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na sessão do dia 15 de fevereiro, quando o TSE manteve o indeferimento do registro de candidatura do prefeito eleito em Tianguá, nas Eleições de 2016, Luiz Menezes de Lima, e do vice-prefeito, Aroldo Cardoso Portela, além de revogar a decisão liminar que os mantinha no cargo. Nestas últimas eleições, a apuração e totalização dos votos ocorrerão nos cartórios eleitorais das sedes de cada zona, a partir das 17.

Colabore com o blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

19:11 · 28.05.2018 / atualizado às 19:11 · 28.05.2018 por
BR-222, Aprazível, Sobral; bloqueio da BR segue com paralisação parcial de vias (Foto: Marcelino Júnior).

Sobral- Segue sem alteração a manifestação de caminhoneiros na BR-222, no distrito de Aprazível, (quilômetro 249), em Sobral. Iniciado há cerca de oito dias, o bloqueio de caminhoneiros impediu a passagem de veículos, nos dois sentidos da BR, por cerca de duas horas, cedo da manhã desta segunda-feira, 28. Por conta disso, estudantes universitários vindos da Serra da Ibiapaba ficaram impossibilitados de seguir viagem para Sobral. Por volta das 8 horas, o tráfego voltou a ser liberado apenas para veículos de passeio e ambulâncias. Segundo o caminhoneiro Luiz Azevedo, “voltamos a fechar por completo, a partir das 15 horas, por mais duas horas. Ninguém passa. E assim se seguirá pela noite, com essas paradas completas”, advertiu.

Alternativa

Para tentar furar o bloqueio, alguns motoristas de caminhões têm feito desvios por caminhos alternativos, aumentando a rota para evitar prejuízos na entrega de produtos. Como é o caso de agricultores que descem a Serra da Ibiapaba com carga perecível. “Eu prefiro fugir do bloqueio, para garantir a venda das verduras”, diz Tertulino Rodrigues, agricultor. Quem permanece no local, desde o início das manifestações, é o carreteiro Laércio Faustino, que também estacionou o veículo no acostamento, e diz que só sairá ao final das negociações. “Estarei aqui com os companheiros até segunda ordem. Já soube que, entre este bloqueio e o outro em Tianguá, na Serra da Ibiapaba, são cerca de 350 caminhões parados”, calcula.

BR-222, Aprazível-CE; ônibus de viagem são parados pelos manifestantes, por cerca de 30 minutos, antes de liberação para seguir (Foto: Marcelino Júnior).

Bloqueios

No que se refere a logística, os manifestantes contam com ajuda de empresários e comerciantes locais, como Pedro de Sousa Neto, morador de Aprazível. “Eles têm total apoio com comida, água, refeições, banheiros, enfim, o que precisarem, pois achamos importante a manifestação”, afirma. Por volta das 16 horas, os caminhoneiros impediram a passagem de três ônibus de viagem interestadual. Os motoristas foram orientados a estacionar, e ali permanecer, por cerca de 30 minutos, até serem liberados a seguir viagem. Entre os passageiros, Francisco Vasconcelos vinha de Marabá, em Belém do Pará (PA), para rever os familiares em Sobral. “Durante a viagem, passamos por muitos bloqueios, cerca de uns dez, mas rapidamente eramos liberados”, explicou.

Alimentos

Em Sobral, o atendimento nos postos de combustível, mesmo restabelecido, nesta segunda-feira, segue com deficiências. Alguns pontos oferecem a gasolina comum, outros apenas a aditivada. Mas a medida tem impedido a formação de filas. Nas bancas de frutas e verduras do Mercado Público, a movimentação permanece normal, mas já existe preocupação, por parte de alguns feirantes. “É possível que a batata e maçã comecem a faltar nos próximos dias, além de outros produtos”, afirmam. Os vendedores dizem que têm tentado segurar os preços para não espantar a clientela. Mesmo assim, os consumidores estão com receio de aumento dos produtos. “Tem um carro que saiu na semana passada, da Ibiapaba, e até agora não chegou no Mercado. Isso complica muio”, explica Carlos da Silva Souza, feirante. A movimentação nos maiores supermercados do município também segue com aparente normalidade. Não há prateleiras vazias, nem busca incomum por determinado produto, ou alimento.

Itapipoca

Em Itapipoca, os postos voltaram a vender gasolina, nesta segunda-feira, apesar da manifestação que se concentrou ao longo da semana passada, no entroncamento da CE-402 com a CE- 240. Por volta das 10 horas da manhã, os caminhoneiros, acompanhados de alguns motociclistas e carros de passeio, entraram na cidade, percorrendo as principais ruas e avenidas do Centro. Entoando palavras de ordem e chamando a atenção das pessoas com buzinadas. O grupo também se concentrou em um ponto da CE-168, de acesso a Itapajé e Hidrolândia.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

12:48 · 26.05.2018 / atualizado às 12:49 · 26.05.2018 por
Sobral-CE; postos de gasolina de Sobral não têm mais o combustível (Foto: Marcelino Júnior).

Sobral- A manifestação dos caminhoneiros, que ainda se faz presente em dois trechos da BR-222, entre os municípios de Sobral e Tianguá, na Serra da Ibiapaba, já provoca a falta de gasolina nos postos da maior cidade da região Norte do Estado, mas ainda não tem alterado a rotina de quem procura as prateleiras dos supermercados.

Abastecimento

A maioria dos postos já bloqueou o acesso ao abastecimento nas bombas, com faixas e cones, por não ter mais o produto, no caso a gasolina, desde o meio-dia dessa sexta-feira, 25. Por outro lado, os três maiores estabelecimentos comerciais de alimentos, inclusive os dois de venda no atacado, ainda mantém suas gôndolas cheias. Mas o que chama a atenção do consumidor é o preço da batata inglesa, que bate a casa do R$ 9.99. “Acredito que seja por causa das manifestações. Se continuar assim, outros produtos terão aumento, com certeza”, teme a dona de casa Waldirene Simas.

Sobral-CE; de uma ponta a outra, a imagem é a mesma: bombas de gasolina vazias, na maior cidade da região Norte (Foto: Marcelino Júnior).

Rotina

Nas ruas, a intensa movimentação de carros e motocicletas, em pleno sábado (26), não lembra em nada, o risco iminente pela falta prolongada de combustível em Sobral. A rotina ainda não foi quebrada, e motoristas se deslocam para seus compromissos como se estivessem em plena segunda-feira.

De acordo com o frentista Alberto Carvalho, que tem passado as horas sem movimentação, ao telefone celular, ou conversando com os companheiros, “ nos informaram que esta noite poderá chegar gasolina, mas nada é certo. Se isso não ocorrer, aí sim, será por tempo indeterminado”, sentencia, antes de vender um garrafão de água mineral, produto que, segundo o frentista, ainda não demonstrou aumento na procura.

Tianguá, Serra da Ibiapaba- CE; caminhões se aglomeram à margem da BR-222, próximo ao Estado do Piauí, onde o bloqueio segue inalterado (Foto: Marcelino Júnior).

Bloqueio

No distrito de Aprazível, na BR-222, no sentido Sobral- Serra da Ibiapaba, o bloqueio continua a pleno vapor, mas apenas para caminhões de carga. Carros de passeio, ônibus de viagem e ambulâncias, têm tido passe livre, assim como casos considerados excessões, como os motoristas que transportam produtos químicos necessários a hospitais.

Acampamento

A situação tem sido a mesma no bloqueio montado em Tianguá, desde a última segunda-feira. A cerca de 12 quilômetros da divisa com o Estado do Piauí, o acampamento e sua manutenção, com banhos e alimentação, foi montado com apoio de empresários locais. O sinal de internet mantém os manifestantes em contato direto com os outros pontos que têm estrangulado as rodovias País afora, sem tempo para ser encerrado.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

17:45 · 24.05.2018 / atualizado às 17:52 · 24.05.2018 por
BR-222, Aprazível, Sobral-CE; bloqueio em um trecho da BR-222, em Sobral, foi acompanhado pela PRE (Foto: Marcelino Júnior).

Tianguá- O bloqueio da BR-222, no sentido Fortaleza –Teresina, ocorre em um trecho do quilômetro 334, dentro de Tianguá, na Serra da Ibiapaba, a cerca de 12 quilômetros da divisa com o Estado do Piauí. Os caminhoneiros de vários estados brasileiros, fecharam parcialmente a via, com dois caminhões e montaram um acampamento, desde a segunda-feira (20), quando aderiram ao movimento nacional que tem paralisado diversas frotas de caminhões País afora.

Uma fila de caminhões com cargas variadas se mantém à margem da rodovia e, à medida que mais caminhoneiros chegam nesse trecho, são orientados a aderir ao movimento. Como é o caso de Renato Santos, carreteiro que veio de Goiás (GO) para entregar uma carga de paletes em Fortaleza e, ao viajar para Imperatriz (MA), com outra carga, no caso, de farinha de trigo, resolveu aderir ao movimento. “Temos que pensar na melhora do País. Essa situação dos combustíveis do Brasil não se sustenta. Os preços estão impraticáveis. A manifestação é pacífica, por isso vou ficar até a última hora”, reforça.

BR-222, Tianguá, Serra da Ibiapaba-CE, bloqueio parcial da BR-222, em Tianguá, foi iniciado na última segunda-feira, 21 (Foto: Marcelino Júnior).

Frete

No acampamento, os motoristas se revezam na hora alimentação, por falta de pratos e talheres. Os banhos são tomados em postos de combustível localizados próximo ao bloqueio. A maior parte dos alimentos têm sido conseguida com doações de empresários de Tianguá. Muitos dos profissionais são autônomos e fazem o percurso Teresina-Fortaleza semanalmente, e se queixam do baixo custo do frete. De um ponto a outro, são cerca de 660 quilômetros, ao valor de R$ 1.700 por carga. “ São gastos, na ida, cerca de R$ 1.500 de óleo, sobrando apenas 200 para o caminhão. Como é possível dar manutenção no veículo, me manter, e a família também?” Questiona Edmilson Barbosa, que está no local por cerca de 72 horas.

BR-222, Tianguá, Serra da Ibiapaba-CE; o ponto de apoio para o bloqueio em Tianguá foi transformado em acampamento pelos caminhoneiros (Foto: Marcelino Júnior).

Segurança

Ao longo da rodovia, equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) circulam para manter a ordem, na medida do possível, já que o bloqueio, em um dos lados da estrada, não tem impedido a passagem de cargas com produtos perecíveis e de saúde. “Inclusive, passaram pelo bloqueio, dois caminhões de nitrogênio, material utilizado em hospitais, que não pode faltar”, reforça Edmilson Barbosa”, ao circular pela base de apoio improvisada, onde foi instalada uma antena para acesso à internet.

Sobral

No distrito de Aprazível, já em Sobral, a situação é a mesma. Só que o bloqueio foi montado com pneus queimados, também acomodados em um dos lados da BR-222, desde a manhã desta quinta-feira, 24. “ Muitos dos motoristas são autônomos e sentem no bolso esse aumento abusivo”, reclama o carreteiro Robério Freire, que circula entre Frecheirinha, também na região Norte, e Maracanaú (RMF), transportando argila. “ A paralisação vai se estender por tempo indeterminado. Vamos continuar aqui em busca dos nossos direitos”, afirma.

Preço

A média cobrada pelo diesel nos postos de Sobral é de R$ 3,99. Alguns deles afirma só ter óleo diesel para essa sexta-feira (25). Outros gerentes falam na possibilidade de faltar gasolina em 48 horas, caso os protestos continuem. Além dos bloqueios na BR-222, entre o município e a Serra da Ibiapaba, nas redes sociais circula a informação, não confirmada pela PRE, que um trecho da BR-222, próximo ao município de Forquilha, a poucos quilômetros de Sobral, também será interditado no início da noite de hoje.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatasApp 88 9 9659-4083.

11:23 · 02.05.2018 / atualizado às 11:23 · 02.05.2018 por
Ubajara-CE; estudantes participam de projeto para aquisição de novos saberes (Foto: divulgação).

Ubajara Ao oferecer atividades artísticas, culturais e de tecnologias sustentáveis para instalação dentro dos próprios espaços escolares, o Projeto Ventos que Transformam, da Echoenergia com realização do Instituto Brasil Solidário, retorna com a jornada de oficinas em Tianguá e Ubajara, na Serra da Ibiapaba, entre os dias 14 e 21 de maio. O Projeto traz atividades de educação ambiental e incentivo à leitura, com metodologias práticas, replicáveis e de integração da escola, gestão pública e toda a comunidade.

Etapas

As inscrições já se encontram abertas para técnicos das Secretarias de Educação, professores, estudantes e coordenadores pedagógicos dos dois municípios. As ações iniciais, realizadas no dia de abertura do evento (14), em Ubajara, apresentarão um Seminário de Leitura. Para as oficinas práticas, assim como na primeira etapa, o calendário de formações foi dividido em dois momentos, sendo o primeiro entre os dias 15 e 17, na Escola Família Agrícola de Ensino Fundamental Antônia Suzete de Olivindo da Silva, em Valparaíso, e dos dias 18 a 21, na Escola Humberto Ribeiro Lima, em Ubajara/CE.

Atividade

A semana marca também o encerramento da capacitação de Guias para o Parque Nacional de Ubajara, agendado para o dia 14 de maio, com a turma participando de uma ação em campo e colocando em prática todo o aprendizado visto em sala de aula, que trará como produto, um guia impresso de trilhas e dicas para um turismo sustentável, a ser doado ao Parque. A atividade será realizada dentro no próprio local, na trilha da Gruta até a Caverna, oportunizando aos alunos um contato direto com situações reais na condução aos visitantes e turistas.

Produção

Nas escolas, a expectativa é de mais uma semana intensa de produção e criatividade, considerando o potencial encontrado na primeira maratona de oficinas. Durante a primeira etapa, foi possível acompanhar a construção de vários espaços literários, a instalação de uma rádio escolar, já em funcionamento, com vinhetas e locução dos próprios alunos, e muitos cantos destinados às diversas alternativas sustentáveis e de energia limpa construídas em sala, como os chuveiros e lâmpadas solares inseridos dentro da escola. A segunda etapa de oficinas, reserva mais atividades práticas, lúdicas e de participação de toda a comunidade escolar.

Foto: divulgação.

Construção

Nesta edição, os mais de 400 educadores e alunos das escolas de Tianguá e Ubajara, que já participaram das atividades iniciadas em abril, poderão acompanhar a construção de uma maquete de casa sustentável, utilizando os conceitos de ‘Bioconstrução’, uma Oficina de Teatro de Bonecos e Marionete, que permite a construção dos personagens ainda em sala de aula, com materiais reciclados e reaproveitados na própria comunidade, além de atividades sobre mediação de leitura e contação de histórias, dentro dos espaços literários construídos na primeira etapa de formações, com muitas cores, formas e criatividade dos alunos e educadores das oficinas.

Multiplicadores

Segundo o Presidente do Instituto Brasil Solidário, Luis Salvatore, as ações buscaram agregar todo o potencial já existente na região, com soluções simples, didáticas e dinâmicas, que podem ser incorporadas de forma interdisciplinar no trabalho pedagógico da escola. “A primeira etapa já nos mostrou como temos aqui muitos educadores com sede de conhecimento; com motivação para replicar as ações, pois nossas ideias e sugestões pedagógicas são contextualizadas com a realidade local. São atividades que mobilizam toda a escola a refletirem sobre os cuidados com o meio ambiente, sobre a importância da leitura como ferramenta essencial de ensino. Então, nossa expectativa é de encerrar as atividades com muitos multiplicadores”, ressalta Luis.

Participação

Permitindo a efetivação das atividades dentro do eixo educacional de todas as escolas da região, o projeto, vem contando com a parceria da Secretaria de Educação de Tianguá e Ubajara. De acordo com a Coordenadora do Fundamental II, da Secretaria de Educação de Tianguá, Elizângela Gaspar, “estamos muito felizes com essa parceria, nós temos escutado dos educadores muitos elogios, relatando que são ideias de baixo custo com materiais reaproveitados, então é de interesse também da Secretaria levar essas ideias como ferramenta de incentivo e de mudança de conduta nas outras escolas”, reforça.

Tianguá-CE; diversas oficinas são realizadas no decorrer do Projeto Ventos que Transformam (Foto: Divulgação).

Resultados

Como resultado, o projeto já apresenta mudanças significativas na realidade das escolas inseridas, como a doação de 600 mudas para arborização local; 2 viveiros de mudas com ferramentas e materiais para produção e arborização; 3 sistemas de compostagem implementados; 3 minhocários doados; 3 filtros de águas cinzas; 3 aquecedores de água solar; 3 fornos solares; 3 salas iluminadas com lâmpadas produzidas com garrafas PET; 60 adesivos de sinalização; instalação de canteiros ecológicos e hortas verticais e convencionais implementadas com técnicas de reaproveitamento de materiais (recipientes ecológicos); a montagem de uma rádio escolar, além de outros benefícios.

Instituto Brasil Solidário no Ceará

O Instituto Brasil Solidário reforça o conceito “Juntos Construímos”, com apoio de instituições que agregam a sua missão, mantendo uma rede social com troca de experiências e parcerias, de forma intersetorial, permitindo que as ações sigam o modelo de multiplicação e construção do saber, dentro e fora do ambiente escolar. O projeto “Ventos que Transformam” vem sendo desenhado desde julho de 2017 com a Echoenergia e BNDES, para levar aos municípios de Tianguá e Ubajara uma série de ações nos eixos de educação e economia criativa, principalmente, em áreas ligadas ao empreendimento no local.

Serviço

II Etapa de Oficinas Práticas – Projeto Ventos que Transformam

Tianguá

Oficinas Práticas, de 15 a 17

Das 8 às 18h

Na Escola Família Agrícola de Ensino Fundamental Antônia Suzete de Olivindo da Silva – Assentamento Valparaíso

Ubajara

Seminário de Leitura, dia 14/5

Das 8 às 17h

Oficinas Práticas, de 18 a 21/5

Das 8 às 18h

Na Escola Humberto Ribeiro Lima

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

 

11:34 · 27.04.2018 / atualizado às 11:34 · 27.04.2018 por
TRE, Fortaleza-CE; Pleno determina data de novas eleições em 4 municípios cearenses (foto: divulgação).

Frecheirinha- O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará aprovou em sessão extraordinária nessa quinta-feira, 26, a Resolução que fixa a data do pleito e aprova as instruções para a realização de nova eleição para prefeito e vice de Frecheirinha, que tem 11.003 eleitores. Com esta, serão quatro eleições suplementares a serem realizadas no dia 3 de junho.

Na data, os eleitores de Tianguá e Umari, ambas na região Norte, e Santana do Cariri, também irão às urnas para escolher seus prefeitos e vices. O Pleno do TRE também aprovou outra Resolução que disciplina as prestações de contas das campanhas eleitorais para os cargos de prefeito e de vice-prefeito de Frecheirinha.

Planejamento

O orçamento das eleições suplementares de Tianguá e Umari já foi aprovado pelo TRE. Serão gastos em Tianguá R$ 62.516, para proporcionar o voto de 49.867 eleitores, em 211 seções com urnas. Enquanto em Umari, o total planejado é de R$ 21.476, para 6.296 cidadãos votarem em 31 seções eleitorais. Os dados da eleição de Santana do Cariri e Frecheirinha ainda serão divulgados.

Processos

A Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará na sessão desta segunda-feira, 23, manteve, por maioria, a cassação dos diplomas do prefeito e do vice-prefeito de Frecheirinha, Carleone Júnior de Araújo e Cláudio Fernandes Aguiar, na Ação de Investigação Eleitoral nº 576-11-2016, por Conduta Vedada a Agente Público, nas eleições de 2016.

Cassados

No dia 17 último, o TRE manteve, por unanimidade, a cassação dos diplomas da prefeita e do vice-prefeito de Santana do Cariri, Danieli de Abreu Machado e Juracildo Fernandes da Silva, na Ação de Investigação Judicial Eleitoral nº 348-23, por abuso de poder político/econômico nas eleições de 2016.

No julgamento ocorrido em no dia 19 de fevereiro deste ano, o TRE-CE também manteve, por unanimidade, a cassação dos diplomas do prefeito e da vice-prefeita de Umari, Francisco Alexandre Barros Neto e Laura do Carmo Lustosa Ribeiro, na Ação de Investigação Judicial Eleitoral, por captação ilícita de sufrágio nas eleições de 2016.

Tianguá

O caso de Tianguá foi decidido pelo Tribunal Superior Eleitoral, na sessão do dia 15, também em fevereiro deste ano, quando o TSE manteve o indeferimento do registro de candidatura do prefeito eleito em Tianguá, nas Eleições de 2016, Luiz Menezes de Lima, e do vice-prefeito, Aroldo Cardoso Portela, além de revogar a decisão liminar que os mantinha no cargo.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

11:24 · 10.04.2018 / atualizado às 11:24 · 10.04.2018 por
TRE-CE, Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará aprova calendário de eleições suplementares nos municípios de Tianguá e Umari (Foto: divulgação).

Tianguá- Os eleitores dos municípios de Tianguá, na Serra da Ibiapaba, e Umari, na região Centro-Sul do Estado, voltarão às urnas no próximo dia 3 de junho, para escolher o prefeito e o vice. O calendário das eleições suplementares foi aprovado pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, presidido pela desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira, na sessão dessa segunda-feira, dia 9.

Na prática

As datas do pleito foram fixadas pelas Resoluções nº 682 e 684/2018, que aprovam, também, as instruções para a realização das novas eleições. As convenções partidárias destinadas a deliberar sobre coligações e a escolha de candidatos serão realizadas no período de 28 e 29 de abril. Os candidatos deverão ser registrados nos Cartórios Eleitorais das Zonas Eleitorais 81ª (Tianguá) e 15ª (Umari, com sede em Icó), até o dia 2 de maio.

O TRE informa, ainda, que as prestações de contas das campanhas eleitorais das eleições suplementares para os cargos de prefeito e de vice-prefeito de Tianguá e Umari estão disciplinadas, respectivamente, nas Resoluções nº 683 e 685/2018, também aprovadas pelos juízes da corte do TRE.

Processos

No dia 19 de fevereiro deste ano, o TRE-CE manteve, por unanimidade, a cassação dos diplomas do prefeito e da vice-prefeita de Umari, Francisco Alexandre Barros Neto e Laura do Carmo Lustosa Ribeiro, na  Ação de Investigação Judicial Eleitoral, por captação ilícita de sufrágio nas eleições de 2016. O caso de Tianguá foi decidido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na sessão de julgamento do dia 15 de março, também deste ano. O TSE manteve o indeferimento do registro de candidatura do prefeito eleito em Tianguá, nas Eleições de 2016, Luiz Menezes de Lima, e do vice-prefeito, Aroldo Cardoso Portela, além de revogar a decisão liminar que os mantinha no cargo.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

17:32 · 01.12.2017 / atualizado às 17:32 · 01.12.2017 por

Tianguá- Esta sexta-feira (1º) foi de comemoração para os moradores de Tianguá, município da região da Serra da Ibiapaba, que estiveram presentes na Câmara Municipal para a solenidade de assinatura da ordem de serviço para a construção de uma ‘Areninha’ naquele município. O equipamento é resultado da parceria firmada com o Governo do Ceará, por meio da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS). A estrutura será instalada entre as ruas Santo Expedito e Messias Aguiar, no bairro Aeroporto.

Recurso

Para a realização do empreendimento, foram destinados o total de R$ 1.614.695. A proposta é entregar o equipamento à população, em quatro meses. De acordo com o prefeito Luiz Menezes, “nós e a juventude da cidade recebemos com bom grado essa grande novidade, que é a Areninha. Estamos abraçando essa ideia com muito fervor, porque vai trazer solução para muitos problemas da nossa juventude”, explica.

Incentivo

Segundo Nelson Martins, chefe da Casa Civil do governo do Estado, que representou Camilo Santana, durante a solenidade, a Areninha é uma das ferramentas de combate à violência, por meio do esporte. “Um dos grandes problemas do nosso país é a violência, que tem uma ligação muito direta com o uso de drogas. A construção das Areninhas, o incentivo ao esporte, assim como o incentivo à educação, e a geração de empregos, são os melhores remédios para combater a violência”, defendeu.
O equipamento

A Areninha de Tianguá receberá uma estrutura dotada de gramado sintético, banco de reserva, alambrados, redes de proteção, vestiários, depósitos para materiais esportivos, iluminação, rampa de acesso para cadeirantes, paisagismo e pavimentação. Serão construídas 42 Areninhas, em municípios escolhidos, segundo nota técnica do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), cuja base é o tamanho da população de 15 a 29 anos de idade da zona urbana.

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.

09:26 · 07.11.2017 / atualizado às 09:26 · 07.11.2017 por

Viçosa do Ceará A Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) desembarca na Serra da Ibiapaba, a partir desta terça-feira, 7. As técnicas da pasta Cléo Félix e Andressa Melo coordenarão o workshop ‘Trilhando Conhecimento com Compods, em Viçosa do Ceará. Nos municípios de Tianguá e Ubajara serão realizados encontros com gestores locais e representantes da sociedade civil organizada visando, respectivamente, reativar e fortalecer o Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas (Compod), já existente e fomentar a criação do Compod.

Atividades

O workshop em Viçosa do Ceará objetiva o repasse de orientações e a atualização dos conselheiros municipais de políticas sobre drogas sobre a temática. Segundo a técnica Cléo Félix, “a ideia é capacitá-los para o desenvolvimento das atividades inerentes à competência na localidade. O evento ocorrerá no Polo de Convivência Social. O roteiro inclui a apresentação dos participantes, amostra das políticas sobre drogas no Ceará, abordagem da atuação do Compod, iniciativas comunitárias, com os projetos voltados para a prevenção às drogas, a elaboração do Plano de Ação Municipal de Políticas sobre Drogas e relatório final”, disse.

Debate

Os participantes abordarão, ainda, as potencialidades para a prevenção e vulnerabilidades do município no âmbito da temática das drogas. No encontro, também ocorrerá o esclarecimento de dúvidas e a apresentação de propostas, levando em conta os eixos prevenção, acolhimento, cuidado e reinserção social e profissional de dependentes químicos, considerando as especificidades do município.

Workshop

A secretária Especial de Políticas sobre Drogas, Aline Bezerra Câncio, destaca a importância do workshop para a atualização dos conselheiros sobre a temática das drogas e o desenvolvimento de ações de prevenção. “Ao participarem do evento, os conselheiros serão capacitados para atuar com mais eficiência e eficácia no assessoramento ao governo local, coordenando atividades e realizando ações referentes à política sobre drogas”, afirma a gestora.

Reativação

A titular da SPD lembra que a capacitação já ocorreu em diversos municípios cearenses ao longo de 2017, proporcionando a interiorização de ações por parte da Secretaria, uma orientação do governador Camilo Santana. Em Tianguá e Ubajara, as técnicas da SPD coordenarão encontros com gestores e profissionais da Saúde, Assistência Social e Educação, além de representantes da sociedade civil organizada. A ideia é reativar o Compod e buscar o fortalecimento as ações do colegiado de Tianguá e viabilizar a criação do Compod de Ubajara, a partir do diálogo entre comunidade local e governo na perspectiva da efetivação do controle social na questão das drogas.

Atualmente, a SPD contabiliza a formação de 24 Compods no Estado desde a criação da pasta, em 2015. Considerando os colegiados já constituídos anteriormente, o Ceará dispõe, hoje, de 95 Compods. O objetivo é que sejam implantados colegiados em todos os 184 municípios do Estado, proporcionando o fortalecimento das políticas sobre drogas.

Serviço

Fortalecimento do Compod em Tianguá (7)

Horário: 14 às 17 horas, na Casa da Cultura

Workshop em Viçosa do Ceará (8)

Horário: 8 às 17 horas, no Polo de Convivência Social

Fomento do Compod em Ubajara (9)

Horário: 8 às 12 horas, na Câmara dos Vereadores

Colabore com o Blog Zona Norte pelo WhatsApp 88 9 9659-4083.